Olá pessoal.

Atualmente, na minha cidade, estamos sem carregador para a bateria 18650 (litio). Numa pesquisa rápida, vi que o carregamento é com 5v, facilmente encontrado nos carregadores de celular.

Sabendo que a carga total é identificada ao atingir aproximadamente 4,2v, monitorei com um voltímetro e obtive sucesso. Entretanto, este método (que é grosseiro) tem suas inconveniências.

Pensamento inicial: Utilizar analog_IN do arduino para monitorar a volt e, ao atingir o valor  max, soar um alarme. Mas a ideia do alarme foi fraca. Então, utilizar uma chave (como um bc337) para, ao atingir o valor max, ele desarmar (isso viabiliza minha saída da residência, considerando que a bateria não vá esquentar).

O problema, é que agora preciso de uma fonte de 9v para alimentar o arduino, e depois converter para 5v (7805 + dissipador) para carregar a bateria.

Honestamente? Estou achando isso uma gambiarra muito feia.

Alguém conheceria uma forma menos feia, prática e mais efetiva para realizar a recarga sem um carregador já fabricado?

Exibições: 677

Responder esta

Respostas a este tópico

Boa noite Sr. TM.

recomendo não "brincar" com carga de baterias de LI-ION.

Aqui no LdG tem um tópico muito bom e completo do nosso amigo José Gustavo Abreu Murta, muito completo

e muito instrutivo,

Estas baterias são explosivas e potencialmente perigosas.

RV

Boa noite Tiago, 

Se pretende fazer um carregador de Bateria de Li Ion, alguns cuidados são importantes. 

Se esses cuidados não forem observados, provavelmente danificará a sua bateria e talvez provocar um grave acidente. 

É necessário não somente controlar a tensão, como a corrente de carga também! 

Existem vários chips dedicados para isso. 

Sugestão para estudo:

https://jgamblog.wordpress.com/2017/01/05/projeto-carregador-de-bat...

Informe a configuração da sua bateria(células, capacidade,etc). 

Se eu entendi direito:

a) Alimentação: 5v e +-500mah por bateria (amp obtida por videos aleatórios).

b) Carga Max: ao atingir 4,2V

c) Se levar muito tempo, após os 4,2v, ou perde a bateria (pela proteção), ou explode.

d) se a bateria esquentar = lixo ou explosão

e) se ficar muito fria = lixo ou explosão

f) se a bateria descarregar além do valor mínimo = lixo

Logo... Precisa monitorar a carga, descarga e temperatura.

observações:

   - o HX-3S-01 monitora a carga/descarga e desativa, caso atinja os limites.

   - o TP4056 ativa/desativa a carga.

   - a temp. fica deficiente

Soluções:

   g) Utilizar um case para baterias, já ligadas num HX-3S-01, e usar as celulas a partir desta

   h) para carregar, compra um carregador ou usa o circuito com o TP4056.

   i) para a temperatura, mete o dedo e verifica.

   j) comprar um carregador e associar com o item "G".

Se eu entendi direito, acho que o trem é meio complicado. Talvez um carregador fosse uma boa alternativa, e ainda assim, utilizar o "G" para as aplicações.

Confere?

Informe a configuração da sua bateria(células, capacidade,etc). 

honestamente? Não tenho muita informação.

Todas (umas 46 células) são 18650, que consegui de baterias de notebook. Umas informam que são de 2200mah. outras não informam absolutamente nada.

Todas tiveram um registro (voltimetro) de 2,5~2,8v.

Sei que umas irão para o lixo (2 já foram), mas nem todas irão (1 já carreguei - com o método citado - e está boa).

É o que tenho de informação.

Bom dia, 

Baterias de Litio IOn de laptops antigos contém células do tipo 18650 e a maioria tem capacidade de 2200 mAh. 

O que eu queria saber é se vai carregar uma célula de cada vez.

Se for carregar uma de cada vez use o módulo TP4056 com DW01 e 8205. 

Inicialmente, se eu carregar 1 por vez, já ajuda. Mas a ideia, era carregar 2~4 por vez.

Olá José Gustavo Abreu Murta 

Fiz a compra do módulo que você publicou no blog, para o carregamento de 1 bateria (TP4056 com DW01 e 8205), entretanto, depois de comprar, vi que também é necessário monitorar a tensão de descarga desta bateria. Correto?

- O que pode acontecer se fizer o uso da bateria sem o controle de descarga?

- Seria necessário outro módulo ou o citado já resolveria?

- Caso este módulo já resolva, e ele trabalha com micro usb, mas eu deseje ter tensões próximas a 10v, então eu teria que sair ligando as pontas da usb em série? ou como seria o processo?

Li tanta coisa ruim sobre essas baterias, que acho melhor eu perguntar do que ter uma surpresa.

Amigo, Boa noite, já pensou em adquirir uma placa BMS?

Nela tem todo o circuito que precisa em um tamanho bem reduzido, se não puder encontrar, pegue uma de celular antiga e remova aquele circuito que vem na bateria, que tambem é uma placa bms bem reduzida. para carregar use um carregador de celular, quando a carga chegar em cerca de 4,2 a placa irá desacoplar e não haverá mais tensão chegando a bateria.

Bom dia Tiago, 

Você primeiro deve informar qual o seu real objetivo. 

Eu entendi inicialmente que queria carregar uma bateria com uma célula somente.

Afinal, quantas células tem a sua bateria? Se for usar uma bateria com mais células deverá usar um módulo BMS, como citei no tutorial. 

Carregador de Bateria Li-Ion  (mais de uma célula) 

Sobre o Carregador TP4056, Recomendo que leia com atenção o meu tutorial:

Esse carregador serve para bateria Li-Ion  com somente uma célula também ( isto é, 3,7V. Ele possui um chip adicional de proteção de carga e descarga (DW01), além do TP4056. Dessa forma, esse módulo tem mais segurança.

O circuito DW01 é um circuito de proteção para o módulo de carga da bateria. Ele tem dois pinos de controle (OC e OD) que ativam ou desativam os dois MosFETs (8205), através de circuitos internos de comparação de tensão.

O pino OC (over charge) de sobre carga é usado para desligar o MosFET Q2, se a tensão na bateria chegar nos 4,3V (situação anormal) . E o pino OD (over discharge) sobre descarga é usado para desligar o MosFET Q1 , se a tensão na bateria cair para menos de 2,4V. Como os dois MosFETs estão em série com a bateria, se alguns dos dois forem desligados, não haverá corrente passando. Portanto, quando a bateria esta sendo carregada, os dois MosFETs deverão estar ligados.

Além dessas proteções do monitoramento das Tensões, no DW01 existem mais circuitos comparadores internos que protegem a bateria contra curto-circuito e contra excesso de corrente.

Olá José.

Por ter disponível um bom número (para um amador) dessas baterias (80+, com disponibilidade de dobrar), ainda para verificar a saúde, pensei, inicialmente, em adquirir o módulo para 1 célula. Assim iria testando de 1 em 1, sem problema nenhum. Achei até uma promoção legal de 5 unidades.

Minha ideia é desenvolver um carrinho com controle remoto, com o alguns recursos (4x4, salto em "X" ângulos, farol retrátil, buzina, câmera, suportar "Y" peso, deslocar o CG, paraquedas, etc..).

Por conta desses recursos, e tendo em vista que deverei utilizar motores de gravador de dvd (4~20) e talvez impressora (1~4), mas sem quantidade definida, não fui capaz de chegar AINDA a um veredito quanto ao número de células a ser utilizado

obs- o uso desses motores é intencional, pois são motores de fácil acesso devido ao grande número de descarte.

De qualquer forma, CHUTO que, que sejam 3 ou 4 em série, podendo aumentar o número para adicionais em paralelo, para aumentar a duração da carga.

No primeiro momento, eficiência energética não é o foco, mas sim colocar para funcionar.

Boa noite,

Defina a quantidade exata de células e depois nos avise. 

De qualquer forma, já pode ir estudando esse tópico do meu tutorial:

Carregador de Bateria Li-Ion  (mais de uma célula) 

RSS

© 2021   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço