Comparação do consumo do carro com GNV ou gasolina

Meu carro faz 7km/l na gasolina a R$2,79 / 7 = R$0,398 / km .

O mesmo carro com GNV faz 14km/m3 a 1,30 / 14 = R$0,0928 / km

ou seja , 0,38 / 0,0928 = 4,1 vezes 

Ou seja . cada R$ 4,1 gastos com gasolina , gastaria apenas 1 real se estivesse rodando GNV  

         uma economia de meros 75%. 

Gostaria de entender porque no Brasil a frota de veiculos GNV é cinco vezes menor do a frota Argentina , mantendo as proporções devidas, e o numero de conversões vem caindo !

Alguém tem alguma sujestão ?

Será que os Argentinos sabem fazer conta ?

E os Brasileiros ? comparam litro com m3 e não sabem a diferença ?

 

Os dados para quem se interessar etão aqui : http://www.gasnet.com.br/novo_gnv.asp

 

Abração

Exibições: 8271

Respostas a este tópico

GNV NÃO arrebenta com o motor do carro , tenho GNV instalado no meu Omega 2.2 há mais de 5 anos , e o motor está uma jóia , fazendo 14/15 km/m3 nunca deu manutenção , pois foi muuuuito bem instalado.
Normalmente quem detona o motor do carro é o instalador porcalhão , que faz a instalação cheia de gambiarras , não usa gerenciador com sonda lamba , nem variador de avanço , e muitas vezes se gaba de fazer a "instalação compreta" em duas horas , cobra baratinho e fica um lixo ! Aí não há motor que agüente.

Nos bons controladores de GNV , a partida do carro é na gasolina , e depois que pegou , então ele passa para o GNV , isso garante que em toda partida , um pouquino de gasolina circule pelo sistema , limpando os bicos injetores , e a tubulação. Se vc não instalar um controlador , mas uma simples chavinha , e ficar usando só GNV por ANOS , a gasolina vai secar nos bicos injetores e na tubulação , e a borra que fica vai colar tudo. De novo , o erro é do instalador e não do GNV !

   Na minha instalação ,eu mesmo fiz o controlador , com simulação de sonda lambda inteligente e o variador de avanço , fiz com interface serial para PC , assim eu posso andar com o carro com meu laptop no banco do passageiro , conectado ao sistema , e observar e até alterar parâmetros com o carro andando , é show. Tentei vender para alguns mecânicos (com preço igual aos controladores convencionais ) e a maioria dos instaladores fez cara feia , pois teriam que ter um laptop , e  não queriam ter que desembolsar esta "fortuna".

Dependendo do veiculo , é importante ter um simulador de sonda lambda inteligente , que simule com exatidão o comportamento da sonda lambda para a Centralina original do carro , senão o carro aprende errado o comportamento do motor e bagunça os dados de operação na gasolina.

Quando vc for passar para a gasolina , como os dados na centralina estão malucos , o carro vai usar estes dados para operar em gasolina , e aí o carro fica uma zona , rateia , as vezes nem pega ! De novo a culpa é do instalador e não do GNV ! 

Eu desenvolvi tudo , 

O hardware dos controladores , usando um PIC16 , o firmware , e o software no PC , além 

da interface entre o PC e os modulos.

Vc podia comprar o Kit Completo , ou os modulos separadamente.

O software era de graça , era só baixar na Internet no nosso site.

Mas o problema é que todo mundo só quer moleza , se baixar o custo da instalação em 1 real , eles optam pela gambiarra !

Pra que fazer direito se o consumidor é estúpido , não entende de nada , e paga do mesmo jeito , os otários que se danem ! É assim que funciona , por mais revoltante que seja.

Tem outra coisa importante sobre o GNV , ele polui muuuito menos , não uma pequena porcentagem mais varias vezes menos. Meu Omega na gasolina a 2500RPM , libera 0,6% em volume de CO , mas no GNV libera só 0,08% ou seja 7 vezes menos. Preciso então de 7 carros no GNV para gerar a mesma quantidade de CO de 1 carro na gasolina.

Mas ninguém está preocupado com isso , não é mesmo ? 

E não sou eu que estou dizendo é o equipamento  da Controlar que admininstra a inspeção veicular aqui em São Paulo. (segue anexo o comprovante de inspeção)

Anexos

A Ideia era começar por aqui , pois bancar uma operação em outro pais é muito mais caro do que começar aqui em casa .

Uma boa opção seria a Argentina.

Proporcionalmente ao tamanho da frota , eles já utilizam 5 vezes mais veiculos a GNV que no Brasil. ( será que é porque o nível cultural deles é maior ? ).

Aqui no Brasil , apesar das autoridades exigirem um engenheiro responsável pela oficina , homologações em empresas autorizadas , etc , o espirito de corrupção impera.

O engenheiro cobra um valor mensal para assinar a papelada , nem aparece na oficina , se a empresa homologadora começa a não deixar passar gambiarras , aparece outra que deixa , e todo mundo vai pra lá , a empresa séria quebra , e os picaretas prosperam , as próprias oficinas recomendam as homologações nestas empresas e o pior é que os proprietários dos veículos veem a fiscalização mais frouxa como vantagem , é inacreditavel !

Eu mesmo , tive que instalar meu kit numa oficina homologada , para depois desmontar tudo e fazer direito . só aí ficou bom.

Vou fazer o GNV proporcional , primeiro para meu uso , mas como o investimento vai sair do meu bolso , vou faze-lo em doses homeopáticas de modo a não impactar o meu dia a dia. Se tiver alguém interessado em coloca-lo , sem problemas podemos instalar , mas sem investidor ou "anjo" não dá para pensar em escala comercial , pelo menos por enquanto.

O governo parece que não tem mais interesse em incentivar o uso do GNV , pois pelo que me consta está sobrando gasolina , e como a gasolina vendida aqui é a mais cara do mundo , não é negocio exportar a gasolina que sobra.

O GNV é basicamente uma mistura de metano e hidrogênio e devido às suas características fisicas , não pode ser liquefeito , pelo menos a pressões razoáveis , como no GLP , que se liquefaz a 140psi a temperatura ambiente.

Com isso ele ocupa um volume muito grande a baixas pressões e não é econômico armazena-lo em grandes quantidades . O GNV deve ser usado assim que ele é produzido , ou então deve ser jogado fora (queimado) .Não há como estoca-lo ou transporta-lo de maneira econômica , a não ser com gaseodutos.

Não bastasse isso , ele é subproduto do petróleo , ou seja , se vc refinar o petróleo , vai obrigatoriamente produzir o gás natural , quer queira quer não.

Antigamente , as refinarias queimavam este gás , que era considerado lixo , devido ao seu grande volume e baixo poder calorifico.

Para a nossa estatal do petróleo , vender o lixo (GNV) baratinho e deixar de vender a gasolina bem cara , é um mau negócio , portanto , enquanto nossos amigos do partido estiverem no poder , não vejo incentivos futuros para o GNV. 

Quando o pre-sal começar a produzir petróleo , então , vai ter GNV sobrando de montão , a solução vai ser queima-lo , pois não pode ser jogado in natura na atmosfera (ele é 20 vezes mais poluente que o CO2).

É este o país que construímos ! , fazer o que ?

Também tenho o kit. Faz 2 anos.

E comigo também nunca houve problema nenhum.

Sigo umas regrinhas para não dar xabu no uso do gnv, como andar o final do percurso, uns 500m, com a gasolina.

Já tive amigos que precisaram trocar mangueiras e bicos algumas vezes por não seguir este roteiro.

Uns até desistiram por que disseram que era uma droga e coisa e tal...

Os testes na controlar aqui foram de 0.14 no gas, e 0.02 no gnv.

Uma pena, como já foi dito, é a falta de apoio.

Abraços

Bateu com o meu , GNV emite 7 vezes menos CO !

A redução da potencia do motor durante o uso do GNV é um fato comprovado.
O motivo é até bem simples , o GNV ocupa um volume muito grande , comparado à gasolina.
Lembra da formulinha da lei dos gases ideais do vestibular PV=nrT.
P=pressão , V= volume n=numero de moles de gas ( numero de moleculas ) , r=constante e T=temperatura em Kelvin.
A molecula de GNV (metano) é CH3 e a gasolina (octana) é C8H18 .
pela formula dos gases , o volume ocupado por um gás depende só do numero de moléculas e não de sua composição química.
Portanto a gasolina tem em torno de 8 vezes mais carboidratos que o GNV , para um dado volume (cilindrada do carro).
O GNV então ocupa 8 vezes mais espaço dentro do cilindro do que a gasolina gaseificada. Este espaço seria ocupado pelo ar , que agora não pode entrar no cilindro , porque está cheio de GNV.
O efeito pratico disso é a redução da cilindrada efetiva , e consequentemente a redução de potencia no GNV.
Os leigos por aí espalharam que o GNV estraga o motor e por isso reduz a potencia , é uma imbecilidade , pois quando vc voltar para a gasolina o motor volta ao normal.
A redução da potencia , na verdade protege o motor , pois o torque máximo fica reduzido , protegendo as bronzinas , que se desgastam mais quando o virabrequim é solicitado no seu torque máximo.

Outro fator que reduz a potencia é que o GNV queima mais lento que a gasolina , portanto o ponto de ignição do motor muda , devendo ser avançado de 5 a 15 graus , dependendo da curva de operação. Por isso deve-se usar o variador de avanço inteligente , que acende a vela um pouco antes para dar tempo do GNV queimar completamente , recuperando parte da potencia perdida e economizando GNV. 

Obviamente , não é obrigatória a instalação do variador de avanço , e para baratear a instalação , muita gente não o instala ( custa R$150,00 instalado ) e aí o carro fica molengão e gastão ( de quem é a culpa ? )

Abração

Enio

Exatamente !

por que vc acha que estou desenvolvendo o GNV proporcional ?

Com ele , vc elimina os problemas todos , fica com um carro econômico , não dá problema , mantém combustível fluindo pelas linhas e bicos , e se vc enfiar o pé , tem a potencia original do carro !

Eu já fiz umas experiencias , fiz um hardware com um pic16 que controla os bicos injetores normalmente na gasolina (repete a Centralina) e abre só um pouquinho no GNV de 1.1 a 1,5 ms , vc nota a resposta da sonda Lambda (a mistura fica rica) e o motor continua funcionando normalmente , portanto aparentemente não há problema pratico em misturar os combustíveis ( teoricamente também não há problema ).

O meu medo , é que o GNV acabe antes disso e aí não vai servir para nada.

Já ví muitos postos que tinham GNV desativarem as bombas de GNV. Os proprios frentistas não gostam de abastecer o GNV. Num carro a gasolina , um tanque cheio pode chegar a R$150,00 , e no GNV não passa de R$20,00.

O frentista torce o nariz !

RSS

Publicidade

Convide um amigo para o Lab!

 Loja Lab de Garagem

curso gratis de arduino

Printrbot
Impressora 3D

Por: R$ 3499,00

Ou em até 18x de R$ 233,19

Android 4.2 Mini PC

Por: R$ 345,00

Ou em até 18x de R$ 22,99

Acelerômetro de três eixos
ADXL335 - 5V

Por: 86,00

Ou em até 18x de R$ 5,73

Kit Robô
seguidor de linha

Por: R$ 360,00

Ou em até 18x de R$ 23,99

© 2014   Criado por Marcelo Rodrigues.

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço