Afinal , qual o melhor metodo para se dimensionar as helices destes bichinhos ?

Exibições: 6692

Respostas a este tópico

Para os interessados no assunto, caso não conheçam, anexo o link para uma página interessante que trata o assunto muito bem.

http://www.mh-aerotools.de/airfoils/index.htm

 

Para cálculo de hélices:

http://www.mh-aerotools.de/airfoils/propuls1.htm

 

Fabio Gilii

Fabio,

gostei muito , muito bons os links , parabéns pelo achado !

Abração.

Enio.

Boa Pergunta. hum hélice de aeronave convencional (real), tem varis ângulos de ataque para tarefas distintas porem, o dimensionamento da hélice, pelo menos em monomotores pequenos e quase a mesma. Eu acredito que um dimensionamento  sementante a este tipo de hélice seira o "Ideal". Também sei que a área de cada pá tem um limite de tamanho que como sua variação fica no limite de sustentar e impedir o voo. Sendo assim pode se afirma que deva ser cada hélice ajustada para cada projeto. Prova disso esta no comentário do amigo Fabio Gilii onde ele apresenta o cálculo pra hélices.

 

Exatamente ,

a helice deve ser dimensionada e ajustada não só para cada projeto , mas como vc mesmo disse , varios angulos, (ou passo na linhuaguem dos aviadores) , dependendo da situação.

 

Numa aeronave real , na decolagem a helice tem um passo pequeno , gerando alto empuxo , em baixa velocidade.

depois da subida e estabilização , o passo é aumentado , para se obter empuxo em altas velocidades.

Existe um tipo de helice que é chamada de RPM constante , e tem um mecanismo do seu cubo chamado de governador de Helice , que ajusta o seu passo automaticamente , conforme a necessidade , para se obter o maximo desempenho. Obviamente é um mecanismo mecanico sofisticado e caro , só usado em motores maiores.

Uma coisa importante de se entender é a relação entre diametro da helice e velocidade.

O exemplo mais gritante é o Helicoptero , pois tem uma helice enorme , e sua velocidade vertical é bem pequena, contra os aviões velozes , com hélices minusculas e trabalham em altas RPM .

O motivo é bem simples , o empuxo gerado pela helice é proporcional a quantidade de ar empurrado [kg/s] vezes sua velocidade [m/s]

Lei de Newton  f = m * a  F=kg / s * m / s = kg * m/s2 , bateram as unidades 

Já a potencia é proporcional a força * velocidade  P = f * v , portanto quanto maior a velocidade do ar maior a potencia necessaria para obter a mesma força !

Em resumo se eu aumentar o diametro da helice, e diminuir o passo , aumento a quantidade de ar empurrada para baixo , com menor velocidade , obtendo a mesma força com menos potencia.

Isso também é valido para as asas dos avioes , o que explica porque os planadores tem asas longas , pois empurram uma grande quantidade de ar para baixo , a uma velocidade bem pequena , gastando um minimo de potencia.

 

Boa

 

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2017   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço