Bom dia senhores!

Tenho  dúvida referente  a frenagem de um motor CC.

Eu poderia deixar o sistema de freio dele acionado ( dando curto na bobina) por quanto tempo? Poderia deixar por 5 min ele com curto na bobina ou esse tipo de circuito  só e momentâneo,  ou seja , só pode ser usado naquele instante?

Teria outro tipo de "frenagem " onde eu consigo, parar o motor, sem a possibilidade do seu eixo girar por conta de uma força externa?Esse seria o circuito.

Exibições: 88

Anexos

Responder esta

Respostas a este tópico

O cuidado é não energizar o motor quando ele estiver em curto...

Se vc energizar energiza o curto..

Se ele está desenergizado e em curto ele vai funcionar como gerador. Um gerador em curto tem que gerar 0V. Se vc rodar ele numa RPM que geraria 12V 10A  com ele em curto vamos ter 12V*10A (proximado pq não é mais 12V) = 120W dissipados.

Ele vai esquentar.

Resposta: Depende !

O que determina não é o tempo. Vc pode deixar ele infinitamente em curto se estiver parado mas se ele estiver trabalhando como freio está drenando energia do sistema em forma de calor.

Obrigado  Eduardo

Confesso que talvez não entendi bem, mas vamos lá desculpe em todo caso se não entendi a pergunta.

Um freio momentâneo de um motor, pode ser feito invertendo a polaridade via rele ou outro modo na alimentação do motor.

Existem placas para portões de garagem por exemplo, que possuem embreagem para evitar a inercia uma vez que o fim de carrera (Limitador) enviar o sinal desta forma o eixo desacopla evitando a inercia,

Outas vezes, quando o motor não possui embreagem se utiliza placas que por exemplo invertem a polaridade do motor por um tempo muito curto, fazendo o motor parar de imediato quando o fim de carrera indicar que chegou ao seu curso.

Abs.

CK

 

Blz Carlos? Então, eu queria q no momento q ele freiar, ele permanecer "freiado",  pois o mesmo iria tá suspendendo um peso de 100g (estou tendo  problema com isso, pq o eixo do motor ñ está conseguindo ficar parado, está rotacionando). E através de pesquisas, cheguei nesse circuito da imagem acima, porém, Quero saber se danificaria o motor, eu permanecer com ele polarizar com carga positiva nos dois polos da bobina dele. Entendeu ?

Bom dia Elton,

Entendo mais ou menos é claro, entenda também você, que os colegas aqui e eu é claro, precisamos de mais informação para tratar de ajudar de forma mais eficiente, gaste um momento para ler o post do colega Rui Viana, cujo link deixo aqui, (LINK AQUI) e veja se pode detalhar seu projeto e forneça o tipo, modelo do motor e toda outra característica que considerar importante, desta forma eu aredito que recebera melhor ajuda.

Abs.

CK

Bom dia, 

Eu nunca daria um curto-circuito direto. Você poderá estar sobrecarregando o motor. 

Use um resistor para dissipar a energia. 

Um sistema de embreagem como o Carlos citou, para mim, seria uma solução mais elegante. 

De fato, não comentei, a frenagem em curto funciona para o motor em movimento.

A energia do movimento é absorvida.

Se o motor estiver girando lentamente a força de frenagem é minima.

Teste com um carrinho de brinquedo. Veja que se vc tirar as pilhas com ele em movimento ele vai desacelerar lentamente. Se vc tirar e substituir por um curto ele vai parar bem rapido. 

Para virar as rodas lentamente sem as pilhas ou com um curto no lugar das pilhas a força é praticamente a mesma.

Um exemplo classico de circuito com freio são as parafusadeiras. Todas que conheço aceleram e desaceleram. Faca o teste:

Na velocidade maxima acelere e tire repentinamente o dedo do "acelerador". Agora volte a pressionar e repentinamente tire a bateria. Vc vai ver que ela desacelera lentamente se retirada a bateria e rapidamente se tirar o dedo do gatilho.

Freio por curto, resumindo, não serve para travar o motor parado e sim para desacelerar.

Importante a observação sobre redigir a questão oferecendo o maior numero de detalhes possível.

Nos controles de jogo com force feedback um motor se opõe ao movimento do jogador e esquenta mas isso é normal e aceitável desde que haja algum resfriamento. 

Boa noite Elton. Esse tipo de arranjo atua como freio dinâmico.

Eu acredito que nessa sua aplicação o mais adequado é usar um motor de passo ou algum tipo de freio externo como é feito na industria como motores assíncrono, onde se aplica uma corrente DC para para atuar o freio dinâmico, mas para manter parado é necessário ter um sistema de freio externo. 

Sds, Jucelei.

Elton, não sei se seu projeto mecânico permite o que vou sugerir, mas uma das opções seria usar um sistema redutor de rotação com rosca sem fim, como desse link abaixo (existem equipamentos bem pequenos deste tipo, justamente para esse seu tipo de aplicação). É por causa deste tipo de mecanismo que um "portão eletrônico" por exemplo, interrompe imediatamente o movimento do portão e permanece travado, independente da força que você faça para tentar movimentar manualmente.

mecanismo redutor (exemplo)

Motor com redutor acoplado

Bom dia Amigo.Tive uma idéia que talvez resolva o problema.

Use o rele no modo normalmente fechado para alimentar o motor normalmente.Assim que acionado o freio a alimentação será interrompida para não causar o curto circuito.Daí vc pode ficar com o freio acionando o tempo que quiser.

Espero ter ajudado.

Att.:Reinaldo de Souza

Anexos

Deixei a imagem anexo...

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2019   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço