Olá Amigos

Gostaria que relatassem aqui qual a emulsão fotossensível usam para confeccionar suas PCBs,

e suas opiniões a respeito.

Exibições: 7415

Respostas a este tópico

Olá Amigos

Eu fiz o teste, e não deu certo, acredito que o calor faça parte do processo de cura, como se referiu o colega Marcos

A emulsão grudou no fotolito e perdi o serviço, mesmo após ter ficado vários dias a placa guardada.

Boa Jonatas ! Eu não conhecia este processo.

abraços

Joe,

pra não arriscar ontem levei a placa ao forno. Ficou sequinha. Agora vou gravar e revelar. Hoje a noite já apareço com novidades.

Amigos,

fiz a distribuição da tinta pela placa usando a dremel. Ficou bem distribuído. Como eu disse ela ficou umas 24 horas na temperatura ambiente e não secava. Levei ao forno por alguns minutos e secou direitinho.

Imprimi uma placa de um projeto que já sonho a muito tempo, o phduino, e coloquei entre dois vidros.

fiz a exposição com 3 minutos e levei para revelar com barrilha leve. Usei um rolinho para passar de vez em quando. Depois de uns 20 minutos a placa ficou pronta. Agora quero apresentar para vocês com o intuito de ajudarem a melhorar ainda mais a qualidade. Observar que naquelas regiões que tinham escritas bem pequenas não se consegue perceber os dizeres. Eu imprimi o arquivo do jeito que estava no site. Agora vou limpá-lo e deixar somente o que interessa, o resto vou colocar na legenda.

Agora algumas microfotografias. Observar onde o nome está. No fim mostro a imagem que deu origem à placa.

Quero ver a opinião de vocês.

Olá Sidney

Para quem esta começando na arte ficou ótima ! Parabéns,  mas com tudo é passível de melhora.

O que pode estar ocorrendo e ocasionando a não fixação das letras pequenas, atribuo a princípio a 2 fatores.

 1 - Falta de contraste do fotolito. Fotolitos feitos em impressoras a laser ficam melhores, se o toner for de boa qualidade.

 2 - Pouco  tempo de exposição, aumente para 3 minutos e 15 segundos.

Abços

Joe,

realmente tenho que considerar o que disse. Eu acho que a diferença no tonner pode ser a causa. Tentei de todas as formas escurecer e não consegui. Usei um enegrecedor de toner e não melhorou.

Como vou fazer uma nova caixa para abrigar a luz, semelhante ao que vi aqui, que usa um pode de sorvete revestido com papel alumínio, acho que já será um bom parâmetro.
Vou procurar ser mais delicado na revelação também.
Se tiver outra dica não deixe de ajudar.

Sidney,

Pode ser que o fotolito esteja com pouco contraste, ou a solução de barrilha muito fraca, uso uma colher de café de barrilha em 200 ml de água.

20 minutos para revelar a placa é tempo demais, comigo nunca leva mais de 1 minuto.

Eu experimentaria diminuir o tempo de exposição. 

Abraço.

Olá Amigos

Uma observação que me ocorreu agora, é a possibilidade da emulsão estar sendo sensibilizada antes da hora, por exemplo, pode estar entrando luz branca no ambiente enquanto o Sidney aplica a emulsão na placa ou enquanto ele aplica ar quente na emulsão.

O ideal é iluminar o ambiente onde a emulsão vai ser manipulada com uma luz vermelha.

Abraços

Joe,

vc lembrou bem. Vou tomar este cuidado. Na terceira placa teremos mais resultados. Vou trabalhar alguns parametros tipo tempo e concentração.

Sidney e Joe,

As tintas foto sensíveis UV são relativamente imunes a luz de lâmpadas incandescente comuns, você pode trabalhar tranquilamente com elas em ambientes iluminados. É lógico que não dá pra trabalhar sob a luz solar ou colocar a placa a poucos centímetros das lâmpadas, mas não é realmente preciso trabalhar em salas escuras ou com luz vermelha ou amarela como quando se trabalha com emulsões para silk screen que são muito mais sensíveis a luz comum.

Abraço.

Valew !

Wiechert,. Vc poderia nos dizer qual a maior resolução que poderemos obter com a fast PCB. Em outras palavras qual a menor largura de trilha é possível obter ?

abços

Olá Joe,

Eu já fiz umas placas para breakouts de CIs SMD com trilhas de 16 mils (0,4mm) com ótimos resultados, ainda não testei com trilhas mais finas, mas acho que é possível sim.

Na internet tem um vídeo de uma marca de tinta que mostra um encoder de fita de uma impressora HP sendo usado como fotolito para as tintas foto sensíveis e para o dry film.

No vídeo afirma-se que as trilhas impressas tem 0,08 mm ou 3,14 mils. 

Abraço.

Ola Joe eu uso uma tinta especial que eu mesmo desenvolvi, ela pode ser aplicada com pincel e revelada com alcool comum não precisa de solventes nem nada muito especial a definição da reprodução vai até onde seu fotolito alcançar; se precisar de mais detalhes meu fone - (11) 2642 11 18  nelson.artecna@gmail.com 

RSS

© 2021   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço