poderiam me ajudar a copilar esse programa no arduino uno r3

Exibições: 59

Responder esta

Respostas a este tópico

Boa tarde,

Você sabe usar a IDE Arduino?

Qual é a sua dúvida? 

https://labdegaragem.com/forum/topics/sugest-o-de-como-postar

Sim .mas vou copilar e fica dando erro

Boa tarde VRG,  (se não gosta que te chame pelas iniciais, avise),

este código que você postou não está formatado em C ou (C++).

Este code parece que está escrito em assembly.

Por exemplo esta linha:  "sbi portd,2 ;D2 (pino2) em H

Veja que o comentário começa com ; (usado em assembly)  e não // (usado em C).

Portanto não vai compilar usando a IDE do arduino.

Onde você obteve este código?  Link?

Veja este link:

https://gist.github.com/mhitza/8a4608f4dfdec20d3879

RV mineirin

Boa tarde

https://labdegaragem.com/forum/topics/sugest-o-de-como-postar

Como copiar as mensagens de erro da IDE do Arduino :

Se após rodar (compilar) o seu programa e a barra de mensagens de erro ( parte inferior da IDE) mudar para a  cor laranja, é porque existe algum problema ( um ou mais) no seu Sketch (programa). 

Tente analisar essas mensagens - as linhas do seu programa com erro são indicadas. 

Se não conseguir resolver o seus erros, clique em copiar mensagens de erro. Cole essas mensagens no seu tópico, pois assim poderemos auxiliá-lo na resolução do problema . 

Olá, Ricardo!

   Como o RV mencionou, este código está em Assembly Language, que não é a "preferida" para desenvolvimento com a IDE do Arduino.

   Na IDE do Arduino, até se pode utilizar instruções em Assembly Language, mas isto é desaconselhável por todos os motivos do mundo e mais alguns.

   Para fazer o que você quer, algumas alternativas seriam:

-1) Pode-se encapsular estas instruções para que a IDE do Arduino entenda que são instruções em Assembly Language e compile ( monte? ) o programa.


Desvantagens:


Não é um processo simples, embora o pareça, e que exige algum conhecimento do Assembler presente no GCC para o ATMEGA328 ( µC que suponho estar sendo usado ).


Não melhora em nada a inteligibilidade e manutenibilidade do programa, ao contrário, piora.


Se algo der errado ( e vai dar ), será muito difícil e trabalhoso o debug.

-2) Entender o que está sendo feito a nível de instruções do processador e reprogramar em C/C++ na IDE do Arduino.

Desvantagens:


Novamente não é um processo simples, e que exige bastante conhecimento da Assembly Language do ATMEGA328 ( µC que suponho estar sendo usado ).

-3) Entender o que é e o que faz o equipamento no qual este programa roda e reprojetar o programa do zero, considerando que o programa é pequeno e, portanto, a função executada não deve ser complexa.


Vantagens:


Fica-se com total domínio do programa.


Se for bem escrito e bem documentado, a manutenção é um "passeio"


A adição de novas funcionalidades, desde que possíveis, é bem mais simples.


É possível que o equipamento possa, inclusive, ser melhorado e/ou melhor adaptado para necessidade atual.


É o que eu faria.

Sucesso!

D.T. Ribeiro.

RSS

© 2022   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço