Informação

Energia Limpa

Entusiastas da utilização de fontes de energia Limpa como Eólica , Solar , Biomassa , Marés , etc . Também vale a redução da emissão de gases de efeito estufa.

Local: São Paulo
Membros: 125
Última atividade: 21 Mar

Fórum de discussão

Motor "perpetuo" mais ou menos!!

Iniciado por Romeu Pfundner. Última resposta de Alexandre 13 Ago, 2015. 8 Respostas

Vamos ver no que da esta discussão!!Se o motor perpetuo com imãs de neodímio não tem capacidade de girar por muito tempo (já testei e a coisa não é fácil de manter rodando), que tal usar ela como…Continuar

Motor Stirling

Iniciado por Joe Nova. Última resposta de Joe Nova 12 Ago, 2015. 10 Respostas

 Depois de muito ter ouvido falar sobre este motor vi um anuncio comercial a respeito de um produto utilizando o princípio…Continuar

Motor Perpétuo (Perepiteia)

Iniciado por Marcelo Pedro Almeida de Andrade. Última resposta de Joe Nova 14 Nov, 2011. 72 Respostas

Seria isso verdade?E outra: um motor magnético 'perpétuo' alimentando um gerador poderia mesmo servir como fonte significativa de energia? ou é mais um caso como aquele em que se usam dezenas de…Continuar

Gasolina Sintética

Iniciado por Guilherme Cruz. Última resposta de Romeu Pfundner 3 Jul, 2011. 1 Resposta

Senhores, encontrei a seguinte notícia que achei interessante, trata-se de uma gasolina sintética, que não emite carbono quando queimada. Vejam:"A empresa inglesa Cella Energia desenvolveu um…Continuar

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Energia Limpa para adicionar comentários!

Comentário de alex ferreira de souza em 19 junho 2014 às 19:11

alguem ai tem algum projeto sobre hidrogenio como combustível para gerador de energia

Comentário de Murilo Luciano Filho em 27 junho 2012 às 17:18

Alberto,

legal! Muito obrigado!

Nao vou dispensar seu oferecimento!

A gente se fala em julho prox.

Abraço!

Murilo

Comentário de Alberto Margarido em 27 junho 2012 às 16:56

Olá Grupo!

 

Recebi a msg abaixo do site registro.br e achei interessante compartilhar com vocês pois acredito que possa interessar a alguém:

 

 

A partir de 05/07/2012 estará disponível um novo DPN (Domínio de
Primeiro Nível), o eco.br, destinado a quem queira utilizar um nome de
domínio na Internet que identifique um foco eco-ambiental. Pessoas e
empresas com iniciativas eco-amigáveis, "verdes" e/ou sustentáveis
poderão, assim, promover e destacar suas iniciativas nessa direção,
utilizando o eco.br.

 

Abs,

Alberto

Comentário de Murilo Luciano Filho em 17 dezembro 2011 às 23:19

Raphael, bem?

Como vc pode ver, a coisa esta' meio parada por aqui.

Vc inventa, ou vc discute ideias, ou busca inspiraçao, ou outra coisa?

Ate'!

Murilo

Comentário de Raphael Posteraro Silva em 17 dezembro 2011 às 20:57

Olá pessoal, sou novo por aqui então poderiam me falar como andam as coisas aqui?

Comentário de Raphael Posteraro Silva em 17 dezembro 2011 às 20:16

Galera sou novo aqui, mas me interesso no assunto, como vocês estão, com projetos?

Comentário de Romeu Pfundner em 4 julho 2011 às 20:40

Esta noticia revoluciona as placas solares!!

Pesquisa viabiliza painéis solares maiores e mais baratos

Cientistas australianos criaram células fotoelétricas tão pequenas que podem ser misturadas em tinta e usadas na construção de painéis solares coloridos a um custo mais acessível e em um tamanho maior que o tradicional, informou nesta quinta-feira (30) a emissora de televisão ABC.

O pesquisador Brandon McDonald, da Universidade de Melbourne, com a ajuda da CSIRO (sigla em inglês de Organização para a Pesquisa Industrial e Científica da Comunidade da Austrália), explicou que a mistura “pode ser aplicada em uma superfície como vidro, plástico e metais” e dessa forma “se integra ao edifício”.

“Agora é possível imaginar janelas solares ou sua integração dentro de materiais do telhado”, apontou o cientista.

Este sistema necessita só de 1% dos materiais que são utilizados normalmente na fabricação dos painéis solares tradicionais.

McDonald indicou que atualmente a energia solar é mais cara que a produzida com combustíveis fósseis, mas que com esta descoberta poderá impulsionar uma tecnologia “mais competitiva no nível de custos”.

O cientista espera que os novos painéis custem um terço a menos que os atuais e que a invenção esteja no mercado nos próximos cinco anos.

 

A descoberta faz parte dos esforços da comunidade científica para reduzir os custos e o tamanho dos painéis solares e para buscar alternativas de produção de energia. (Fonte: Folha.com)

De: Meio Ambiente, mala direta – Brasília, DF, 02 07 2011
Site: www.meioambiente.com.br

Comentário de Romeu Pfundner em 3 julho 2011 às 22:39

Concordo com o Enio de que não se pode criar energia do nada, mas....!!

O planeta gira sem parar, e onde esta a fonte de energia para manter este movimento?

E a gravidade?

Os imãs também funcionam sem nenhuma fonte “visível” ao homem!

O que eu quero dizer é que pode se achar uma maneira de captar e aproveitar estas energias (sem intervenções externas obvias como vendo, água, etc...), independentes ou em conjunto, para assim se montar um gerador de energia ou motor perpetuo!

 

Não concordam??

Comentário de Joe Nova em 14 junho 2011 às 12:00

 

Olá Amigos

 

Murilo, minha vontade não é desanima-lo, muito pelo contrário, vi que vc ja malhou bastante em cima da idéia, e que agora é por a mão na massa. Quando vc estiver montando sua máquina ira deparar com problemas como folgas ,atritos, massa inercial... Tudo isso acabará abrindo outras portas a vc.

O fato de não ser possivel extrair energia de um campo gravitacional, como se faz com um campo eletromagnético, não significa que não podermos utiliza-lo a nosso favor.

Deixando as abstrações um pouco  de lado, não  é Belarmino ??? Veja o monjolo da fazenda da vovó

 

 

Não é uma maneira engenhosa de utilizar o efeito gravitacional.?

Repare que a fonte primaria de energia esta na energia cinética da massa da agua.

 

As naves espaciais Voyager 1 e 2 lançadas em 1977 ja sairam de nosso sistema solar com velocidades superiores a 15000 Km/s, Alcançaram essas distâncias e velocidades graças a engenhosidade no calculo de suas trajetórias, que permitiu que ganhasem velocidade, consequentemente energia cinética, em suas passagens pelos campos gravitacionais dos planetas distantes. O Enio poderia calcular para nós o quanto de energia essas mensageiras dos cosmos ja ganharam... ?

 

Não conheço ainda o motor Wenkel, Belarmino, mas vou dar uma olhada,

Na internet , tem varios binquedos com imãs, todos tem o mesmo problema de onde vem a energia ? quem paga a conta ?

 

Abraços a todos

 

 

Comentário de Murilo Luciano Filho em 13 junho 2011 às 17:18

Belarmino e Joe, tudo bem?

Ha' muita gente boa que ja nao fala mais em moto perpetuo ou moto continuo.

Adotam, como eu: queda persistente, qd se tratar de gravidade...  8)

Meio diferente, pq um dia a coisa para devido ao desgaste!

Quanto ao meu projeto, ele acaba sendo um problema meu, que me pressiona e que ainda nao construi, por mais que tenha certeza!

Sou so' um cara teimoso.

Feliz, ou infelizmente, tenho mais ideias do que posso aplicar!  8(

Se alguem concluir que SO' UM MODELO E' QUE VAI RESOLVER o que foi apresentado, pra mim ja esta' muito bom... provisoriamente bom.

Diversos chegaram a esta conclusao.

Que eu saiba, o motor a combustao Wenkel nao 'pegou', a ideia e' de um genio alemao, o tal Wenkel!

Para um brinquedo 'imponderavel' da' para fazer um lance legal com 2 imas de anel e um eixo vertical.

Abraços!

Murilo

 

Membros (125)

 
 
 

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2017   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço