Hi,

No PIC basta pôr o PROTECT no código. No arduino (no caso no atmega328P standalone gravando com AVRDUDE ou similar) basta configurar corretamente o fuse block. Mas e no NodeMCU ESP8266 ?

Como fazer para que se alguém tentar ler o código, receber um código todo 'borrado' inútil ?

 

OBS: Estou programando/gravando o nodeMCU pela IDE do Arduino

 

Alguém sabe ?

Exibições: 82

Responder esta

Respostas a este tópico

"Cuanta bobagem"

Grande RV:

   Lembrou, é?

   kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Abração!

D. T. Ribeiro.

Tem coisas que são inesquecíveis. kkkkkkk

Tem coisas que não devemos esquecer nunca!

kkkkkkkkkkkkkk

Abraço SL RV

CK

É, parece que só no ESP32. Vejam: 

https://github.com/esp8266/Arduino/issues/2494

Resposta do igrr

Se entendi, no ESP8266 o programa fica na memória externa, que pode ser retirada e lida.

Não tem como vc impedir isso, que eu saiba.

Um caminho pode ser codificar por numero de série + MAC. Algo como criptografar parte dos dados do seu programa usando o numero de série do ESP (CHIP_ID) e o MAC dele. Assim mesmo que se copie a memoria ele não irá funcionar corretamente.

ref:

Pesquise por ESP.getChipId()

Pq não confiar apenas no ChipId():

https://bbs.espressif.com/viewtopic.php?t=1303

Boa informação Eduardo. Vou pesquisar sobre isso. 

RSS

© 2022   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço