Crédito da imagem: http://opticsgamer.com/vr-news-virtual-reality-sharapova-apollo-11-...

Sim, pode ser que a tecnologia de realidade virtual não pegue (de novo) e acabe tendo o mesmo destino da sua primeira aparição nos anos 90, ou das recém falecidas televisões 3D. Mas fato é que grandes players como Google, Facebook, Samsung, HTC, Sony, entre outras, estão apostando pesado com lançamentos feitos em 2015 e grandes novidades para 2016.

Um forte impulsionador foi o lançamento do Oculus Rift no Kickstarter, depois sua compra pela Facebook. Neste ano que passou, pudemos ver o lançamento do Cardboard da Google, que pode ser feito em casa, e do Gear VR, que usa os celulares Note 5, Galaxy S6 e Edge para gerar as imagens que são assistidas pelo usuário através de um óculos de cerca de US$99 no mercado americano.

O Lab de Garagem já teve a oportunidade de testar o Rift e o Gear VR e podemos testemunhar que ambos geram uma sensação de completa imersão. Até mesmo o Gear VR, limitado pelas capacidades do smartphone (em termos), gera uma genuína experiência de "estar lá".

Além disso, fizemos alguns testes gerando nosso próprio conteúdo para a plataforma Android+Gear VR, como jogos simples e ambientes 3D e pudemos conferir o potencial da tecnologia e facilidade de desenvolvimento com diversas ferramentas desenvolvidas pela Oculus.

Se vai pegar mesmo, ainda não sabemos, mas serão vários lançamentos, como a versão consumer do Oculus Rift, planejada para abril, e a versão da Sony para PlayStation.

Para aqueles que lamentaram não poder aproveitar essa tecnologia há décadas atrás, agora é uma nova oportunidade, já que a sincronização do movimento da cabeça e a geração das imagens está boa o suficiente para não gerar os enjôos que muitos sentiram nas gerações anteriores dessa tecnologia. Embora esse sintoma ainda possa afetar algumas pessoas hoje, os efeitos são mínimos, nada que possa condenar o uso.

Acompanhe os lançamentos, será um ano de grandes novidades.

Exibições: 360

Comentar

Você precisa ser um membro de Laboratorio de Garagem (arduino, eletrônica, robotica, hacking) para adicionar comentários!

Entrar em Laboratorio de Garagem (arduino, eletrônica, robotica, hacking)

Comentário de Vagner P. Viviano em 21 janeiro 2016 às 2:26

É difícil prever qual tecnologia tem o potencial de se tornar parte integral  da vida cotidiana das pessoas . Afinal são vários os fatores que contribuem para tal . Mas  acredito que a Realidade Virtual e a Realidade Aumentada tenha tenha esse potencial , pois elas encontraram sua época . Digo isso baseado na tecnologia que possuímos atualmente , com o poder cada vez maior de processamento dos computadores e a miniaturização absurdamente crescente dos componentes eletrônicos , que caminha já para o  nível nanômico .  Sempre  que se inventa algo novo ,  seu conceito já permeia a  imaginação do  indivíduo . Porém , nem sempre os recursos necessários à implementação da ideia estão disponíveis , devido ao limite tecnológico da época em questão

Fazendo uma analogia com a Televisão , acho que o sucesso da Realidade Virtual e da Realidade Aumentada depende fortemente dos desenvolvedores de conteúdo , assim como a TV depende de programação boa .

 

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2019   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço