Multímetros fabricados pela Minipa, Hikari e Aneng são bons? Eis o porquê você não deve se apegar às marcas dos multímetros.

Quem nunca ouviu a frase "Multímetros Minipa são muito bons!" ou "Será que multímetros chineses são tão bons quanto os Minipa?" ou "Quais as melhores marcas de multímetros com preços acessíveis?"... 

Eu também tive essa dúvida por muito tempo mas, depois de desmontar meus 3 multímetros (Minipa ET-1110A, Hikari HM-2090 e Aneng AN870) e constatar que essas 3 marcas não fabricam multímetros, mas apenas importam e remarcam multímetros de outras fabricantes, comecei a mudar minha forma de pensar a respeito das marcas de multímetros. Hoje o que levo em consideração é apenas o modelo (não a marca) e o menor preço para aquilo que o multímetro de fato entrega.

Meus multímetros por dentro:

Minipa ET-1110A na verdade é UNI-T UT132C:

Hikari HM-2090 na verdade é o Victor AC97:

Aneng AN870 na verdade é ZOYI ZT-219:

Portanto, não é sensato "torcer o nariz" para as marcas "desconhecidas" de multímetros (ou ainda pior: pensar que elas imitaram o modelo de uma marca conhecida), quando na verdade a maioria das marcas que conhecemos são apenas importadoras, não fabricantes, como muitos acreditam.

A propósito, esses meus multímetros nunca me deixaram na mão porém, hoje se fosse comprar um novo, a única coisa que levaria em conta entre dois modelos com características idênticas seria o qual tem o melhor preço.


___________________________________
Alguns outros modelos de multímetros:


→ Minipa ET-2082B - por dentro é Victor 88C, escrito em sua PCB.
→ Minipa ET-2042E - por dentro é UNI-T, escrito em sua PCB.
→ Minipa ET-1002 - por dentro é Allsun EM490, escrito em sua PCB.

Exibições: 119

Responder esta

Respostas a este tópico

Olá,

No caso da Minipa (Não sei se os outros também vendem) a mesma coisa acontece com os osciloscópio, tive um que teve um problema e ao abrir para concertar percebi que era placa principal e fonte de uma outra marca, a historia é longa, porque no final tive que recorrer a Minipa, e descobri a péssima qualidade do seu serviço ao consumidor também.

Mas isso é hoje em dia um fenômeno mundial, acontece com todos os equipamentos principalmente eletrodomésticos, informática, etc. e a China é o maior atrativo para as fabricas que hoje em dia não passam de montadoras de equipamentos fabricados na China, isso tem seus pró, menor custo, o que torna possível mais gente tendo acesso a produtos, e tem seus contra é claro, por outra parte não podemos nos esquecer da teoria de que o produto deve durar um determinado tempo, nada é para sempre, senão o planeta  entraria em uma eterna crise, os produtos devem se esgotar, ou se tornar obsoletos em um determinado período para que as fabricas possam vender, espero não ter fugido muito do tópico.

Abs.

CK

Olá, Rodrigo!

   Excelente trabalho!

   E muito obrigado por compartilhar. Provavelmente isto ajudará muitas pessoas a gastar menos e ficar atendidas no que precisam da mesma forma.

   Apenas para corroborar o que tu e o Carlos Kwiek disseram, vai uma sugestão de vídeo do Youtube:

      LINK -> Fatos Desconhecidos: Microndas

D. T. Ribeiro.

Valeu pelo vídeo D.T. é disso que se trata!

Abs.

CK

Que vídeo sensacional! Aprendi muita coisa agora, valeu por compartilhar!

Olá.

   Bela pesquisa. Isso aí.

   Só trocaria o trecho: "apenas importam e remarcam multímetros de outras fabricantes".

   O que acontece é que qualquer um que vá a China fazer compras em larga escala pode solicitar que o produto (desde que esteja disponível para venda dessa forma) seja fabricado com sua marca, suas cores, seu manual, sua caixa. Basta fornecer as artes que eles imprimem lá, embalam, etc. 

   A China é isso, uma fabrica aberta a quem quiser, para os produtos que estão disponíveis dessa forma.
   Se quiser saber mais sobre isso recomendo:
   https://www.cantonfair.org.cn/en-US

   As feiras na china são muito interessantes.

   

   

RSS

© 2022   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço