Novo peixe-robô do MIT é o mais recente em um campo rico na robótica atual, conhecido como “soft-robotics”. De acordo com a Daniela Rus, diretora de Ciência da Computação do MIT e do Laboratório de Inteligência Artificial, um dos principais benefícios que fazem os soft-robotics tão melhores que os tradicionais é que eles não precisam se preocupar em se chocar com as coisas, danificando a si ou seu ambiente.

São máquinas pequenas e com funções bem definidas que contrastam com robôs gigantes usados na indústria e outros mais sofisticados, como os militares. Esse peixe-robô do MIT tem um processador protegido por um núcleo resistente e um compartimento que armazena fluidos gasosos, que são usados para dar estabilidade e controlar seu movimentos.

 

 

 

Para mais informações, clique aqui.

 

 

Exibições: 910

Comentar

Você precisa ser um membro de Laboratorio de Garagem (arduino, eletrônica, robotica, hacking) para adicionar comentários!

Entrar em Laboratorio de Garagem (arduino, eletrônica, robotica, hacking)

© 2021   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço