Informação

Ferromodelismo

Amantes do ferromodelismo maquetes e afins

Local: São Paulo
Membros: 20
Última atividade: 21 Jun, 2016

Um Arduino pode ser uma solução sofisticada e barata para controlar uma maquete

uma solução simples , um múltiplex com shift registers pode ser útil para monitorar centenas de pontos na maquete.Vc usa três pinos do Arduino para controlar os shift registers (s.r.) Batizaremos de Data in , clock out , strobe.coloque quantos shift registers quiser (podem ser milhares) em serie , de maneira que a saída de um entre no próximo , e o ultimo vai para o Arduino .Ligue todos os clocks dos shift registers na sua saída clock out do Arduino , ligue todos os strobe dos sr a saída strobe do Arduino..Agora temos que ligar em cada bit de cada sr uma das informações que vc deseja passar para o Arduino.Qdo vc cícla a linha strobe , todos os sr lêem seus respectivos dados que ficam em cada bit dos sr.O ultimo sr informa seu bit diretamente na entrada data in do Arduino . Ao ciclar a linha clock , os dados rodam pelos shift registers em serie bit a bit e agora o penúltimo dado esta na entrada data in do Arduino.cada vez que vc ciclar o clock out ,outro bit e apresentado ao Arduino , e assim sucessivamente vc vai lendo bit a bit todos os dados.Quando acabar , ciclo de novo o strobe e comece tudo de novo.Parece complicado , mas a implementação do hardware e super simples e barata e vc pode expandir colocando mais s.r.Enio

Fórum de discussão

booster

Iniciado por Antonio Carlos Jimenez Mostério. Última resposta de Gilson Rocha da Silva 17 Jun, 2016. 1 Resposta

eu tenho uma maquete de ferromodelismo com controle DCC Bachmann, e gostaria de montar um booster de 8A, pois a compra está se tornando inviávelContinuar

Alguem consegue circuito eletronico de desse DCC.

Iniciado por Sergio da Camara Costa. Última resposta de Gilson Rocha da Silva 17 Jun, 2016. 6 Respostas

Boa Tarde, então estou a tempos procurando pelo menos o circuito eletronico de um DCC, para as locomotivas de ferreomodelismo , ou algo parecido para ter uma ideia para montar algo parecido, unica…Continuar

Tags: eletronicos, circuitos, DCC

Como funciona o DCC para ferromodelismo

Iniciado por Enio Benatti 2 Maio, 2012. 0 Respostas

http://www.nmra.org/standards/DCC/standards_rps/S-91-2004-07.pdfTa tudo aí , assim que tiver um tempinho vou fazer um…Continuar

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Ferromodelismo para adicionar comentários!

Comentário de Gilson Rocha da Silva em 21 junho 2016 às 2:30

Claro é necessario ter em cada loco um DECODER que sera personalizado (programado, pic ou arduino) que receberá o codigo e se for endereçado a ele comandará as saídas presentes no hardware.

Comentário de Gilson Rocha da Silva em 21 junho 2016 às 2:27

O sinal DCC Gerado no arduino (no papel de Central) = é conectado aos trilhos, em forma de sinal digital (protocolo Dcc ) que carrega varias informaçoes (loco, luzes, som,etc) possibilitando controlar varias loco no mesmo trilho, em velocidades diferentes e sentidos diversos.

Comentário de Enio Benatti em 2 maio 2012 às 7:36
Helio , Sérgio , não tem portadora nem modulação nenhuma no trilho !
A alimentação muda alternadamente de +12V para -12V em alta frequencia , dentro da locomotiva é retificada em onda completa e vira fonte para a eletrônica e motor da loco.
As inversões da alimentação são o sinal digital , que deve ser decodificao sob a forma de comandos endereçados a cada locomotiva.
Para jogar este sinal no trilho vc precisa de uma fonte de 12V e uma ponte com 4 FETs que invertem a polaridade dos trilhos conforme o protocolo de comunicação , que é gerado por um microcontrolador (Arduino)
Comentário de Enio Benatti em 2 maio 2012 às 1:23
Comentário de Enio Benatti em 2 maio 2012 às 1:20
Permalink Responder até Enio Benatti 52 minutos atrás
Excluir
Este cara postou algumas idéias de como implementar um DCC Decoder
http://dcctrains.netne.net/Dcc%20Decoder_eng.html
Comentário de Enio Benatti em 2 maio 2012 às 1:19
Aqui tem as normas que definem o funcionamento do DCC é fácil implementar o protocolo com um Arduino .
O hardware também é super simples 1fonte de tensão e 4 FETs em ponte , para gerar o sinal bipolar
http://www.nmra.org/standards/DCC/standards_rps/DCCStds.html
Comentário de Enio Benatti em 30 abril 2012 às 19:40
Helio, o que eu descrevi e uma solução para capturar muitas informações distribuídas pela maquete e traze lãs de modo econômico para o Arduino , para depois ser processada ou passada pela porta serial para um PC.
O circuito inverso pode ser usado para acionar vários bits ao longo da maquete.
Para controlar as locomotivas , o mais legal seria uma solução wireless assim a locomotiva reagiria aos comandos onde quer que estivesse. Outra solução seria uma portadora de RF de baixa freqüência nos trilhos enviando comandos para elas , dentro de cada locomotiva poderia haver um microcontrolador que seria responsável por todo o controle e comunicação .
Comentário de Helio Benatti em 29 abril 2012 às 11:12

Ok , mais como faço para controlar as locomotivas , existe alguma modulação pelos trilhos?

 
 
 

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2018   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço