Tenho um motor trifásico de 1 CV  e 1 inversor de frequência Weg 10. Quero liga-lo (o motor trifásico) em rede monofásica de 220 V para controlar velocidade e sentido de rotação principalmente. Meu objetivo final é aprender manejar esse equipamento em conjunto com o Arduino. Alguém tem experiência nisso?

Exibições: 13445

Responder esta

Respostas a este tópico

Olá,

Eu tenho um de 1/4 de CV é um dos modelos mais simples que podemos encontrar no mercado, esses possuem 4 entradas digitais (30VCC) programáveis, uma entrada analógica (0-20mA, 4-20mA ou 0-10VCC) e uma saída digital a Relé, infelizmente não possuem uma interface de rede.

Mas ainda dá pra brincar bastante fazendo o arduino controlar o inversor, usando as entradas digitais para acionar (liga/desliga), sentido de rotação, reset de falhas, e a entrada analógica para controlar a velocidade de rotação do motor, através de 0-10V ou através do loop de corrente de 4-20mA, usando a saída PWM do arduino e mais alguns componentes.

Wiechert, seria possivel enviar-nos detalhes de sua experiência, tais como, hardware, software e esquema de seu trabalho? Tenho pouco ou quase nada a dar-lhe em troca; mas, tenho certeza de que virão, a partir de agora, subsídios valiosos sobre o assunto em tela, já que, isso tem despertado enorme interesse no âmbito industrial, cujos recursos financeiros generosos, ocupam lugar de destaque em  investimentos e na busca de profissionais capacitados. 

Maurício,

Realmente este assunto tem muito destaque na indústria, apesar de que os inversores com controle discreto com I/Os e sinais analógicos (loop de corrente ou de tensão) estarem perdendo o lugar para os modelos com comunicação por barramentos de campo (redes industriais) como MODBUS, PROFIBUS, PROFINET, FIELDBUS, AS-I, DEVICENET, HART, etc.

Trabalho com automação industrial e sei que as novas instalações estão substituindo este tipo de implementação pelas redes, devido as vantagens obtidas na redução dos custos de instalação com cabeamento elétrico, facilidade na instalação, e possibilidade de diagnósticos de manutenção. 

Um único cabo de um ou dois pares (depende da rede), interliga todos os dispositivos de campo (inversores, atudadores, válvulas, servos e outros) ao controlador (CLP ou PLC).

Tem tempo que eu venho trabalhando em um tutorial sobre o assunto, mostrando como transformar a saída PWM do arduino em uma saída analógica de 4-20mA e 0-10V e controle PID.

Wiechert, diante de minha pouca experiência no ramo, prefiro ainda estudar os inversores com controle discreto com I/Os e sinais analógicos (loop de corrente ou de tensão). Assim, caso possa colaborar, repito a pergunta acima: seria possível enviar-nos detalhes de seu projeto tais como, hardware, software e esquema do que já realizou neste sentido?

Mauricio,

Como escrevi acima, tem tempo que eu venho trabalhando em um tutorial sobre o assunto, mostrando como transformar a saída PWM do arduino em uma saída analógica de 4-20mA e 0-10V e controle PID. 

Quando ficar pronto vou postar aqui no lab.

Abraço.

Segue um circuito básico para o arduino controlar a velocidade do inversor pela entrada analógica configurada para 0-10V.

1 - O circuito do arduino:

A entrada INPUT é ligado um potenciômetro que irá variar a tensão de 0 a 5V na entrada A0 do arduino, no sketch deve-se usar a leitura da entrada para controlar o duty cicle da saída PWM.

A entrada FEEDBACK serve para se ter a resposta da saída de 0-10V e corrigir erros.

A saída PWM gera um sinal PWM com ciclo ativo de 0 a 100%, que será entregue ao filtro passa baixas.

3 - O circuito do potenciômetro:

Este é apenas uma forma simples de controlar a variação da velocidade do motor, podemos usar botões ligados a entradas do arduino para incrementar ou decrementar a velocidade, também é possível usar a porta serial para receber comandos de um PC com um sistema supervisório, como o SCADABR, ou através da internet.

3 -  O filtro passa baixas:

Os filtros em cascata transformam os pulsos PWM em um sinal analógico variando de 0 a 5V.

4 - O conversor 0-10V:

O amplificador operacional dobra a tensão na entrada, convertendo o sinal de 0-5V em 0-10V, para ser entregue a entrada do inversor. A saída FEEDBACK, é entrega um sinal de 0-5V ao arduino, para verificação e correção de erros de conversão no sinal de saída.

Abraço.

Amigão,

Entendi e agradeço pela sugestão enviada.  Seria possível postar o sketch pertinente esse esquema? Só me falta isso para eu fazer uns testes.

Obrigado

Dá para usar o WEG 10 controlando a velocidade com 0-5V, alterando o fator de resposta por parâmetros,

eu tenho um SW-08 e os parâmetros são P234 que controla o ganho, como uso 0-5V eu mantenho em 2, para ele "dobrar" a tensão, você perde um pouco de precisão apenas.

Exatamente Marcelo,

Com 0-5V  perde-se precisão, na verdade perdemos metade da resolução do AD da entrada analógica do inversor.

Olhando a página 109 do manual do CFW10 link, vemos que a entrada analógica do inversor tem uma resolução de apenas 7 bits, ou seja, consegue discriminar 128 níveis (2^7). Na escala de 0 - 10 V temos uma resolução de 78 mV que correspondem em passos de 0,47 Hz. Se usar apenas entre 0 - 5 V temos 64 passos de 0,94 Hz.

Para a maioria dos sistemas isso não seria problema, mas para outros sim, vai depender das particularidades do sistema. 

Abraços.

Sim, como ele disse que quer "experimentar" o inversor, isso já simplifica os testes.

É, mas não recomendo ligar a saída do filtro diretamente na entrada do inversor, use um buffer com o op. amp link, e então irá perceber que falta apenas quatro resistores para para fazer a saída 0-10 V.

olá legal seus conselhos quem sabe vc me da uma luz.  Controlo 4 servos pela pc usb-serial  usando o arduino ligado a um circuito regulador de tensão   que envia tensão e sinal pwm  aos servos com sucesso,  gostaria enviar os mesmos sinais pwm, só que para inversores de frequencia 220V para controlar motoredutor trifasico, como super servo, que tipo de circuito seria adequado para monitor posicões de 0 a 180º com potenciômetro, como é feito em miniservos comuns. Adquiri um siemens micromasters 420 para testes

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2020   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço