Alguém tem idéia de onde encontrar um sensor de oxigênio dissolvido?

Exibições: 3293

Responder esta

Respostas a este tópico

Atlas Scientific (kit completo para Arduino)

Vernier (provadores e shield)

Os preços são salgados entre US$230 e US$300 mais os impostos cobrados para importação que podem dobrar o valor em reais.

Você chegou a comprar estes kit? Ligou no arduino? Funcionou? Que coincidência, também estou montando uma fábrica de peixes, devo colocar a primeira leva de peixes neste mês ainda! A sua fica onde?na sua ta rodando?

Fica em Brasília/DF e rodei a primeira produção em um único ciclo. Agora que identifiquei os problemas estou revendo a metodologia de produção e alterando para 5 ciclos o que promoverá o aumento de produtividade passando a mensal (entre 1,5 e 2 toneladas/mês). Também estou melhorando o tamanho e a qualidade do filtro biológico e do decantador que se mostraram ineficientes para o tamanho da instalação. Ainda estou incluindo uma hidroponia como filtro secundário com a finalidade de diminuir ou eliminar a necessidade de troca de água que atualmente é fornecida por um poço artesiano (redução do nitrato).

Ainda não adquiri o nenhum sensor químico, principalmente por questões dos custos para importação e tenho tentado que algum colega o traga quando de viagem para os EUA, atualmente só comprei um kit de aprendizado baseado no Arduino Uno. A princípio não vejo qualquer problema de funcionamento já que se tratam de empresas sérias e conhecidas tanto pelos hobbistas (no caso da Atlas) e dos profissionais (no caso da Vernier). Meu principal problema atualmente, pois estou iniciando com o aprendizado de Arduino, é a necessidade de conexão de múltiplos sensores analógicos (OD, Amônia, Nitrato, pH, Temperatura, ORP e outros se houver necessidade) e portanto sua leitura. Minha busca é por uma automação/monitoração que permita o acompanhamento à distância através de smartphone usando GPRS ou internet inclusive com a instalação de sistema de vigilância que permita o acompanhamento do manejo pelo empregado contratado e a segurança para minimizar furtos. Sua "fábrica" é construída ou "pré-fabricada"? Se necessitar tenho algum material para aprendizado obtido nos cursos que fiz no Centro de Tecnologia em Piscicultura/SEAGRI-DF. Estou à disposição.

João, realmente precisamos conversar. Tem o post do scadabr aqui no ldg que é o que vc precisa.

Olá!

Essas são as únicas alternativas hoje em dia para se trabalhar com Arduino? Estou num projeto da faculdade que envolve o sensoriamento de parâmetros físico-químicos da água no cultivo de microalgas, e estive pesquisando sobre sensores de oxigênio dissolvido e salinidade, e só encontrei essas alternativas também. Mas elas são caras e ter que importar também é um problema... Alguma ideia?

João, a minha fábrica fica em Minas, mas eu moro aqui em Aguas Claras.
Queria trocar uma idéia com você a respeito da fábrica em si e da automação, quem sabe duas cabeças não pensam melhor que uma e a gente consegue elaborar uma automação do sistema. Pelo menos um piloto.

Moro no Lago Norte. Estou aberto ao aprendizado, troca de experiências e a construção de um projeto piloto. Envie uma mensagem "inbox" através de meu Facebook (https://www.facebook.com/joaosigno) para combinarmos um contato.

Não tenho facebook, segue meu email: ffrancocaixeta@gmail.com

Agora serão três cabeças.

Você também está criando peixe? Também está querendo montar uma fábrica de peixe autônoma?

Galera, eu também gostaria de aprender sobre essa assunto. Vamos nos organizar em grupo, o que acham?

Se for rolar uma visita estou dentro.

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2017   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço