Bom dia amigos garagistas,

A alguns anos atrás, comprei um controlador eletrônico de torneira, que através do toque no metal a mesma acionava uma eletroválvula e permitia a passagem dágua. Pois bem, como tudo na vida, parou de funcionar. Abri a caixa e para minha infelicidade ela estava impregnada em resina o qual não consigo fazer a manutenção. 

Pensei em fazer uma semelhante, a princípio ao invés do toque no metal, seria através de um botão, ou seja com um pulso ela aciona o relé (eletroválvula), dá passagem de água e após um tempo, desliga. 

Fiz uma plaquinha com um CI555 e um potenciometro para a regulagem do tempo. Até ai sem problemas. 

Quiz aprimorar, pensei em inserir um 4017 ou mesmo um flip-flop para ao pulsar o botão ligar e contar o tempo, e caso desse novamente outro pulso, ele desligava. Pois bem, funcionaria também, mais começei a ver que teria muitos componentes e sem necessidade, uma vez que tenho um attniny 85 sobrando e ele será a base de meu projeto. 

A idéia:

Botão para os pulsos;

Potenciometro para regulagem do tempo

Relé para acinamento da eletroválvula

A lógica:

O potênciometro servirá para regulagem do tempo, haverá caso em que precisarei de mais tempo com a eletrovávula acionada;

1º caso: Ao pulsar o botão (switch) aciona o relé e começa a contagem do tempo (pré ajustado pelo potênciometro);

Após o tempo pré ajustado, o relé é desligado;

2º caso: Ao pulsar o botão e acionar o relé, caso pulse novamente dentro do período da temporização, o mesmo será desligado, esperando por um novo pulso e por um novo ciclo. 

A segunda parte ainda não foi desenvolvida, encontrei um sketch na internet e a primeira parte (caso um) está funcional.

Segue atachado.

Desde já agradeço a paciencia e ajuda dos amigos. 

José Antonio 

Exibições: 195

Anexos

As respostas para este tópico estão encerradas.

Respostas a este tópico

Boa noite caro José Antõnio, 

Agua e eletricidade não são uma boa combinação.

Não recomendo o uso do sensor capacitivo para acionar a torneira. 

Um problema no circuito ou na fonte e poderá tomar choque e com mão molhada! 

Todas torneiras automática que eu conheço, usam um ssensor ótico. 

Bom dia meu amigo José,

Realmente água x eletricidade não combinam nem um pouco, mais para minimizar os efeitos condutivos, minha eletroválvula é de 12vcc, e o "comando será por pulso" e através de um botao somente.

Mais quem sabe não aprimoramos e adaptamos o sketch para sensor ótico ou mesmo um sensor capaciivo como sugeriu o mestre RV ?

Abraços, e boa semana.

JA

Projeto concluído,

Instalado e testado. 

Agradecimento especial ao nosso amigo mineirin RV. 

JA

https://www.youtube.com/watch?v=Qf5FBlQsHxs

RSS

© 2022   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço