Serei direto:

 

Quero construir esse motor

https://www.youtube.com/watch?v=_SLRn3fKB_A

 

Necessita basicamente de ímãs potentes, de preferência no formato que favoreça a montagem.

Infelizmente não encontrei desses ímãs na loja do laboratório de garagem... :(

Existem diversas aplicações que podem utilizar esse motor, desde caseiras a industriais.

Pretendo iniciar um projeto que use esse motor como base, por isso estou abrindo esse tópico. Quero reunir pessoas interessadas em construir um protótipo desse motor e depois utilizá-lo em uma aplicação mais útil.

Quem se habilita? rs

Exibições: 800

Responder esta

Respostas a este tópico

Primeiro que ima sao esses, ja vi encontrei alguns muito fortes, entretando pequenos.

No video sita "sem consumo de energia" sera que esse ima eh tao forte assim, pois se precisar usar eletro-ima ja precisa de consumo de energia.

A ideia eh boa, precisamos de mais informacao

a idéia é usar ímãs de neodímio, montados de uma maneira que todos se repulsem, gerando o movimento.

não utiliza eletro-ímã, por isso o consumo de energia é inexistente.

O problema no caso dos ímãs é o formato. tem q ser um que facilite a montagem do protótipo.

Não sei se daria pra usar ímãs comuns, mas acredito que os de neodímio darão melhor resultado.

Leandro , não só este moto-continuo , mas qualquer outro , nunca irá funcionar, pois viola uma das leis mais importantes da FISICA que a energia nunca é criada mas sempre transformada. Assim se vc estiver extraindo energia mecanica deverá estar entrando com alguma outra fonte de energia. E não vale dizer que é energia magnetica , pois o magneto é só o meio de transporte , ele não cria energia, assim como o eixo do motor de um carro transporta a energia extraida da gasolina para as rodas.O eixo não cria energia , só a transporta

Pois eh a proposta do video nada mais eh do que um moto perpetuo que como o Enio disse, a teoria viola leis da fisica.

Esses imas neodimio como sao fabricados, nao perdem o magnetismo com o tempo ?

 

Enio, ouviu falar do princípio  de atração e repulsão magnética? O mesmo usado nos trilhos do tem bala? então...

Enio Benatti disse:
Leandro , não só este moto-continuo , mas qualquer outro , nunca irá funcionar, pois viola uma das leis mais importantes da FISICA que a energia nunca é criada mas sempre transformada. Assim se vc estiver extraindo energia mecanica deverá estar entrando com alguma outra fonte de energia. E não vale dizer que é energia magnetica , pois o magneto é só o meio de transporte , ele não cria energia, assim como o eixo do motor de um carro transporta a energia extraida da gasolina para as rodas.O eixo não cria energia , só a transporta

Acredito que esses ímãs percam sim seu magnetismo, por isso as legendas do vídeo dizem que é um sistema "que pode gerar energia mecânica de forma contínua e QUASE ilimitada".


Mesmo assim acredito que esse "tempo de vida útil" desse motor seja grande o suficiente para viabilizar sua construção.


Francis David Donato Pereira disse:

Pois eh a proposta do video nada mais eh do que um moto perpetuo que como o Enio disse, a teoria viola leis da fisica.

Esses imas neodimio como sao fabricados, nao perdem o magnetismo com o tempo ?

 

Mas o Maglev usa eletro-imas ao longo dos trilhos, ate para fazer o controle de velocidade.
Aproposito o que estamos discutindo mesmo ? :-D

 

A possibilidade de magnetizar um metal e ter um moto perpetuo ou gerar movimento mecanico utilizando magnetismo ?

 

Leandro Correa dos Santos disse:

Enio, ouviu falar do princípio  de atração e repulsão magnética? O mesmo usado nos trilhos do tem bala? então...

A idéia é construir um motor que utilize princípios de atração e repulsão para produzir movimento contínuo.


Francis David Donato Pereira disse:

Mas o Maglev usa eletro-imas ao longo dos trilhos, ate para fazer o controle de velocidade.
Aproposito o que estamos discutindo mesmo ? :-D

 

A possibilidade de magnetizar um metal e ter um moto perpetuo ou gerar movimento mecanico utilizando magnetismo ?

 

Leandro Correa dos Santos disse:

Enio, ouviu falar do princípio  de atração e repulsão magnética? O mesmo usado nos trilhos do tem bala? então...

Blz, eu tava mesmo querendo comprar esses imas, agora tenho um motivo.

Mas usar os prontos acho que vai dar trabalho na mecanica da coisa, seria legal saber como fazer para confeccionar no tamanho/forma ideal.

 

Caros,

 

apenas repetindo o que o colega Benatti disse: Moto perpétuo ou contínuo não existe. Se acaso você realizar uma busca de patentes no ESPACENET você vai notar que não há uma única patente sobre esse assunto. Mas, se ainda assim alguém quiser tirar a prova, abaixo alguns fabricantes nacionais de imãs, que provavelmente fornecem o que seria necessário.

 

Abraço. Boa sorte.

 

Henrique

 

http://www.brasilmagnets.com.br/

http://www.cermag.com.br/

http://www.imag.ind.br/

http://www.imatec.ind.br/

http://www.italpro.com.br

http://www.gamequipamentos.com.br

http://www.magnetosgerais.com.br

http://www.magtek.com.br/

http://www.metalmag.com.br

http://www.oximag.com/

http://www.supergauss.com.br/

 

 

 

 

 

 

 

 

Leandro , o problema não é a vida util destes magnetos , que alias, duram Muuuuuitos anos , a não ser que vc os aqueça acima da temperatura critica , ai sim eles perdem o magnetismo.

O Problema é o conceito de gerar energia do nada , isto não existe , é completamente impossível.

O trem bala usa os super-condutores para efetuar a levitação magnetica , e os usa também como motores lineares , para impulsionar o trem. Veja eu disse motores lineares , que nada mais são do que  motores elétricos convencionais , só que ao invés de serem rotativos , são LINEARES e não são de modo algum moto-contínuos ou geradores perpétuos.

Os motores do trem bala são sim lineares , mas comsomem a mesma energia eletrica que comsumiriam se eles fossem rotativos , alias comsomem bem mais , pois para manter os supercondutores a temperaturas criogenicas , o sistema de refrigeração gasta um montão de energia.

A vantagem de se usar a levitação magnética é o aumento considerável da velocidade que o trem pode alcançar, devido ao pouco atrito, pois os sérios problemas com a suspensão e com os trilhos convencionais limitariam a velocidade do trem.

Há varia correntes que afirmam que o custo adicional do sistema criogênico não compensa , tanto que na França os TGV , são feitos com rodas e trilhos convencionais e já ultrapassaram as velocidades conseguidas pelos MagLev.

Um TGV fabricada pela Alstom, atingiu a velocidade de 574,8 quilómetros por hora em Le Chemin.

o elevado custo de produção do MagLev limitou, até agora, à existência de uma única linha comercial, o transrapid de Xangai. Essa linha faz o percurso de 30 km até ao Aeroporto Internacional de Pudong em apenas 8 minutos, o que dá uma velocidade media de 240 Km/h.

 

Abraço.

Leandro Correa dos Santos disse:

A idéia é construir um motor que utilize princípios de atração e repulsão para produzir movimento contínuo.


Francis David Donato Pereira disse:

Mas o Maglev usa eletro-imas ao longo dos trilhos, ate para fazer o controle de velocidade.
Aproposito o que estamos discutindo mesmo ? :-D

 

A possibilidade de magnetizar um metal e ter um moto perpetuo ou gerar movimento mecanico utilizando magnetismo ?

 

Leandro Correa dos Santos disse:

Enio, ouviu falar do princípio  de atração e repulsão magnética? O mesmo usado nos trilhos do tem bala? então...

Hum... entendi...

Enio Benatti disse:

Leandro , o problema não é a vida util destes magnetos , que alias, duram Muuuuuitos anos , a não ser que vc os aqueça acima da temperatura critica , ai sim eles perdem o magnetismo.

O Problema é o conceito de gerar energia do nada , isto não existe , é completamente impossível.

O trem bala usa os super-condutores para efetuar a levitação magnetica , e os usa também como motores lineares , para impulsionar o trem. Veja eu disse motores lineares , que nada mais são do que  motores elétricos convencionais , só que ao invés de serem rotativos , são LINEARES e não são de modo algum moto-contínuos ou geradores perpétuos.

Os motores do trem bala são sim lineares , mas comsomem a mesma energia eletrica que comsumiriam se eles fossem rotativos , alias comsomem bem mais , pois para manter os supercondutores a temperaturas criogenicas , o sistema de refrigeração gasta um montão de energia.

A vantagem de se usar a levitação magnética é o aumento considerável da velocidade que o trem pode alcançar, devido ao pouco atrito, pois os sérios problemas com a suspensão e com os trilhos convencionais limitariam a velocidade do trem.

Há varia correntes que afirmam que o custo adicional do sistema criogênico não compensa , tanto que na França os TGV , são feitos com rodas e trilhos convencionais e já ultrapassaram as velocidades conseguidas pelos MagLev.

Um TGV fabricada pela Alstom, atingiu a velocidade de 574,8 quilómetros por hora em Le Chemin.

o elevado custo de produção do MagLev limitou, até agora, à existência de uma única linha comercial, o transrapid de Xangai. Essa linha faz o percurso de 30 km até ao Aeroporto Internacional de Pudong em apenas 8 minutos, o que dá uma velocidade media de 240 Km/h.

 

Abraço.

Leandro Correa dos Santos disse:

A idéia é construir um motor que utilize princípios de atração e repulsão para produzir movimento contínuo.


Francis David Donato Pereira disse:

Mas o Maglev usa eletro-imas ao longo dos trilhos, ate para fazer o controle de velocidade.
Aproposito o que estamos discutindo mesmo ? :-D

 

A possibilidade de magnetizar um metal e ter um moto perpetuo ou gerar movimento mecanico utilizando magnetismo ?

 

Leandro Correa dos Santos disse:

Enio, ouviu falar do princípio  de atração e repulsão magnética? O mesmo usado nos trilhos do tem bala? então...

RSS

© 2021   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço