Antes de mais nada, não to falando de dizimo não tá, ou nada parecido. rsrsrsr Abri este topico para dicutir e darmos sugestões uns ao outros sobre varios aspectos e dificuldades encontradas por nos garagistas

Não são poucos os que estão nessa ou por puro e simples prazer como hobby, seja por natureza mesmo ( nescessidade biologica ) ou mesmo por "achar" que ainda vai invetar algo que o fara rico, os motivos são variados, mas as dificuldades quase sempre são as mesmas, falta de instrumentos adequados, falta de grana para investir, falta de componentes nescessarios e a principal de todas falta de compreensão ou aprofundamento nas ciencias basicas que todo o garagista precisa saber, ( ao menos o suficiente ) quimica, fisica, mecanica, metalurgia, eletronica, programação, então acho que podemos dar sugestões uns ao outros.

Por exemplo, todo garagista precisa de uma caixa apropriada para a sua grande invenção. Chega de colocar aquele grande invento dentro de uma caixa de sapato, saboneteira, isopor ou sabe lá mais o que.

Abaixo ta um site onde se pode comprar caixas metalicas de varios tamanhos e por preços relativamente em conta.

http://www.naokometalurgica.com.br/

Alguem conhece outro?
 

Exibições: 386

Responder esta

Respostas a este tópico

Não é tão difícil obter ´matéria prima´ a custo ZERO! O que é "sucata" para uns é material de primeira para outros (onde incluo os garagistas e laboratoristas de fundo de quintal).
Toda cidade tem auto-elétricos. O que vcs acham que eles fazem quando o pisca-pisca do carro pifa! Separa numa caixa e coloca um novo. É a caixa de sucatas de pisca-piscas. Um bom papo e indicando a finalidade conseguem fácil tais caixas! O que pifou no pisca-pisca? Via de regra, apenas o capacitor eletrolítico do oscilador gerador de ondas quadradas que excita o relé de 12 V, ligando e desligando a lâmpada. Desse pisca-pisca (se não quiser consertá-lo) aproveita-se: um belo relé de 12V, diodos retificadores, 2 transistores bipolares e resistores. Tudo de graça!
Pifou o limpador do parabrisa; ele é trocado! E lá temos um excelente motor de 12 V com 2 ímãs espetaculares. Mas, o motor não queimou? Não, quem estraga com o uso são os contatos comandados pelo próprio motor. Dispense esses contatos de fim de curso e pronto ... um belo motor! Que fazer com ele? Ora, aplique uma pequena polia neste eixo do motor e acople a uma polia maior com correia e manivela ... gire a manivela e o eixo gira muito rapidamente ... temos um gerador elétrico! Aliás, todo pequeno motor de CC, funciona tanto como motor como gerador. Sucatas de lojas de conserto de computadores ... nem se fala ... tudo de graça e centenas de componentes úteis!
E assim vai! Não esqueça de passar pelas marcenarias e colher retalhos de madeira; passar nas lojas de artesanato e colher retalhos de MDF; passar nas oficinas mecânicas e colher esferas de aço de rolamentos, etc.
Não tem componentes e material de trabalho só quem não quer! Já passou pelas lojas de 1,99 R$ e olhou aquilo tudo com outros olhos? Já viu as assadeiras de alumínio que podem virar cúpulas de Van de Graaff? Espremedores de batatas que transformam-se em alavancas inter-resistente? E um mundo de coisas!
Apreciaria que vcs dessem uma olhada no meu laboratório de "sucatas" e no equipamento científico em que se transformaram:

http://www.feiradeciencias.com.br/css/laboratorio_do_leo.htm

http://www.feiradeciencias.com.br/feiravirtual/feiravirtual_00.asp

Bom sucesso a todos!

aquele abraço,

Léo
Henrique,

Bacana esses gabinetes. Hein? Eles vendem por unidade também? Atendem ao consumidor final? Se sim, vou incluir na seção "Onde achar?" Por mais que a gente dê um jeito, tem coisas que devem ficar profissionais.
Quanto a falta de informação, espaço e equipamento, estou estudando a possibilidade de implantar uma Incubadora Lab de Garagem, que serviria para isso também. Veja a discussão no fórum.

Abraço!
Isso mesmo Marcelo, colocoquei este site, justamente porque eles vendem em qualquer quantidade e para qualquer lugar do pais, ainda não comprei com eles, mas recebi a indicação de um amigo e ele disse que comprou e gostou, e tem mais eles fazem caixas especificas, se precisar de uma caixa já apropriada para um projeto, basta enviar o desenho ou fotos e eles projetam e te entegam pronta. Legal né!? So não sei o custo. Um abraço!

Marcelo Rodrigues disse:
Henrique,

Bacana esses gabinetes. Hein? Eles vendem por unidade também? Atendem ao consumidor final? Se sim, vou incluir na seção "Onde achar?" Por mais que a gente dê um jeito, tem coisas que devem ficar profissionais.
Quanto a falta de informação, espaço e equipamento, estou estudando a possibilidade de implantar uma Incubadora Lab de Garagem, que serviria para isso também. Veja a discussão no fórum.

Abraço!
Antes de mais nada, sou fã do seu site, sempre estou consutando ele, ou tirando duvidas, incrivel a quantidade de informação, e o mais incrivel é os projetos super simples, baratos, tudo dentro da realidade brasileira, está mais que de parabéns, é imperdivel. Acho até que deveria virar programa de televisão, os americanos fazem programas assim e com um bom sucesso, aqui no Brasil não. São poucas emissoras interessam em coisas mais intelectuais, é uma pena.

Quanto as sucatas estou de acordo, é uma otima fonte de componentes, sou tecnico em eletronica e as sucatas mais valiosas que acho que existem, são impressoras que dão motores de passo caros, monitores, que tem entre R$ 40 a R$ 80 de componentes na media, como capacitores, indutores, resitores, e coisas do tipo, dvds, que pode se aproveitar a fonte, e os motores, a fonte deles pode ser usada para projetos simples que usam baixa corrente e tensão entre 5 a 12 v, fontes de pcs, que tem uma quantidade otima de componentes. Carregadores de celular que podem alimentar quase qualquer projeto que use 5V e custam menos de R$ 3,00 isso novo, Televisores somento os mais antigos, os mais novos tem uma quantidade baixa de componentes.

Eu tenho caixas repletas de sucata eletronica, as razões para se guardar ela são em primeiro lugar, dificuldade em se achar certos componentes, há componentes que não exitem no mercado, chaves especiais, indutores, e outros e inclusive atentem para o fato que tem peças hoje que já não se acha mais originais, so peças de qualidade duvidosa, como mosfets e outros.

Em segundo lugar é custo, so quem faz montagens com frequencia ou manuntenção com frequencia, percebe que para se estar relativamente preparado vc tem que ter um estoque enorme de peças, um projeto bom pode ficar parado uma semana ou até meses por falta de um capacitor que não se acha nas lojas, por isso é bom guardar tudo, organizado é claro. Desorganizado deixa de ser sucata para se tornar lixo.

Há também a questão ambiental e vc esta contribuindo para reciclar uma pequena parcela do lixo industrial.

E Para mim outro motivo é que é onde moro, cidade de interior, qualquer coisa que preciso leva de 03 a 20 dias para chegar aqui. Na sucata tenho variedade a disposição a um custo bem atrativo.

Fico muito feliz por poder compartilhar ideias e experiencis por aqui.

Um abraço a todos!


Luiz Ferraz Netto disse:
Não é tão difícil obter ´matéria prima´ a custo ZERO! O que é "sucata" para uns é material de primeira para outros (onde incluo os garagistas e laboratoristas de fundo de quintal).
Toda cidade tem auto-elétricos. O que vcs acham que eles fazem quando o pisca-pisca do carro pifa! Separa numa caixa e coloca um novo. É a caixa de sucatas de pisca-piscas. Um bom papo e indicando a finalidade conseguem fácil tais caixas! O que pifou no pisca-pisca? Via de regra, apenas o capacitor eletrolítico do oscilador gerador de ondas quadradas que excita o relé de 12 V, ligando e desligando a lâmpada. Desse pisca-pisca (se não quiser consertá-lo) aproveita-se: um belo relé de 12V, diodos retificadores, 2 transistores bipolares e resistores. Tudo de graça!
Pifou o limpador do parabrisa; ele é trocado! E lá temos um excelente motor de 12 V com 2 ímãs espetaculares. Mas, o motor não queimou? Não, quem estraga com o uso são os contatos comandados pelo próprio motor. Dispense esses contatos de fim de curso e pronto ... um belo motor! Que fazer com ele? Ora, aplique uma pequena polia neste eixo do motor e acople a uma polia maior com correia e manivela ... gire a manivela e o eixo gira muito rapidamente ... temos um gerador elétrico! Aliás, todo pequeno motor de CC, funciona tanto como motor como gerador. Sucatas de lojas de conserto de computadores ... nem se fala ... tudo de graça e centenas de componentes úteis!
E assim vai! Não esqueça de passar pelas marcenarias e colher retalhos de madeira; passar nas lojas de artesanato e colher retalhos de MDF; passar nas oficinas mecânicas e colher esferas de aço de rolamentos, etc.
Não tem componentes e material de trabalho só quem não quer! Já passou pelas lojas de 1,99 R$ e olhou aquilo tudo com outros olhos? Já viu as assadeiras de alumínio que podem virar cúpulas de Van de Graaff? Espremedores de batatas que transformam-se em alavancas inter-resistente? E um mundo de coisas!
Apreciaria que vcs dessem uma olhada no meu laboratório de "sucatas" e no equipamento científico em que se transformaram:

http://www.feiradeciencias.com.br/css/laboratorio_do_leo.htm

http://www.feiradeciencias.com.br/feiravirtual/feiravirtual_00.asp

Bom sucesso a todos!

aquele abraço,

Léo

RSS

© 2021   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço