Olá pessoal!

Busco por socorro na seguinte situação:

Preciso que, com uma TAG seja lida e relida enquanto junto da antena. Quando a TAG for afastada, que faça o esperado... nada identificar.

Preciso de uma rotina de leitura direta para identificar que a TAG está presente, e tentei de tudo sem êxito.

Se houver uma maneira, agradeço por ajuda!

Grato!

Exibições: 154

Responder esta

Respostas a este tópico

Olá,

Seria bom se você desse mais detalhes, por exemplo, que tipo de módulos esta usando, anexe seu código para verificar o que tentou e porque não esta dando o certo, no meu canal tenho entre outros vídeos este sobre leitura de RFID CLIKE AQUI

Abaixo na descrição do vídeo tem um link para meu repositório no github LINK com toda a informação código que usei etc.

Abs.

CK

Olá. Grato pelo retorno!

Objetivo: Parar veículo no semáforo e ter o veículo roubado.

Ao sair do veículo, a TAG, presa por um cordão,  será retirada do suporte junto da antena do RFID.

Com isto, iniciará uma contagem de tempo (15 segundos para teste). Caso não entre com uma TAG, a bomba de combustível será desligada.

A intenção é dar um tempo para se proteger e, mesmo levando o veículo, terá o funcionamento interrompido pela falta de combustível.

Espero ter conseguido me fazer entender.

Gratidão!

RFID_COPIA.ino

Bom dia, 

Acho que seria mais fácil nesse caso, um botão secreto para ser acionado no caso de furto. 

Um timer de 5 minutos par o carro ser levado pelo ladrão e dar tempo do proprietário sair do local.

Acho que já existe essa solução a muito tempo...

Um simples interruptor seria mais simples, barato e menos desgastante aos deprimidos neurônios. Só não é permitido esquecer que um simples movimento pode custar a vida.

Esse é o objetivo do projeto... ser discreto!

OK. Tem razão

No panico, a pessoal até pode se esquecer. 

Já comentei em outros projetos desse tipo. O sistema precisa ser muito confiável. 

Imagine se o carro se desliga, ao fazer uma ultrapassagem na estrada a 100 Km/h ....

O sketch foi totalmente resumido ao básico para funcionar. 

No original há um interruptor convencional para falha no funcionamento (emergência).

Antes do dispositivo desligar a bomba, será emitido alerta sonoro e visual para aproximar, e manter,  a TAG junto do leitor (antena).

Mesmo quando em trânsito a bomba for desligada por algum motivo, terá um tempo para estacionar de forma segura para verificar e sanar algum problema.

Isso par o caso da TAG, acidentalmente, ser removida acidentalmente. Será alertado para repor. Repondo, de imediato tudo volta ao normal.

Quase todos os alarmes disponíveis no mercado provocam algum tipo de interrupção do motor, e não apresenta nenhum recurso para estacionar de forma segura. 

Grato pelas observações!

Bom final de semana!

Boa noite.

veja se o seu código que modifiquei atende sua necessidade.

Lembre-se que qualquer defeito neste seu sistema em uso normal de  trafego,

poderá causar a falha da bomba, e com isto a possibilidade de um acidente sério.

Precisamos tomar muito cuidado quando modificamos sistemas originais dos nossos veículos.

Os veículos, no desenvolvimento deles, passam por infinitas horas de testes para garantir a

segurança da vida humana.

RV mineirin

RFID_COPIA_2.ino

No meu caso é um PEUGEOT 206 1.0 16V. Conforme manual, na falta de pressão de combustível no sistema de injeção, cessa a injeção e faíscas para as velas.. Preciso determinar quanto tempo se mantem em funcionamento até que pressão insuficiente ative alerta visual de falha no sistema de injeção. 

Até que a bomba desligue, terá um tempo de aproximadamente uns 90 segundos. Tempo para se proteger e levarem o veículo até uma distância segura.

Interessante seu sketch, porém, é necessário que o TAG fique permanentemente junto da antena receptora, e que este TAG seja relido e aceito para manter a bomba em funcionamento.

Se por qualquer motivo a TAG for removida, será dado início a contagem (15 segundos para teste) de uns 90 segundos antes de desligar. Enquanto isso, alerta sonoro e visual indicarão a necessidade de recolocar o cartão junto da antena para dar continuidade ao funcionamento do motor.

Pelo visto, parece ter a necessidade de afastar e aproximar para que a TAG seja energizada para enviar o código. Parece que com TAG com bateria seria possível.

Preciso que só funcione com a TAG constantemente junto da antena, ja que seria inviável a cada 90 segundos desviar atenção para revalidar.

Vou mudar para outro sistema mais prático, e mantendo o nível máximo de segurança.

Fico imensamente grato por dispor de seu tempo para me auxiliar!

Quando pronto, publicarei para quem se interessar... e fazer modificações convenientes.

Fiquem todos com Deus!

Bom dia.

Não sei se este ultimo tópico foi respondendo ao meu,

se foi, no teste aqui na minha bancada, o código com minhas modificações, ficou desbloqueado enquanto a TAG estava próxima a antena e 15 segundos após remover a TAG o sistema bloqueou.

Acho que é isto que você necessita. Ou entendi errado?

RV mineirin

Bom dia!

No meu caso, ao colocar a TAG acionou normalmente. e passado 15 segundos, desligou.

Apliquei seu sketch sem alterações.

Vou modificar o sistema usando reed switch. Quando um pequeno imã se afastar, o arduino interpretará e aguardará que o cartão seja aproximado para ativar.

De qualquer forma, agradeço por sua disponibilidade e, quando concluido e testado, vou disponibilizar nesta página.

Muito grato mineirin!

Experimente colocar algum sensor na porta do motorista, sempre que esta for aberta e fechada, ou ler um pulso ao ligar o carro, ativa o sistema de contagem de tempo após o carro ser ligado. Nesta contagem de tempo, seria o tempo para ler a tag.

Conheci um senhor que possuía um carro, que permitia ele andar apena 3km, se uma tag não estivesse com ele (no bolso ou dentro do veículo), segundo ele já veio de fabrica assim. Caso ele ligasse o carro e a tag não fosse lido nas proximidades, ele só poderia andar 3km antes dos alertas e orientações para procurar um lugar seguro para estacionar.

RSS

© 2022   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço