Boa noite garagistas,

Esta semana perdi meu estimado ferro de solda que me acompanha a muitos anos,

Além da resistência, precisava substituir a ponteira (faço com frequência quando vejo a necessidade), substituir o cabo (fio) que estava bem frito devido aos descuidos, enfim estava na hora de aposentá-lo.

Estou numa fase de transigência onde adquiri gosto pelos componentes smd e pelo fato de estar chegando a um equilíbrio em minhas PCIs feitas com o dry film com trilha bem finas. 

Sei que valeria a pena investir numa estação de solda (retrabalho) a ar, mais estou a 4 anos na estatística do governo dos 13 milhões, então terei de me contentar com uma estação de solda com uma boa ponteira fina. 

Resolvi pesquisar o preço então de uma estação de solda e quase cai de costa pelo absurdo dos preços. Lembro-me que já trabalhei com uma Weller na bancada de elétrica e a estação aguentava o pau, mais como disse o preço delas não dá, as estações Hikari são muito sem graça, não tem display para visualizar a temperatura, as Yaxum não sei da confiabilidade, Toyo deve ser a Brastemp, enfim tem de todo go$$to e val$$or. 

Resolvi então pelas pesquisas de desenvolvedores e vi um site Russo que me chamou a ateção. As estações são basedas num controle PID (proporcional, integral e derivativa). Pelo que entendi, você seta um valor através do potênciômetro, o mesmo será mostrado através do display, e ao mesmo tempo dispara o Mosfet. Através da leitura do termopar que fica dentro do ferro junto com a resistência,  é feita nova leitura e nova correção dos valores até chegar a temperatura setada.

Com apenas um arduino, um display, um mosfet e alguns componentes básico, é possível a montagem de uma estação não muito complicada e com baixo custo.

Minha intenção é de divulgar esta estação, para que os amantes e apaixonados pela eletrônica tenham em sua bancada uma estação para montar e usufruir. 

Estou preparando o material, já tenho os esquemas (no Eagle tenho somente o esquemático).

O autor Yllia posta o projeto completo com os esquemas no Proteus e o código para o arduino.

Esta semana chegará meu ferro para estação de solda: 

https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-769249013-ferro-de-solda-pa...

Pelo que li no artigo, será necessário a calibragem da estação. 

Já tenho ela montada no proto, mais para a calibragem falta-me o produto acima. 

Não tenham preguiça de ler, a matéria é muito interessante, faça a tradução no google e boa leitura. O projeto completo está na página 10. 

http://arduino.ru/forum/proekty/payalnaya-stantsiya-iz-arduino?page=9

Em anexo vai o material, do site: 

Assim que tiver montada e regulada, posto o meu esquemático, 

Com certeza nesta fase, precisarei da preciosa ajuda dos Garagista. 

Abraços e boa semana a todos. 

José Antonio

Exibições: 1024

Anexos

Responder esta

Respostas a este tópico

Esse circuito vai conseguir medir os milivolts do Termopar ???

Acho que não vai dar precisão nas medições.

Especificações do aquecedor :

 50 W / 24 V - temperatura entre 200 e 480 C 

Supondo que a tensão do Termopar K vai variar entre 0V ( para 0 C)  e 18,9 mV ( para 450 C) , precisaremos de um circuito para medir essa faixa de tensão = 0 a + 20mV . 

O Módulo HX711 tem duas entradas A e B no conversor ADC de 24 bits . 

Entrada A - ganho 128 (25 pulsos) 

                  - faixa de medição entre -20 mV e + 20 mV 

                  - faixa total = 40 mV x ganho 128 = 5,12 V (tensão de referência) 

Referência :

http://blog.eletrogate.com/balanca-digital-com-arduino-aprenda-a-us...

José, boa noite,

achei este aqui também com o MAX6675 (creio que você também já postou ?) 

https://www.youtube.com/watch?v=AaR2nWhNbJM

Bom dia José Antônio, 

O meu interesse era fazer uma estação de solda similar à essa do video. 

Refletindo sobre o seu projeto, onde informou a sua preocupação com custos. 

O módulo  MAX6675 é até barato, mas com esse frete astronômico do correio, fica em torno de R$ 50,00. O módulo HX711 é mais barato, fica em torno de uns R$ 30,00 com frete $$$. Eu já tenho um HX711.

Vou testar esse circuito que me enviou. Mas saiba que o mais importante de uma medição analógica com conversor ADC é a tensão de referência. Essa tensão precisa ser muito estável, sem ruídos e tem que ser medida com um voltímetro bom (para não dizer preciso) !

Bom dia José Gustavo,

Eu optei pelo MAX6675, comprei um ontem pelo ML e paguei 21,00, como o vendedor é de Campinas vou retirar em mãos. 

O primeiro circuito proposto, decidi abandoná-lo por alguns motivos:

Meu arduino Nano pifou, queimou, não achei no código os pinos A6 e A7 para substituirr pelo A4 e A5;

Tem a regulagem dele que parece ser um pouco complicada; 

Como você citou o circuito trabalha com milivolts do sensor e não sei se ele conseguiria fazer estas medições; 

Enfim não me agradou e o motivo principal, inclusive o grande objetivo deste post é:

FAZER UMA ESTAÇÃO DE SOLDA, SIMPLES, BARATA E DE ACESSO A TODOS INICIANTES, sem muito lero lero, por este motivo vou partir para esta estação que mencionei acima.

Vou buscar o MAX e iniciar as montagens,

Abçs

J.Antonio 

Pô  José Antônio ! 

O MAX 6675 parece ser muito bom e facílimo de usar ! 

Não sei se vou comprar o meu agora. $$$$. Já sabe usá-lo ?

Veja o tópico sobre o Forno de Padaria. 

http://labdegaragem.com/forum/topics/forno?commentId=6223006%3AComm...

Então farei testes com o meu HX711. 

Eu também gostaria de participar

Já havia lido alguma coisa sobre essas estações chinesas.

Gostaria de montar uma também. 

Bom dia Flávio,

seja bem vindo as discuções. 

Tem muito material legal neste site russo, vale a pena conferir.

Abçs

"Tamo" junto Flavio ! 

Abraços 

Gustavo 

Colegas, mais uma sugestão - para ficar chique! 

Usar um encoder para selecionar a temperatura :

  • Seleciona a unidades, gira e escolhe um numero
  •  aperta o botão , seleciona a dezena, gira e escolhe um numero
  •  aperta o botão , seleciona a centena, gira e escolhe um numero
  • aperta o botão para ligar ou desligar o ferro de soldar 

Alguma coisa como isso :

https://drive.google.com/file/d/0By-w7AaXalVyY3JtUDlqbEg0d3c/view

Diário de bordo da estação de solda.

Hoje recebi o MAX 6675, montei o circuito proposto do Youtube:

https://www.youtube.com/watch?v=AaR2nWhNbJM

Após a montagem e utilizando o sensor tipo K (termopar) que veio com o shield, obtive o seguinte resultado:

https://youtu.be/scZlJo9-ssw

Percebam no vídeo que a temperatura está em 24ºC, (temperatura ambiente da sala), e valor medido pelo termopar.

Após esta etapa, resolvi abrir meu ferro, uma vez que, ontem, através de minha fonte regulável liguei os fios 4 e 5 do conector e fui aumentando gradativamente a tensão. Vixi bateu 6,4A, e resolvi abortar a operação, uma vez que ele pouco esquentou.

José Gustavo, cuidado, abra seu ferro de solda e veja a plaquinha dentro.

Ele está identificado com  os símbolos de termistor e resistência. Fiz as medições e os valores encontrados com o ferro aberto e as ponteiras no pé  dos fios foram o seguinte:

Resistência de aquecimento: 12,67 ohms,

Termistor (termopar): 1,63 ohms.

José lembra que ontem você ficou em dúvidas ? E depois apagou aquela primeira parte da identificação ? Pois é acho que ela estava certa, 

De qualquer modo, abri e retirei o esquema:  

  

Feita esta etapa, resolvi ligar o ferro na fonte regulável e acreditem, 1,97A com 24V, redondinha, esquentando uma belezura.

Conclui nesta etapa então que este ferro chegará bem próximo aos 50watts proposto pelo fabricante.

Próxima etapa, será adicionar o Mosfet e fazer o teste com o ferro, parece que este circuito é o mais simples de todos, não requer ajustes e regulagens e o material é bem simples. Até o momento utilizei basicamente o arduino Uno, o display 16x2, o módulo MAX6675, um trimpot 10K, 1 resistor para limitar a corrente do back light do display e os 3 switch. 

Amanhã posto o resultado.

Boa noite a todos

 

José Antonio

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2018   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço