Boas amigos, venho com uma dúvida, estou encontrando dificuldade em encontrar um bateria que não seja enorme para sustentar um NodeNCU (Esp12E) junto com um GPS Ublox Neo 6. Já usei diversas. Alguém me aconselha alguma que não seja chumbo ácido (são muito grandes).

Por ultimo testei uma da Sansung de 3.7 V por 2 Amperes (Ion de lítio), durou apenas 90 minutos, precisava de uma que dure no mínimo 12 horas. O esp está configurado para entrar no modo sleep por 60 segundos após uma transmissão de 1 segundo (desliga a transmissão wirelles apenas, não o controlador). O módulo GPS não desliga nunca, estou tentando achar alternativas como relé ou comando via software para fazer o GPS desligar também por esses 60 segundos acredito que em uns 2 dias já consiga resolver isso, mas ainda assim preciso de uma bateria melhor.

Exibições: 488

Responder esta

Respostas a este tópico

Olá Edilson,

De acordo ao que você relata, (90 minutos bateria 2A esgotada) significa que o consumo do conjunto da sua aplicação consome 1.33Ah (Amper hora) veja este link, pode ser um começo para iniciar uma busca, http://pt.made-in-china.com/co_melsenpower/product_Rechargeable-Lit...

Você precisa que sua aplicação funcione por quantos dias sem efetuar carga ou troca?

Abs.

CK

o ideal seriam pelo menos 2 dias por que será recarregado constantemente por painel solar, o problema que deve suportar a noite e um ou 2 dias sem muito sol.

CK acho que matei a charada. Quando comecei a montagem só fui adicionando os módulos por curiosidade, pois estou aprendendo com o esp. O GPS e a Relé funcionam em 5V e o esp só fornece 3V, só que os módulos funcionam em 3V. Como estão usando menor voltagem vão pela regra matemática pedir mais amperagem, por isso o consumo alto de amperes hora. Vou montar hoje com alimentação externa dos módulos por uma bateria de 9V com regulador para 5V, vamos ver o que vai acontecer.

Legal, poste os resultados porque é interessante, lembre-se, caso tenha que usar um transistor para ativar os reles com o ESP8266, tenha em conta a diferença de potencial, se não o rele vai estar sempre ON.

Boa sorte no projeto, podemos colocar ele finalizado no Cayenne, estou fazendo parte do grupo coordenador do Cayenne, se tiver interesse ao finalizar colocamos seu projeto em uma aplicação IoT para monitorar a carga da bateria por exemplo, ou qualquer outra medida que queira aferir via internet, no smartphone ou qualquer dispositivo.

Abs.

CK

 

Legal vou postar sim, todo ele, só quero fazer esses testes hoje pra ver como será o comportamento, na verdade o que estou estudando é manter o esp e um gps sempre ativos por bateria e painel solar.

PD

Não respondi sobre a sua colocação sobre a potencia, é bom lembrar que a corrente sera inversamente proporcional a tensão, quando a potencia for igual em ambas equações, 3V ou 5V.

Exemplo: P=10W | 10W/3V = 3.3A  | 10W/5V = 2A

Abs.

CK

Realmente. Por isso esta matando a carga tao rapido.

Estou usando um módulo relé que já tem o transistor e diodo de proteção, mas o estranho que quando dou o comando para desliga-la ela não desliga mesmo, por que será?

Se eu uso um exemplo blink funciona normal, mas sem carga.

Tem algum post aqui no lab ou no teu canal no youtube para mim estudar mais essa difrenca de potencial na rele no esp?

Não vi nada vou fazer um, mas é simples, se a bobina do rele 5V. quando você trata de desligar o rele via ESP, base transistor, mesmo estando em LOW havera uma diferença de potencial entre emissor vs base de 1.5V, logo, basta tratar para que esta tensão caia em algum lugar.

No meu caso, na pratica, tenho usado 3 diodos 1N4148, desta forma não a consumo e dissipação como acorre com resistores, e a tensão remanente é aborvida por estes 3 componentes, e o rele desliga com LOW e liga com HIGH normalmente.

Add uma imagem e PDF que criei agora para ilustrar.

Abs.

CK

Anexos

Pelo que estou entendendo está fazendo quase o mesmo trabalho do resistor num botão, só que só deixando a corrente passar em um sentido.


Permalink Responder até Carlos kwiek 4 minutos atrásExcluir

Sim, esta fazendo na realidade, é uma queda de tensão de 0.6V em cada juntura de cada diodo, X 3 = 1.8V, com isso iguala para 0 a diferença de potencial entre os 5V.

Os diodos, pode ser o 1N4148, são diodos com comutação rapida de germanio, facil de comprar em qualquer lugar e pequenos, mas nada impede que use 1N40004 e toda a familia, já que a intenção é usar a queda de tensão das junturas. Os diodos estão invertidos por tratar-se de um PNP se fosse NPN estariam ao contrario.

O transistor é um PNP BC558 por exemplo, mas pode ser qualquer um de uso geral, de preferencia com Beta 200, PNP porque as saídas do ESP8266 tem logica invertida, e com beta 200, porque assim com uma R de 1K na base satura o coletor, claro que dependendo do rele deve usar um TIP41 ect.

A PROPOSITO CORREÇÂO

Por erro involuntário não coloquei o R de base, e havia um erro na ligação do rele, segue anexo agora, favor desconsiderar desenho e PDF anterior e considerar estes anexos aqui.


Abs.

CK

Anexos

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2019   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço