[RESOLVIDO] NODE MCU ESP8266 pode ser alimentado por uma fonte ATX usando 5v dela.

boa tarde a todos os amigos.

NODE MCU ESP8266 pode ser alimentado por uma fonte ATX usando 5v dela.

Exibições: 88

Responder esta

Respostas a este tópico

Olá J. Cintra,

Se o modulo rele é do tipo shield e não rele puro, ele pode ser alimentado pelos 5V da fonte ATX e enviar pelo GPIO correspondente o sinal para ligar o rele. Veja desenho anexo por favor.

Já no caso de de um rele não shield será necessário utilizar um transistor ou optacoplador entre o GPIO e a bobina do rele, alem do diodo de proteção no sentido antiparalelo com a bobina do rele.

Note que o desenho esta feito a mão livre, se precisar algo mais profissional avose que faço no proteus.

Quando o modulo rele é com optoacoplador, nunca tive problemas, já quando usei modulos que tem um transistor que recebe o sinal IN na base, tive que usar o artificio de colocar em serie com a saida um LED para absorver a diferença de potencial que fica entre os +5V da fonte e os mais 3,3V do GPIO, e mantem uma diferença de potencial entre base emissor, sempre acima de 0,7V provocando desta forma o problema de que rele permanece sempre ON mesmo que receba LOW do GPIO.

Abs.

CK 

PD

Acho que agora que li outra vez, sua pergunta estava dirigida para os GND e não como conectar o rele,

Mas tudo bem, sempre é informação.

No caso do GND, note que ao alimentar desta forma, o GND é comum a todo o circuito, então não precisa ligar nenhum GND, pois a fonte que alimenta o Node, e por sua vez o regulador, é o mesmo GND.

Casos diferentes seria se uma fonte alimenta-se o modulo e outra o rele, neste caso os GNDs deveriam ser unidos.

Só pra esclarecer melhor ainda, nada impediria de alimentar assim, como no desenho abaixo, porque o GND é o mesmo, comum a todo circuito.

Abs.

CK

Olá Carlos

Seu último circuito vai funcionar, mas perceba que a corrente de retorno do relê vai passar por dentro do NodeMCU.  Agora se for colocar diversos relês, sensores entre outros não será uma boa ideia, pois a corrente de todos os componentes irão se somar e passar por dentro da placa. Outros problemas que essa configuração pode gerar, ruído EMI, aquecimento, queda de tensão.

Olá Flavio,

Muito oportuna sua observação, você tem razão, como a ideia era apenas mostrar que o GND desta forma é comum para todo circuito, e não como quando é usado em duas fontes diferentes onde é necessário deixar ambas no mesmo potencial 0V, não pensei na ideia que você observou e enriqueceu este tópico é claro.

Obrigado!

Grande abraço!

CK

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2018   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço