Olá pessoal.

Estou com uma plaquinha driver de motor de passo...uma cópia da POLOLU A4988 e notei que o potenciômetro que regula a corrente, ao girar não tem limitação de início e nem de final de curso.

Alguem sabe porque?

E nesse caso??? Onde é o "começo" e onde é o "final" de curso no potenciômetro?

Não teria que ter limite isso?

Ou eu comprei o "premiado"?

Grato pela atenção.

Euclides.

Exibições: 414

Responder esta

Respostas a este tópico

Eh assim mesmo, inclusive os originais, vc regula de acordo com o uso que vc for fazer.

se vc ligar no maximo pode ficar tranquilo que nao vai queimar, eh soh ajustar.

Grato Akira.

Acho que isso não é legal. Mas fazer o que....

Até a próxima.

Bom dia! So para esclarecer sua duvida o potenciometro tem posicao, na foto em anexo A4988-placa , na seta azul tem um corte (parte chata) na peca que gira do potenciometro que e a parte de tras do cursor, na seta vermelha , embaixo  da peca que gira(cursor) tem uma saliencia que e o cursor, com uma lupa voce consegue enxergar.

Na foto em anexo A4988-placa_up , na seta vermelha tem o corte na peca que gira(cursor)que indica parte de tras do cursor, e logo embaixo tem os dois terminais do potenciometro que sao o limite do cursor (nao deixe o cursor no meio do dois terminais, que normalmente nao tem trilha nesse ponto), na seta azul tem o cursor e o indicador , que dependendo da placa tem o indicador .

Anexos

Funcionou!!!

Realmente...nessas fotos que vc. enviou + a explicação que vc. deu ficou mais fácil entender.

O meu é mais "vagabundo" e nem esse detalhe: chato e pontinha do cursor tem.

Não ví claramente colocado em lugar algum; tem que se colocar cada bobina nas "asas" adequadas da placa, 1 e 2 são as bobinas e A e B são as pontas de cada bobina. Assim 1A e 1B são uma bobina e 2A e 2B são a outra bobina. Tem que se experimentar para colocar na ordem certa em relação as bobinas (senão: Passinho pra trás...passinho pra frente...). Eu estava achando que A e B eram as "asas", e 1 e 2 eram as pontas.

Não entendi uma coisa: Coloquei em FULL e modifiquei o Blink para gerar 2.048 passos para um lado e 2.048 para o outro lado (Intervalo mínimo de 500 microssegundos, em 9 Volts - 2A). Fazendo assim uma volta para um lado e uma volta para o outro...

Este motor (28BYJ-48, modificado para ser bipolar), para dar uma volta não são 4.096 passos???? Como ele está fazendo isso com a metade??? Não gostaria de ter que usar HALF pois o motor perde torque.

Grato a todos que colaboraram, até agora.

Boa tarde Euclides , nao sei ao certo se esse motor (datasheet em anexo) da para fazer em bipolar, porque o enrolamento do meio e junto dentro do motor(fio vermelho), para ser bipolar nao tem que ser separado o terminal do meio? nunca testei desse jeito.

Anexos

Exatamente Nelson.

Tem um hack que deve ser feito, retirando a tampinha azul (Acho que é a cor normal dele...) e se rompendo a trilha do meio, é possível converte-lo para bipolar (mais torque. O original é de 300gr e após a "cirurgia" fica com 800gr). Para minha necessidade dá e sobra (mas não terminei de testar ainda...).

Vamos ver se dá...

T+.

Informações sobre tipos de enrolamentos de Motores de Passo :

Motores de Passo - Unipolar e Bipolar / Tipos de enrolamentos:
http://labdegaragem.com/forum/topics/tutorial-arduino-motor-de-pass...

Ajuste de corrente do módulo A4988:

Nema17 + Driver A4988 => Controle de Corrente Máxima:
http://labdegaragem.com/forum/topics/tutorial-arduino-motor-de-pass...

OBSERVAÇÂO: 

Para medir a tensão VREF , coloque a ponta de prova Positivo do Multímetro ( escala Tensão) sobre a parte metálica do Potenciômetro (veja a seta vermelha) .

E a ponta de prova de prova Negativo no pino GND do módulo A4988, 

Use uma pequena chave de fenda ( de relojoeiro) para ajustar a tensão. 

Gire suavemente. 

mas eh indiferente rodar sentido horario ou anti horario inumeras vezes, nao significa que esta quebrado ou vai quebrar, ou o cursor vai ficar frouxo se fizer isso..

Hirai, eu acho que o terminal limite do cursor eh de acordo com a foto a4988-placa up o com a seta azul, se pegar um potenciometro maior vc vera que ele para no terminal 3 (seta azul) roda 360 graus e para nele.

Bom dia Akira, na verdade nao importa o sentido que roda o cursor , so nao recomendo rodar muito porque e um potenciometro SMD , e se rodar muito tende o cursor a comecar a dar mau contato,

em anexo a foto e esquema dos potenciometros, na foto do potenciometro SMD,voce pode ver que o terminal 3 e o terminal do cursor, e o terminal 1 e 2 sao o limite do cursor , e no meio nao tem trilha de resistencia,

No potenciometro SMD nao tem limitador de curso por ser minusculo e normalmente nao foi feito para ficar rodando muito, e igual a o potenciometro do leitor otico do CD ou DVD , porque quando consertava estraguei um de tanto mexer por nao dar foco.

Anexos

Isso.

Eu acho interessante sempre se colocar o máximo de informação nas respostas. Eu conheço esses detalhes. Só achei estranho trimpot sem limites.

Mas para quem não conhece e achar esse post, sairá daqui mais informado e podendo resolver o problema sem ter que ficar perdido.

Só queria entender porque precisa de 2.048 passos para dar uma volta e não os 4.096 (Que seria o padrão FULL dele).

Agradeço a todos que colaboraram.

Boa noite Euclides, muitas vezes eles nao colocam para baratear o componente, pode ser que voce ache um potenciometro SMD com limitador, voce vera que para construir fica caro, assim sem limitador fica barato e vende-se mais.

eu li que pelo fato de quererem tamanho reduzido nesses drivers ele tem alguns problemas, trimpot, dissipador de calor na verdade eh na parte de baixo do CI mas esta em cima etc, parece que nao seguem a recomendacao do datasheet.

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2019   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço