Boa tarde amigos, espero que vocês tenham um ótimo dia!

Meu primeiro post aqui e eu terminei um projeto e agora gostaria de deixá-lo mais "profissional". Ele já funciona com o arduino na protoboard e com alguns módulos. 

Comecei a usar o EAGLE para fazer o layout da pci e estou pensando em mandar fazer na empresa JLCPCB. 

Quando estava pesquisando sobre dicas de pci, encontrei esse post abaixo:

https://labdegaragem.com/forum/topics/problema-com-circuito

O que me motivou a criar uma conta aqui e pedir uma luz pra vocês. Foram apontados alguns erros na pci do autor do post. Então eu percebi que não tinha muitas dicas ou um guia do que fazer e não fazer em um layout nas pesquisas que eu fiz.

Alguém poderia me dar uma luz do que eu posso melhorar nesse layout?

Eu basicamente peguei o esquemático de alguns módulos de arduino (como o módulo relé de estado sólido, módulo lm2596 5.0 pois o 7805 estava esquentando muito) e refiz na placa por questão de aprendizado para fazer outras placas no futuro (quem sabe de SMD). 

Algumas considerações:

1. Eu coloquei a alimentação (fase e neutro) na placa e não deixei passar a malhar de aterramento pela área próximo dos contatos do relé. Não sei se isso é o suficiente para proteger o circuito de alguma interferência que possa ocorrer.

2. Em algumas partes da trilha de 5V eu aumentei a espessura até chegar em um dos conectores mas não fiz nenhum cálculo se era realmente necessário fazer isso ou não.

Exibições: 108

Anexos

Responder esta

Respostas a este tópico

Olá, Rodrigo!

   O cara que tem um excelente conceito em layout é o Robert Feranec <- LINK

   Talvez seja uma boa idéia dar uma olhada.

   Tem até um link para projetar Arduino Boards: Como projetar Arduino Boards

   Abração!

Olá, Ribeiro!

Já estou olhando o site e o canal do youtube dele.

Obrigado pelas dicas!

Oi novamente, Rodrigo:

   Citação: "1. Eu coloquei a alimentação (fase e neutro) na placa e não deixei passar a malhar de aterramento pela área próximo dos contatos do relé. Não sei se isso é o suficiente para proteger o circuito de alguma interferência que possa ocorrer."

   Suficiente eu também não sei se é, mas necessário é, com certeza!!!

   Já tive muitos problemas com placas de relés em que o plano de terra estendia até sob os relés.

   Detalhe: Não eram meus os layouts, pois eu não faço layout, nem sei fazer!    kkkkkk

   Abração e sucesso!

Vamo la rodrigo,

    Como mexo com o EAGLE a uns bons anos lá se vão minhas experiencias.

PRIMEIRO -  Se puder fazer placas Mono Face ao inves de dupla ou multi face, dê preferencia,  quanto mais faces maiores as chances de ter erros nas conexões.

SEGUNDO -  Você usa o conceito de trilhas finas para sobrar espaço para o GND geral como background contornando toda placa,  lembre-se, o importante são as trilhas, é por ali que vai passar a eletricidade,  logo, sempre que puder,  veja se dá pra aumentar um pouco a espessura das trilhas.

TERCEIRO - Se você vai mandar fazer as placas na china ou profissionalmente, esse lance de colocar o background GND é legal,  mas se for prototipar em casa usando Insufilm ou tinta photorevelativa ( https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-904803010-tinta-fotossensiv... )  foque mais nas trilhas e evite o uso abusivo de trilhas extras que podem levar a curtos.

QUARTO -  No youtube existem varios cursos sobre o CAD EAGLE,  um que me fez mudar de patamar , foi um que ensinava a fazer COMPONENTES ou seja, criar minhas proprias livrarias,    isso foi uma libertação,  hoje tenho livrarias com componentes do arduino exclusivos como por exemplo o NRF24L01 em SMD que não se acha em lugar nenhum pra baixar, dai eu fiz, 

Olá, Weider!

1. Eu tentei fazer na época de apenas 1 lado mas não consegui de jeito nenhum, então desisti e optei pra 2 lados.

2. Nas trilhas gerais eu usei 0.381mm (ou 15 mils), o que parecia ser mais do que suficiente de acordo com algumas tabelas encontradas no google. Em algumas partes da trilha de 5V eu "engrossei' por garantia e na trilha de acionamento eu coloquei 2mm.

3. Quando o projeto era mais simples, eu tentei fazer por esse método mas não deu muito certo (inclusive perdi todo o rolo que acabou sendo queimado porque não guardei direito). Como fiz uma simulação na jlcpcb e deu 5 dólares, achei que valia a pena mandar fazer essa placa até pra ver a qualidade deles.

4. Você poderia compartilhar esse canal?

Achei a placa otima.

Parabéns !

Detalhes a observar:

1) A furação do conector de fonte parece muito fina. Acho que não passa o pino aih;

2) como já foi dito, sempre que puder usar trilhas mais grossas melhor. Fininha fica delicado. Os calculos te dão as espessuras mínimas, não precisa ser essa, pode aumentar um pouco;

3) Confira se tem um item "thermal pad" ligado. Pode não ser esse nome. Importante ligar. Ele reduz a dissipação de calor nos pinos GND, que ajuda na hora de soldar; 

4) Ta meio esquisito esse parafuso por baixo do fusível. Geralmente o suporte de fusível é só soldado.. Mas vai ver ta certo. Eu na verdade nunca nem coloquei fusivel em placas assim... ;

5) tem um integrado no meio que tá com pads redondos... Se fizer todos iguais fica mais estético;

6) Recomendo escrever a versão na placa;

7) Recomendo usar nomes padrão nacional. Por ex conectores são CN? e não X?, CI e não IC, escreva "Feito no Brasil"...;
8) Sempre que possível use a serigrafia ao lado do componente, não embaixo dele, como o R27. Pq depois que colocou vc não lê mais;

9) Verifique os parafusos, se não vai encostar nas trilhas. Por ex próximo do fusível tem uma trilha que passa rente ao parafuso, dava pra jogar mais longe. As vezes precisa de uma arruela e tal. 


Acho que é isso. Para o padrão de qualidade da JLCPCB (Fantástico) vai ficar 10. Se fosse fazer "na unha" teria que ajustar pads (aumentar), etc.

Se fosse uma placa profissional... comentaria tb:

- Os furos de fixação devem sempre que possível ficar alinhados, com distancias dentro de qualquer norma, mas numa. Por ex: centímetro. Que fiquem a centimetros inteiros de distancia (meio centimetro ok);

- Os componentes precisam ficar a uma distancia meio constant da borda, tomada a medida do componente, não do furo;

- Tipo esses bornes de baixa tensão, ficam mais bonitos se a base dele se alinha com a base dos de alta tensão (em vez de alinhar os furos);

- Todos os pinos 1 de conectores devem apontar para o mesmo lado e ser sinalizados. Pad quadrado E serigrafia "1" ou "." Também vale escrever quem é F, N, S1, S2, etc. Principalmente na parte com linhas F e N, pra diminuir a chance de montagem errada.

- Idem sinalizar todos os pinos 1 de ci.

- O led está meio caindo pra fora da placa... poria mais pra dentro, a menos que seja estratégica essa posição. 

Olá, Eduardo!

1. Bem observado, não tinha me ligado nisso. Muito obrigado!

2. Certo, estou modificando aqui.

3. Ainda não tinha ouvido falar nisso, é quando todo o pad fica preenchido com a malha? vou pesquisar sobre.

4. Eu coloquei esse parafuso no meio do fusível pois o soquete de fusível que eu tenho aqui tem esse buraco no meio para fixação (vide imagem abaixo).

5. Eu também me incomodei um pouco com esse pad mas não achei outro modelo. Estou pensando em fazer como o amigo Weider e fazer componentes nele.

6. Ainda não tinha pensando nisso, quais os critérios? por ex.: 1.0.1, 1.0.2, etc ou 1.0, 2.0, etc?

7. Vou fazer essas mudanças no layout.

8. Eu estava optando por colocar a serigrafia "dentro" dos componentes pra não confundir na hora de soldar mas realmente posso ter problemas depois pra identificar qual é qual. Vou mudar isso também.

9. Realmente também não tinha prestado atenção nisso, ficou bem próximo.

Faltou atenção em várias partes do circuito. Muito obrigado pelas dicas pra ajudar a corrigir, foram engrandecedoras pra mim. 

3) É quando os pads GND ficam ligados por 4 pequenos fios. Ele fica assim Fig B:

Why Use Thermal Pads in PCB Design and Manufacturing | Sierra Circuits

Na pratica:
File:PCB copper pour thermal pads.png - Wikimedia Commons

Se não o pino fica um dissipador de calor e dificulta a soldagem. A solda tende a propagar por baixo da tinta e não para dentro do furo.

6) Desconheço que exista alguma norma. Eu uso v1.0 por ex, é bem claro. 

Ref: 
https://www.protoexpress.com/blog/use-thermal-pads-pcb-design-manuf...
https://commons.wikimedia.org/wiki/File:PCB_copper_pour_thermal_pad...

Meu amigo, eu estava justamente achando o contrário disso!

O eagle já colocava o gnd com essas thermal pads mas eu achava que podia ser ruim apenas esses 4 traços e trocava os pads pra preencherem completamente. Vou mudar isso, já estava fazendo besteira.

Obrigado pela ajuda.

Como criar componente no eagle

https://www.youtube.com/watch?v=MSGf5-HIDDk

Obrigado, Weider. Agora vou começar a criar os meus.

RSS

© 2021   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço