Como projetar alta frequencia em Motor de passo utilizando Drive e e arduino?

É possivel fazer um codigo no arduino, para que alcançe alta rotação igual a esses controladores igual ao da kalatec que chega a uma frequencia de 150khz?

O drive suporte uma frequencia de 200khz, porem os codigos em geral tem frequencia muita baixa, ai quando vc altera o codigo o motor fica restrito com a frequencia de corte.

tentei utilizar no pino pulse do drive enviar sinal PWM de 25khz alterando no seu codigo fonte, mas não obtive sucesso. Medi na saida do pino arduino que a minha frequencia maxima estava em 2690 hz, porem com uma revolução de 1600 RPS ou seja 2690/1600 = 1,68 RPS rpm de 100 rpm.

Já não sei mais o que alterar, ja verifiquei tensão, ajuste de corrente etc. Faço novamente a pergunta ?

É possivel fazer um codigo no arduino, para que alcançe alta rotação igual a esses controladores igual ao da kalatec profissional que chega a uma frequencia de 150khz? tem um link. 

https://www.youtube.com/watch?v=E7gTkXXCiaQ&list=PLbKRUuKXcZCId...

Exibições: 243

Responder esta

Respostas a este tópico

Boa noite,

se voce usar o ESP32, ele consegue gerar PWM de até 40 MHz.

RV mineirin

OK. Obrigado

Olá, Maicon!

   Usando a dica do RV você pode conseguir frequências maiores, com certeza.

   Porém, entenda que um motor de passo usado com um drive convencional ( em malha aberta ), i. e., sem realimentação da posição do eixo, não consegue passar de 1500, 2000 rpm aproximadamente, como demonstrou o técnico da Kalatec. E assim mesmo, girando a vazio, i. e., sem carga, porque, nesta velocidade, o torque disponível cai muito.

   Mas o EasyServo não é um motor de passo? Como ele consegue então girar mais rápido?

   Bem, o  EasyServo é um motor de passo com Encoder, i. e., com realimentação da posição.

   O drive do EasyServo é bem diferente de um drive convencional de motor de passo. Ele tem um algoritmo muito semelhante ao que é utilizado nos drives de PMSM ( Permanent Magnet Synchronous Motors ), que nós costumamos chamar popularmente de AC Servos.

   Este algoritmo, detecta a posição do eixo pelo encoder e formata a excitação do motor para obter o máximo torque, sem perder o sincronismo. Se você exceder a frequência máxima de um motor de passo com um drive convencional, sem realimentação de posição, ele perderá o sincronismo e ficará apenas "vibrando".

   Além disso, a forma de onda com que o EasyServo excita o Stepper não é retangular, mas uma composição de um seno com a sua 3ª harmônica. Isto é até bem parecido com o que os drives convencionais fazem quando se utiliza micropasso, mas eles não tem a realimentação de posição.

   Em suma, se quiser alta dinâmica ( alta diferença entre velocidade máxima e mínima com suficiente torque ), use um EasyServo ou um Servo AC, cada um com seus respectivos drives.

   E, claro, use o ESP32 para gerar os pulsos de comando, conforme o RV falou.

D. T. Ribeiro.

Então sem change de conseguir essa façanha com motor de passo comum. Ok entendi sua explicação obrigado pela ajuda. O meu problema que eu tive que colocar um redutor de 60x1 em um projeto, e ai já sabe né kkkkk chega em um ponto que a frequencia de corte ocorre, e não consigo colocar o motor em rotação maior.  so conhecimento agradecendo a sua ajuda. Esse projeto mesa de corte de espuma com deslocamento em mm.

RSS

© 2024   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço