Olá, sou novo por aqui, pretendo projetar um circuito que monitore a Tensão da rede.

Tipo : Voltagem, Amperagem e Freqüência, se alguma  dessas grandezas, estiverem fora de um determinado valor pré estabelecido, este circuito acionara um determinado dispositivo, buzzer, rele, etc...

Este projeto seria para um gerenciador de energia, tipo (MAIN POWER) para bandas, Locadoras de equipamentos de som etc...

Hoje, quem trabalha nesse ramo, com técnico de Áudio, de Luz, enfrenta estes problemas com a nossa

Tensão, e acaba danificando os equipamentos, como Amplificadores de Áudio, Processadores, consoles digitais etc...

Então humildemente peço a ajuda dos companheiros, pois não sei por onde começar

Desde já agradeço.

Exibições: 135

Responder esta

Respostas a este tópico

Olá , desculpe a demora para responder.

Vou ver sim, obrigado!!

Bom dia, 

Monitorar frequência ? acho desnecessário. A frequência é muito estável e é controlada na geração (hidrelétricas). 

Corrente ? Use um sistema de distribuição de energia com disjuntores adequados. Isso garantirá a operação sem grandes problemas. Use bitolas de fios adequadas para as necessidades. 

Tensão pode variar sim. Talvez no interior do país. Ou então em instalações elétricas inadequadas (gato). 

Mas o que vai fazer se a tensão variar ? Vai desligar os equipamentos de som ?

Qual a potência que pretende medir? 

  • tensão 110V a 220 V ?
  • e a corrente ? 

Olá José, obrigado! pela resposta, desculpe a demora para responder.

Bem, quanto a frequência, seria necessário medir, pois alguns trabalhos é com geradores

então ja aconteceu de queimar transformador de amplificadores.

Usamos Main Power, é um sistema de proteção bem eficiente.

Bom, penso que poderia desligar os amplis, ou avisar com buzer, mostrar no visor etc...

me perdoe se não expliquei certo.

Abraço Obrigado!!

Boa noite Aguinaldo, 

Poderia explicar o que é um sistema  MAIN POWER ?

Obrigado.

 Central de força ou energia.- Transformador central onde sairão todos os pontos de energia elétrica para os sistemas de som ou luz.

Agora entendi ! Obrigado. 

https://audioquality.ind.br/perfil-produto/main-power-/60

O sistema de distribuição muito bem feito. 

Quer dizer que a entrada é sempre 220V ?  Ele tem já tem um voltímetro. 

Será que dá para capturar as informações desse voltímetro ? 

Ola.

  Acredito que sua intenção seja monitorar a energia, não necessariamente gerenciar, uma vez que não há muito o que possa ser comandado.

  Para monitorar vc precisaria de um circuito que converta a tensão de rede em uma tensão que o AD do seu microcontrolador (suponho que vá usar um) leia.

   Existem 2 caminhos mais comuns:

1) Transformador de tensão, desses que vc tira de sucata, por ex  um de 9V, e um divisor resistivo para baixar os valores para as faixas que vc vai precisar. Entra 9VAC e sai uma senoide acoplada que varia de 1 a 4V por ex para deixar 1V de folga. É um caminho, se for o escolhido podemos detalhar mais.

2) O mesmo transformador, mas agora colocando uma ponte de diodos, um capacitor e um resistor como carga. Vc teria uma tensão DC proporcional ao AC. Esse proporcional se tivermos uma senoide será "*raiz de 2" se não for senoide nada pode ser afirmado, use o metodo 1).

Para a corrente é similar, tendo no mercado de forma simples 2 sensores:
1) Transformador de corrente. A China está nos vendendo muito o ST-013, mas não é preciso ficar preso nele. O transformador de corrente gera uma corrente proporcional a corrente no fio. Com um resistor vc converte essa corrente em tensão para o AD do microcontrolador.

2) Sensor de efeito hall. Para AC recomendo o 1), mas é um metodo. Veja o ACS-712.

De forma similar a tensão se vc tiver uma corrente senoidal (carga resistiva em tensão senoidal) é simples. Mas se tiver algo estranho, que seja estranho como uma fonte chaveada, não. Por ex uma fonte chaveada (nem vou falar em motor) gera uma forma de onda de corrente que vai do 0 a um pico quase maximo no momento que os diodos de entrada passam a conduzir, aumentando um pouco conforme a tensão de rede sobe recarregando o capacitor do primário. Sem carga ficam umas "agulhas" que representam o tempo pequeno de condução do diodo. Com mais carga a fonte gera um "patamar" torto. Se vc medir apenas a corrente máxima (retificar o sinal) vai ter uma leitura erronea. O ideal é medir sem retificar e calcular a media. Melhor se a media for pelo metodo RMS.
A frequencia só faz sentido medir se vc estiver sob um gerador. Que para shows deve ser coisa comum. Quando a carga entra o motor perde velocidade e a frequencia cai, suponho. Depois ele acelera novamente pq tem um controlador.

Usando uma versão digital do sinal de tensão vc pode fazer uma rotina frequencimetro. Cuidado pq ela tende a medir 59,60 ou 61 conforme o "janelamento". Melhor evitar isso mostrando a media também. Lindo seria medir por 10segundos, assim teria a leitura 600 mas esperar 10s para ter uma leitura é bem ruim. como se ve, tudo meio que parece fácil mas pra fazer bem feito exige um pouco de cuidado.


Dá pra medir os 3 parametros com um unico micrococotrolador.
A precisão vai depender do método escolhido, calibração, etc.


Existem equipamentos baratos no mercado que fazem isso (indicar). Quem sabe vale mais a pena por um.
https://lista.mercadolivre.com.br/medidor-de-consumo-energia

Eles em geral são usados para saber o consumo, por isso vc encontra com esse nome. Mas indicando tensão e corrente vc faz o que quiser com a informação.

Boa tarde Aguinaldo.

Porque não usar o MAIN POWER?

É comum alimentar esses equipamentos da banca com geradores?

Sds.

Boa tarde Jucelei. sim é comum, mas esporadicamnte.

Na maioria das vezes é só com main power mesmo.

Abraço

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2019   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço