Arduino controlando sistemas de uma câmara climática - Ajuda

Olá garagistas, bom dia, boa tarde e boa noite.
Conforme viram no título do tópico, estou a montar uma câmara climática para utilizá-la no Laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento Farmacêutico da Universidade Federal de São João del - Rei.

Nada mais é do que uma estufa passível de controles da umidade relativa e temperatura.

Estou projetando este equipamento pois infelizmente não temos verba para adquirir uma profissional, que sairia pela bagatela de aprox. R$10,000.

A câmara contará com uma estrutura reforçada de MDF de A100xL70xP50cm (vide modelo 3d)

Em seu interior teremos uma resistência a seco de potência ainda não definida e um sistema de desumidificação que será montado a partir de uma pastilha termoelétrica(Peltier 12715).

Eu nunca trabalhei na prática com Arduino mas já tenho uma boa familiaridade com sistemas elétricos e gostaria de aprender Arduino durante o desenvolvimento desse projeto, sendo que pretendo utilizá-lo para controlar e integrar os sistemas de aquecimento e desumidificação.

Gostaria de contar com a ajuda dos mais experientes aqui do fórum ao me nortearem e orientarem-me no desenvolvimento da montagem e programação do Arduino ao efetuar o controle dos sistemas.

Pretendo utilizar este esquema para o desumidificador

Já comprei e estou aguardando chegar:

Peltier 12715  aprox.130w

Arduino Uno R3 Atmega328p + Atmega16U2

Ventoinha 4000RPM c/ rolamento 

Abaixo deixo um esboço da câmara com suas medidas e alguns detalhes do interior

Exibições: 742

Responder esta

Respostas a este tópico

Os filmes poliméricos nada mais são do que membranas muito finas fabricadas a partir de algum polímero não tóxico e solúvel(natural ou não). 

Nestas membranas estão incorporados um ou mais fármacos que serão administrados topicamente(na pele) ao paciente. A partir daí desempenham seu papel no corpo, seja apenas no local onde "colocamos" a membrana ou sistemicamente(para o corpo todo).

Embora tenham-se pesquisado seu uso em diversas áreas da medicina, minha pesquisa consiste em usar essa membrana para incorporar anestésicos odontológicos e utilizar de modo a dispensar a anestesia injetável, ou ao menos suprimir o desconforto que a punção da agulha causa ao paciente(Segundo pesquisas, o medo de agulha é um dos fatores que mais "espanta" as pessoas dos consultórios odontológicos, causando-lhes danos a saúde bucal e qualidade de vida)

Com o advento dessa anestesia tópica, pode-se realizar até procedimentos moderadamente invasivos de modo que o efeito anestésico perdure por até 50minutos. Ou, se ainda for necessário o uso de anestésicos injetáveis o paciente praticamente não sentirá a punção da agulha.

No meu caso, os filmes são produzidos a partir de um polímero natural derivado da celulose, A Hidroxipropilmetilcelulose, ou HPMC.

Também deixo um link para areportagem realizada na USP, onde meu orientador inciou os trabalhos de pesquisa.

Algumas fotos: 

Não quis detalhar muito sobre o processo de preparo pra não estender demais mas faz parte da sua pergunta, José.

Antes dos filmes estarem prontos e com essa carinha de membrana nós o preparamos a partir de um gel parecido com mel, porém menos viscoso. E nesse gel que nós realizamos a incorporação dos fármacos e outros componentes da fórmula.

O gel disperso numa forma e então colocado na câmara climatica para secagem e formação da membrana que você viu nas fotos.

A secagem depende totalmente da condição atmosférica de umidade e temperatura

https://youtu.be/BOI1GP_0F_s

Olá Marcus, 
Se precisar de uma interface gráfica touch para monitorar e controlar, posso ajudar.

Boa sorte com o projeto!

Márcio, muito legal essa interface Touch.

Poderia nos informar o link com as especificações dessa tela? Quanto custa?

Sugestão: insira botões + e - na tela. 

Obrigado. 

Este que mostrei é de 2,8", vem no kit inicial: https://victorvision.com.br/pbox/

No site principal, dá pra encontrar outros modelos, de 3,5" até 15". Como o dólar influencia muito o preço de cada importação, a cotação destes é feita por email.

Muito bom! 

Vi que todos os produtos são da Proculus. 

Essa empresa VictorVision é a representante da Proculus no Brasil?

http://www.proculustech.com/

https://www.youtube.com/user/victorvisionbr/videos

Obrigado. 

É isso mesmo José, a Victor Vision tem uma parceria com a Proculus: a Victor Vision fez o software de programação dos displays, e a Proculus produz o hardware. 

Ok, obrigado.

Muito legal, Marcio!

Vou dar uma olhada nisso com certeza.

Vou avaliar a possibilidade de compra de um display para essa finalidade, até já havia pensado em fazer algo parecido com isso, ficaria show de bola mesmo. Mas preciso avaliar o impacto de custo desse display para o projeto. Afinal, embora fique muito bom não seria algo imprescindível para o funcionamento da máquina.

Agradeço desde já a disponibilidade. 

Na verdade mesmo, gostaria de usar um display pra ao menos mostrar o status de funcionamento dos dispositivos da câmara. 

Pretendo controlar independentemente a ventilação, temperatura, desumidificação e etc. Para tal já pretendia comprar um display desses comuns apenas para exibir o status de cada "serviço".

Ainda não sei exatamente o custo para implantação deste comum, nem do touch. mas seria muito interessante.

Só pra ter a noção do preço, o kit básico de desenvolvimento com esse display de 2,8" é R$ 199,00, https://victorvision.com.br/pbox/

Com certeza é um valor um pouco "fora da curva" para o projeto. 

Estou comprando tudo de sites como Aliexpress e Ebay. Talvez eu encontre algo mais em conta por lá.

Qual a especificação destes displays? Penso em usar algum maior que os 2.8 para acomodar melhor as informações bem como os botões de controle. 

RSS

© 2021   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço