Projeto e Patentes, dúvidas e possível criação de equipe e empresa para fabricação...

Pessoal, primeiramente bom dia, boa tarde, ou boa noite pra todos vocês que resolveram clicar no tópico.

Tive uma idéia para um projeto, que provavelmente daria muuuuuuuuuiiiito certo, e que o produto poderia ser comercializado com facilidade, pois não existe nada igual no mercado, e para colocar em prática preciso de uma equipe... Preciso de um programador ( ou mais de um, claro, toda ajuda é bem vinda ), e de alguém para a parte de hardware, montagem do dispositivo, etc.

A idéia e de registrarmos a patente juntos, para que todos tenham direito sobre a fabricação, e de que se realmente fosse colocada em prática fosse aberta uma empresa em sociedade para a fabricação e comercialização, mas por que você é tão bonzinho de "dar" créditos sobre a idéia de graça ? Não é que eu seja bomzinho, sou iniciante, não sei nada ainda, apenas tive a idéia e tenho certeza que posso ganhar dinheiro com ela, mas pra isso acontecer preciso botar em prática, e até eu aprender oque preciso pra botar em prática talvez outra pessoa invente algo parecido... Então, uma mão lava a outra, eu entro com a idéia e vocês com o conhecimento pra botar em prática. :)

Se alguém souber sobre como funciona o registro de patentes por favor entre em contato, pesquisei um pouco e não consegui entender muita coisa (faltam informações).

Preciso saber por exemplo se o registro de uma patente no Brasil garante os direitos sobre ela o resto do mundo, quanto custa, quanto tempo demora, etc...

Não vou deixar número para contato aqui porque qualquer um pode pegar e sei lá, pode ficar meio chato pra mim, quem realmente tiver interesse e se achar capacitado manda uma mensagem com o número, email, telegram, qualquer coisa, e eu entro em contato.

Papo de ganhar BASTANTE dinheiro galera...

Aguardo resposta pessoal, é muito sério o post, abraços...

Exibições: 183

Responder esta

Respostas a este tópico

Hugo, primeiramente: como você é novo aqui, seria bom dar uma olhada neste link: http://labdegaragem.com/forum/topic/new

Segundo, já começou errado. Tudo bem quanto a isto, aqui todos nós estamos aprendendo, desde os mais iniciantes aos mais experientes. Mas gostaria que você considerasse algumas coisas.

Primeiro, idéias todo mundo tem. Sou projetista industrial, fui pioneiro no Brasil em utilizar na engenharia algumas tecnologias que hoje todo mundo usa até em video-game.

Vivi durante anos de ter idéias para resolver problemas dos outros, e colocá-las em prática também. Tenho aqui um catálogo de projetos (todos meus) engavetados que a princípio pareciam ótimas idéias. De cada 100 idéias, 90 não resistem a um questionamento sério: funciona? é viável? quanto vai custar? tenho esse $$$ pra investir? quem vai comprar? quantas unidades? certeza que vai vender? quem garante o prejuízo se eu fabricar 1000 unidades e não conseguir vender? será que a China não vai lançar um produto melhor daqui 3 meses?.

Das outras 10iidéias, 9 são geniais, mas ainda assim por algum motivo acabam descartadas, geralmente a viabilidade financeira.

Aquela 1 idéia restante pode ser que funcione. Eu disse que pode ser, não é certeza!

Idéias geniais, todo mundo tem. E eu já vi muitas serem frustradas e idéias idiotas (no bom sentido) se tornarem um sucesso. Mas somente com maturidade, trabalho duro e investimento certo é que elas se materializam.

Quanto a tua dúvida, vamos lá: primeiro, patente: custa 50 mil reais o depósito de uma patente que te garanta os direitos autorais mundialmente. E mais uns 10 mil por ano de custos advocatícios, somente pra manutenção da patente. Entende agora porque todos nós aqui fazemos software e hardware livre? Um dos motivos é porque é simplesmente inviável um ser humano comum pagar e manter os custos de uma única patente, da mesma forma que a Siemens ou a 3M fazem aos milhares.

Segundo, quanto ao projeto. Eu sou projetista, não importa em qual área é teu projeto, a menos que seja algo muito sofisticado, eu posso resolver. O que eu não posso resolver (eu mesmo, largo o CAD de lado e vou lá na oficina derreter metal se for preciso), conheço alguém que pode.

O problema é: quanto vai custar? Se você falar que quer montar uma parceria porque tem uma idéia genial, tem que me explicar qual é esta idéia e demonstrar porque vale a pena investir 1 ano da minha vida e alguns milhares de reais nela. Só que se você me explicar a idéia, sem ter patenteado, ela já não é mais tua, a menos que tenha compartilhado com a comunidade.

E veja bem: isso pode ser um grande negócio. A idéia passa a ser da comunidade, mas ao mesmo tempo ela pode te ajudar a desenvolver a idéia de formas que você nem pode imaginar.

Se você vai conseguir ganhar dinheiro com isso? O Arduino foi uma idéia genial, que hoje vende mais de 1 milhão de cópias "originais" por ano. Sem contar as 5 milhões de cópias chinesas. Engraçado é que, quanto mais os chineses copiam o Arduino, mais os criadores italianos vendem os "originais".

Por último, se você não deixa aqui um contato por que tem alguma desconfiança, entendo. Mas o facebook diz que vc tem uns 16 anos, é de Ribeirao das Neves, mora em Betim-MG, e é fã de video-game. Então parece que você precisa de mais estudo e experiência para - daí sim - colocar tua idéia em prática.

Então da forma que você colocou as coisas, ninguém vai te mandar (eu pelo menos não vou) dados de contato sem você mostrar que realmente tem uma idéia genial, que vale a pena investir tempo, conhecimento, esforço e $$$, ou ao menos mostrar que pode pagar pelo meu tempo, conhecimento e esforço, para  trabalhar nela, entende?

Não me leve a mal, todos aqui já foram novatos um dia e cometeram erros (muuuuuuitos erros!) antes de acertar alguma coisa.

Boa sorte. A comunidade está aí para ajudá-lo, mas não se esqueça de ajudar a comunidade também!

Oi Hugo, o alexandre tem razao, mas nao desanime, se vc quer desenvolver, DESENVOLVA!! custe o que custar, eu to em um projeto a 6 anos, passei cinco so estuando para entender o basico do projeto e com sorte vou precisar de mais dois (sendo OTIMISTA). Vc tem a seu favor o idade e a energia. 

Se no futuro proximo vc olhar para tras e ver que vc nao desenvolveu nada do que vc imaginou, perdao, mas vc sera somente mais EMPOLGADO que apareceu com uma ideia. Seja forte e faça seu projetos virarem realidade.

Pois é, também nunca consegui ganhar dinheiro com patentes. Diria que vc tem mais chances se jogar na loteria.

Quem ganha dinheiro com patentes são os advogados da área. Sem eles vc não tem nenhuma chance de ter sua patente registrada (pede, paga e é negada). Com eles vc tem alguma chance, muito pequena.

Antes de mais nada procure na base de patentes nacional e mundial se já não existe solução igual.

Base nacional:

https://gru.inpi.gov.br/pePI/jsp/patentes/PatenteSearchBasico.jsp

Base internacional:

google.com/patents

Ou:

https://www.google.com/advanced_patent_search

Especialmente na base nacional vc precisa achar a patente e reparar no status. Verificar se há registro. A lista é de pedidos. Por ex se eu quiser registrar a patente de um Kit como o Arduino só que pra outro microcontrolador será negado, aparece nessa lista mas aparece ao final por 5 anos algo como "solicitado" e depois "negado". Impossivel registrar por ser classificável como método didático e por ser algo similar a uma coisa que existe, mudando detalhes. Durante esses 5 anos de análise vc paga taxas e advogados.

Boa tarde Hugo, 

Agora deixa o vovô da Tecnologia falar para o jovem idealista. 

Concordo em alguns pontos com o Alexandre Aravecchia e com os conselhos do Adriano de Alcantara. 

Eu também tenho o meu caderno de projetos com inúmeras idéias. Mas o difícil é descobrir qual delas poderá dar certo. 

Sobre patentes no Brasil, o pouco que sei, é que é praticamente inviável criar uma patente no Brasil, se não tiver um patrocinador para bancar os custos.

Estamos passando por uma transformação tecnológica muito grande. A evolução esta sendo muito rápida, principalmente devido às facilidades da internet. A internet esta fazendo parte dessa transformação, democratizando o conhecimento humano. 

Para você poder criar "algo novo", você precisará estudar muito sobre todas as tecnologias envolvidas no seu projeto. Tanta coisa nova esta sendo criada e tão rapidamente, que pode acontecer que seu "novo projeto" , já possa ser uma ideia até já patenteada. 

Sugiro que pesquise bastante na web, sobre seu projeto. (sugiro semanas, ou talvez meses), para tentar descobrir se alguém já fez algo parecido. 

Sou um admirador eterno de novas tecnologias. Estudo e pesquiso bastante. O Lab de Garagem para mim, é uma fonte de conhecimento. Sempre estou disposto à ajudar todos os colegas do Lab. Quando não sei o assunto, pesquiso à fundo. E isso tem contribuído muito para os meus avanços no conhecimento, principalmente de eletrônica. Tenho estudado eletrônica desde os meus 16 anos, e nunca parei. Estou com 57 anos e com amplo desejo em adquirir mais conhecimento. Trabalhei uma vida numa multinacional, onde a tecnologia sempre foi uma das melhores e mais avançadas do mundo - IBM. Hoje estou aposentado, isto é , tenho tempo para deleitar-me  sobre tudo que gosto de fazer. 

Sobre Open Source, é uma estratégia que tem dado certo e que se bem conduzida pode dar dinheiro. Grandes avanços tem sido concretizados, graças ao Open Source. É muito complicado divulgar todo o seu projeto no modo Open Source, com a dúvida de que alguém poderá copiá-lo e ganhar dinheiro com  sua idéia. Esse é um grande desafio atual, inclusive para os idealizadores do Arduino, por exemplo. 

Minha sugestão é que tente sim, realizar o seu projeto. Mas pesquise bastante antes. Domine as tecnologias envolvidas. E encare o desafio do Open Source. Pense em uma estratégia inovadora de divulgação do seu projeto. 

Boa sorte, pode contar comigo (o que estiver ao meu alcance). 

Gustavo 

Pessoal, MUITO OBRIGADO pela atenção de vocês, oque cada um me disse já me ajudou a ter uma visão mais ampla sobre o assunto, irei chamar cada um no privado pra discutir sobre o assunto e tentar absorver um pouco do conhecimento que todos vocês tem !!

Fique a vontade estou a disposiçao...

Mas não tente ganhar dinheiro com a patente...

Tente ganhar dinheiro com seu produto !!!

Ta cheio de coisas bobas que fizeram fortuna sem patente. Basta ser o primeiro e conseguir o sucesso. Se o seu tiver um preço justo e entregar o que promete o comprador vai preferir o original.

Ainda, o grande perigo é que caia na china e copiem por lá. Como o pau de selfie que foi inventado por um americano e depois fabricado na china em massa, com a foto da família do americano (imagens copiadas do original) mas era falso. O falso ganhou mais dinheiro que o original.

https://www.youtube.com/results?search_query=Million+Dollar+Genius%...

Sendo algo com eletronica e vindo do Brasil pode levar muitos anos para a ideia chegar na china e voltar. Se um concorrente aqui quiser copiar vai ter todos os seus desafios por vencer. 

Enfim, são uns 5 anos de gloria sem patente até virem os concorrentes e vc começar a perder e não gastou nada com patente.

São 5 anos de gloria pagando patentes, tendo os custos de produção + de patente para descobrir se sua patente foi dada ou negada. Se foi negada perdeu tudo. Se foi dada vc pode gastar mais ainda com adv para processar todo brasileiro que fabricar seu produto, mas não pode processar um chines. 

Para registrar uma patente o produto precisa ser absolutamente inovador. Se um indiano por ex fez isso no seu TCC vc já não tem o direito de registro. Para registrar no Brasil tem que ser inovador no mundo todo (não basta ser inovador no Brasil).

Vide regras:

http://www.inpi.gov.br/servicos/perguntas-frequentes-paginas-intern...

Vide Leis:

http://www.inpi.gov.br/sobre/legislacao-1

Patente por aqui é tão complicado que o padre Landell de Moura foi fazer as dele lá nos EUA,isso em 1903.Aliás eu também faria isso se tivesse uma boa idéia.

Hugo bom dia, 

Consegue ler e entender videos em inglês ? Se não consegue, ative a legenda para inglês e depois selecione tradução para o português. A tradução não é muito boa, mas dá para ter uma idéia. 

Veja esse vídeo de uma entrevista com o inventor (Roland Lamb) desse novo instrumento musical eletrônico - Seaboard Rise. Ele se parece com um teclado, mais permite muito mais variações. Os músicos estão impressionados e fascinados com esse novo instrumento. E tenho certeza que ele dominará o mundo. Veja que o inventor era músico, e não estava satisfeito com os teclados convencionais. Quando ele comentava com as pessoas, que iria fazer o Seaboard, todo mundo achava que não daria certo e que ele era louco. 

Vale á pena ver !

http://labdegaragem.com/profiles/blogs/inacredit-vel-novo-instrumen...

https://roli.com/products/seaboard/rise-49

José Gustavo e Eduardo, obrigado pela aula!!!! 

Nossa cara, que aparelho é esse hem!! 

Pessoal, muito obrigado pelas dicas e ensinamentos, ainda não os chamei para conversar pois estou usando meu tempo livre para realizar algumas pesquisas, em breve entro em contato, abraços, e mais uma vez, muito obrigado a todos !!!

E galera, novos comentários são bem vindos, toda ajuda é bem vinda !!
Valeuuu

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2017   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço