Fala pessoal, preciso construir um módulo de relé compacto isolado opticamente, pois onde ele vai ser instalado é um espaço apertado que não cabe aqueles convencionais. Portanto projetei um que cabe perfeitamente no seu local de destino, no qual o relé fica na parte de cima da placa e o circuito na parte inferior, bem embaixo do relé, economizando espaço e reduzindo o tamanho do módulo. 

A minha preocupação é acerca de possíveis falhas devido a proximidade das trilhas que conduzem corrente alternada das trilhas do circuito, apesar de ser isolado opticamente. Por isso, antes de confeccionar a placa gostaria de saber a opinião de vocês, se é viável ou arriscado, já que o relé vai comandar uma carga indutiva, que é um motor de aproximadamente 500W.  

Postei uma imagem do esquemático e do layout da PCB, bem como imagens 3D da placa para entenderem oque estou falando.

Aguardo opiniões, obrigado!!!

Exibições: 63

Anexos

Responder esta

Respostas a este tópico

Boa noite, 

Importante saber a corrente que irá passar pelos contatos. Qual será o valor?

Motor de 500W, mas qual a tensão a ser usada?

Confira nas especificações do seu relé, se os contatos suportam essa corrente também.

Fala Murta, na verdade é uma bomba de vácuo de 300W/127V. Coloquei 500W pra dar uma folga. Então vai passar aproximadamente 2,5A. O relé é pra 15A/127V ou 10A/220V, então tá bem folgado. Só não sei qual é o pico na hora que liga a bomba, mas acho que não passa disso.

Bom dia R2M,

alguma trilhas de " alta voltagem"  estão muito próximas das de baixa voltagem,

Recomendo afasta-las mais.

RV

Vou aumentar um pouco a placa para poder afastá-las. Valeu RUI

Bom dia Rafael, eu já tive problemas acionando cargas indutivas como motores e solenoides com relé.

Eu usava exatamente o mesmo circuito que o seu e o meu arduino travava.

A solução era acrescentar um filtro snubber ou usar um relé de estado sólido (SSR) já com snubber embutido.

Optei pelo SSR.

Valeu pela dica Hélio, não tinha pensado no filtro snubber. 

Meu problema é espaço, mas vou estudar essa questão, ver se consigo adicioná-lo dentro da caixa que vai todo o circuito. 

Vou ver se consigo projetar um SSR bem pequeno tbm, que suporte essa carga, mas acho difícil por se tratar de um circuito mais complexo. Mas é uma opção. Valeu pela dica!

Se não foi feito nenhum teste real até agora, apenas simulação, eu sugiro fazer um teste na protoboard mesmo (com o relé ligado por fios fora da protoboard, é claro) e veja se o teu arduino vai travar. Eu usava um arduino com display e travava tudo.

Faça um teste ligando e desligando a carga a cada 5s mais ou menos e veja se vai travar.

Hélio, vc acha que teria problema eu remover o isolador óptico e adicionar somente o filtro snubber? Ou melhor manter os dois? 

É mais seguro ter esse isolador óptico, mas depende da sua aplicação. Faça primeiro o teste que eu falei acima e teste de outras maneiras também (tempo mais prolongado, etc).

Se precisar de um filtro snubber e não tiver mais espaço pros componentes, eu recomendo o relé de estado sólido (usei o OMRON G3MB-202P). Anexei o esquemático do circuito dele.

Pontos que podem ser negativos pra tua aplicação caso use o SSR:

1. O formato é diferente de um relé convencional

2. Ele só tem o Comum e o NA

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2019   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço