Bom dia amigos garagistas,

A alguns anos atrás, comprei um controlador eletrônico de torneira, que através do toque no metal a mesma acionava uma eletroválvula e permitia a passagem dágua. Pois bem, como tudo na vida, parou de funcionar. Abri a caixa e para minha infelicidade ela estava impregnada em resina o qual não consigo fazer a manutenção. 

Pensei em fazer uma semelhante, a princípio ao invés do toque no metal, seria através de um botão, ou seja com um pulso ela aciona o relé (eletroválvula), dá passagem de água e após um tempo, desliga. 

Fiz uma plaquinha com um CI555 e um potenciometro para a regulagem do tempo. Até ai sem problemas. 

Quiz aprimorar, pensei em inserir um 4017 ou mesmo um flip-flop para ao pulsar o botão ligar e contar o tempo, e caso desse novamente outro pulso, ele desligava. Pois bem, funcionaria também, mais começei a ver que teria muitos componentes e sem necessidade, uma vez que tenho um attniny 85 sobrando e ele será a base de meu projeto. 

A idéia:

Botão para os pulsos;

Potenciometro para regulagem do tempo

Relé para acinamento da eletroválvula

A lógica:

O potênciometro servirá para regulagem do tempo, haverá caso em que precisarei de mais tempo com a eletrovávula acionada;

1º caso: Ao pulsar o botão (switch) aciona o relé e começa a contagem do tempo (pré ajustado pelo potênciometro);

Após o tempo pré ajustado, o relé é desligado;

2º caso: Ao pulsar o botão e acionar o relé, caso pulse novamente dentro do período da temporização, o mesmo será desligado, esperando por um novo pulso e por um novo ciclo. 

A segunda parte ainda não foi desenvolvida, encontrei um sketch na internet e a primeira parte (caso um) está funcional.

Segue atachado.

Desde já agradeço a paciencia e ajuda dos amigos. 

José Antonio 

Exibições: 230

Anexos

As respostas para este tópico estão encerradas.

Respostas a este tópico

Bom dia,

o chip atmega328 tem um pino que pode ser usado como sensor capacitivo.

Leia este artigo,

http://www.squids.com.br/arduino/index.php/projetos-arduino/projeto...

principalmente o tópico:

Entendendo como um sensor capacitivo caseiro funciona

Bom dia RV,

seria interessante, já tinha lido algo do sensor capacitivo, talvez compre um módulo (shield) do capacitivo ou mesmo do infra-red para fazer o acionamento. 

Enquanto isso farei com o botão mesmo, só me falta incrementar no sketch a parte do segundo pulso para desligar. 

Obrigado RV pela dica.

JA

Olá, José Antônio!

   Não consegui entender todos os detalhes do teu código, mas já tentou fazer a leitura do botão dentro do loop while() para ver se foi pressionado e então desligar o relé e reinicializar todas as variáveis?

   Claro que isto é apenas um palpite porque, como disse, não consegui entender completamente o teu código.

D. T. Ribeiro.

Boa noite amigo DT,

Na verdade eu copiei este código da internet e por não ter o dominio na programação, pedi ajuda aos garagistas.

Creio que daria para simplificar ainda mais o código.

Obriado pela resposta, 

JA

Bom dia,

dei uma mexida no seu código.  Testa aí.

torneira_V02.ino

Depois vou escrever as outra funções.

RV mineirin

Bom dia,

versão completa.

torneira_V03.ino

RV mineirin

bom dia RV, 

Mais uma vez obrigado pela resposta.

exit status 1
'Serial' was not declared in this scope

Bom dia,

esqueci que é um attniny 85,

Ele não tem UART.

Remove tudo que for Serial.......

torneira_V04.ino

RV mineirin

No Uno está perfeito 

Isso mesmo que precisava, obrigado guru RV,  

Meu attiny não está legal, 

Vou utilizar um atmega mesmo 328, ou talvez utilize um PIC (tenho alguns aqui na gaveta 12F675) ? ai será outra história.

SL RV,

Vu propor para o Marcelo (Do LDG) que em vez de usar a palavra resolvido quando um problema é solucionado, a pessoa escreva (RUI VIANA) você merece essa homenagem. :) :) :)

Grande abraço!

CK

Boa noite Carlos,

Se não fosse pedir muito ao nosso SL RV, gostaria de passar este código.ino para hex, ou seja, pretendo utilizar um PIC 12F675.

Claro que tenho de atentar as portas, tenho de observar se o 12f675 possui ou não entrada analõgica (estamos usando a A0 do atmega). 

Não sei se tem de declarar o PIC no inicio ??? Enfim sempre que compilei códigos hex para meus PICs sempre experimentava projetos prontos. 

RV mais uma vez me ajudando em meus projetos e sou muito grato a ele.

JA

Boa noite JAC,

faz tempo que não programo para PIC.

Alias, tenho um bocado de PICs por aqui que nem usei ou talvez nunca vou usar,

quase a totalidade é 0KM.

11 x PIC12F675

11 x PIC12F675  

2 x PIC16F1455  

2 x PIC16F1459 

5 x PIC16F676  

5 x PIC16F1847  

2 x PIC16F628-04

16 x PIC16F628A

10 x PIC16F818  

2 x PIC16F819  

6 x PIC16F877  

2 x PIC16F887 

2 x PIC18f4550  

6 x PIC12F615

10 x PIC16F690  

2 x PIC32MX170F256B

Mas voltando ao seu projeto, como uso o compilado HIGHTECH-C, não é uma simples 

passagem de um código arduino para código PIC.

Provavelmente é escrever o código todo novamente.

Vou ver o que posso fazer.

Abraços

RV mineirin

RSS

© 2022   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço