Como faço pra programar um sensor de corrente pra medir corrente alternada e contínua de até 400A?

Exibições: 163

Anexos

Responder esta

Respostas a este tópico

Você vai precisar construir um circuito. Dado a corrente elevada vai precisar isolar o sinal. Pesquise um pouco sobre projetos utilizando a biblioteca “emonlib”.

Valeu meu amigo agradeço!!

Essa emonlib só é aplicada para AC?

O sensor que vc colocou em anexo, o SECOHR 200 CV-15, reproduz a forma de onda de corrente na forma de onda de tensão porém menor em amplitude.

Se vc for medir corrente contínua, obtenha o valor da tensão de saída e multiplique por uma constante.

Se vc for medir corrente alternada, vc precisa amostrar várias vezes a tensão de saída do sensor, e com os valores obtidos calcular o RMS dessas amostras.

Depois de calcular o RMS, multiplica pela constante.

A constante está no datasheet mas não dá pra entender direito: parece que é 200/4=50. Talvez é o caso entrar em contato com o fabricante.

A fórmula de RMS vc pode obter no Wikipedia.

No caso de corrente alternada padrão no Brasil, a frequência é 60 Hz, então precisa amostrar a uma frequência de +-300Hz (bem acima de 2x porque a medida é de RMS).

As medidas podem ser obtidas por meio da entrada analógica de um microcontrolador ou de um conversor ADC.

Esse chip que vc achou é meio complexo de lidar. Se puder fazer uma busca e encontrar um sensor de efeito Hall com leitura via barramento I2C fica bem mais fácil.

Agradeço meu amigo pelas dicas. Pra esse caso pretendo medir corrente contínua com arduino, vc teria mais alguma dica sobre a programação? Precisaria de uma biblioteca específica?

Como é corrente contínua, o valor de tensão é obtido lendo na entrada analógica do Arduino.

Mas pra ter um valor mais confiável, melhor obter algumas amostras e fazer uma média aritmética.

O código anexo é um esboço.

Mas tem alguns aspectos a se preocupar no hardware.

Supondo que a fórmula do datasheet seja Vs = Ip*4/200, o valor máximo de tensão gerado é Vs = 400*4/200 = 8 volts. Esse valor de 8 volts é maior que a tensão máxima permitida pelo Arduino que é 5v. Então precisa alimentar a saída do sensor num atenuador, para que a tensão máxima no Arduino seja 5v ou menor. Uma vez feito o atenuador, precisa incluir a correção do atenuador na conta final da tensão, então a constante 50 no código muda de acordo com o fator de atenuação.

Para essa configuração, não precisa de biblioteca específica. São usadas as libs padrão do Arduino.

Anexos

Agradeço muito meu amigo, você está me ajudando bastante, vou colocar seu código em prática.

Boa noite Vitor Augusto, não consegui medir corrente com seu código, fiz algumas pesquisas sobre o mesmo mais ainda não obtive sucesso, será que você poderia tentar me auxiliar? Desde já te agradeço.

Pra checar que o sensor de corrente está funcionando, vc pode colocar o sensor no fio onde tem a corrente. Depois, alimenta o sensor com as tensões +15v, -15v, e 0v (GND). Uma vez tudo ligado, mede a tensão de saída do sensor com um multímetro. Checa que esse valor medido está entre 0v e 5v. Daí coloca a tensão na entrada analógica do Arduino, e mede com código usando a função analogRead(). Depois que medir a tensão, precisa fazer o ajuste pela constante multiplicativa.

O código que passei é um esboço, só um guia. Vc precisa de mais codificação para executar.

Bom dia, 

Qual faixa de corrente (real) pretende medir ? Que tipo de carga ? Indutiva, reativa ou capacitiva ?

Essa faixa de 400 A é muito perigosa.

Bom dia José Augusto, este sensor tem a finalidade de medir a corrente de fonte de soldagem a arco elétrico (que na verdade é um transformador retificador)  por isso o valor tão alto

*José Gustavo

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2018   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço