A HP está se preparando para a Internet das Coisas

  Deixe-me apresentar mais recente invenção é a máquina da HP que pode revolucionar o mundo da computação. De acordo com a HP, a máquina não é um servidor, estação de trabalho, PC, dispositivo ou telefone, mas uma amálgama de todas essas coisas. Ele foi projetado para ser capaz de lidar com as massas de dados produzidos a partir da Internet das Coisas, que é o conceito de uma rede de futuro projetado para conectar uma variedade de objetos e gadgets.

  A fim de lidar com essa enxurrada de informações que usa clusters de núcleos especializados em oposição a um pequeno número de núcleos generalizadas. A coisa toda está ligado em conjunto, utilizando fotônicos de silício, em vez de fios de cobre tradicionais, aumentando a velocidade do sistema ao mesmo tempo reduzir o consumo energético. Além disso, a tecnologia apresenta memristors que são resistências que são capazes de armazenar informação, mesmo após a perda de potência.
  O resultado é um sistema de seis vezes mais poderoso do que os servidores existentes que requer oitenta vezes menos energia. De acordo com a HP, a máquina pode gerenciar 160 petabytes de dados em apenas 250 nanossegundos. E, além do mais, isso não é apenas para grandes supercomputadores que poderia ser usado em dispositivos menores, como smartphones e laptops. Durante uma palestra dada em Discover, diretor de tecnologia Martin Fink explicou que, se a tecnologia foi reduzida, smartphones poderia ser fabricado com 100 terabytes de memória.

usei o google translate.

fonte: http://www.iflscience.com/technology/new-type-computer-capable-calc...

Exibições: 275

Comentar

Você precisa ser um membro de Laboratorio de Garagem (arduino, eletrônica, robotica, hacking) para adicionar comentários!

Entrar em Laboratorio de Garagem (arduino, eletrônica, robotica, hacking)

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2017   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço