Olá galera do LdG!

Durante muito tempo aprendi coisas novas, resolvi problemas e tirei dúvidas aqui no Lab. de Garagem. Mas este é meu primeiro post. Portanto peço perdão desde já caso eu cometa alguma infração...

Faz um longo tempo eu não uso mais meu Arduino, mas agora resolvi recomeçar (hobbysta sem tempo) com um projeto bem interessante (e estranho).

O município onde eu moro é comumente inundado por enchentes. Gostaria de desenvolver uma estação de monitoramento dos rios e clima e conceder a mesma aos bombeiros voluntários de meu município (pretendo fazer várias iguais). Já fiz testes de medição de temperatura, umidade, anemômetro, pluviômetro e medição do nível do rio (usando HRSC04).

Queria agora implementar algo bem complexo. Capturar imagens por uma câmera serial (TX, RX) salvar num cartão de memória e em seguida enviar por radiofrequência (transmissor RF 433MHz).

Pretendia usar um módulo RF da Seeedstudio, que promete 2Km de alcance... (não comprei nem testei)

Compreendo a dificuldade, principalmente pela demora na comunicação. Mas não tenho pressa... Uma imagem a cada 10 minutos é perfeito...

As estações de monitoramento ficarão presas em pontes, a maioria delas em áreas rurais isoladas (sem energia e internet), portanto precisaria de um painel solar + bateria e transmissão via RF. A central mais próxima para receber os dados ficaria a 500 ou 1000 metros dali (esta então com rede elétrica e acesso a internet).

Pergunto-lhes se existe algum protocolo de comunicação para isto. Alguma maneira que eu possa pegar o arquivo JPG no cartão e transmitir via RF para um outro arduino. Alguém já tentou coisa semelhante?

Grato pela atenção e paciência, desculpe por ter me estendido...

Em anexo a imagem do "projeto".

Exibições: 1312

Anexos

Responder esta

Respostas a este tópico

Pode usar um projetor de lampada LED para iluminar o Rio, à noite. 
Eu ativaria a luz durante pequenos intervalos, para não consumir energia.

Ou até melhor, para não chamar a atenção de vândalos, usar LED infravermelho. 
Mas desse maneira, sua camera terá que ser sensível ao infra-vermelho também.

Veja uma foto IR com camera de boa qualidade ( durante o dia):

Pensei em utilizar os leds Infra mesmo, e ligar apenas na hora de capturar a imagem.

No caso da imagem em IR que você postou, ela tem um filtro correto? Permite apenas o comprimento de onda infra.

A câmera que eu estava pensando em usar era uma da Adafruit, que já vem com os leds, e na ausência de luz, transfere a imagem de colorido para P&B, para aumentar o contraste.

https://www.adafruit.com/products/397

https://www.adafruit.com/products/613

Seu projeto poderá ser usado em todo o Brasil ! Pense nisso.
São inúmeras cidades que constantemente são invadidas repentinamente por inundações nessa época de verão.
Seu projeto poderá salvar muitas vidas.

Tô dentro do projeto e acho que todos o ajudarão também.
Não desista diante de obstáculos.

O objetivo é realmente este!

Auxiliar a comunidade e tornar o projeto funcional, barato, editável e disponível.

Se possível, largar todos os dados capturados numa página html (pelo módulo ethernet), transformar num IP externo (via no-ip.com) para que qualquer um possa acessar...

Belo projeto.

Não conheço as bilbiotecas citadas, se fosse fazer faria na unha.

A algum tempo, antes da internet, quando a comunicação era do tipo BBS:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Bulletin_board_system

Os protocolos para envio de arquivo eram principalmente o Xmodem, Ymodem e o Zmodem.

Focaria no simples Xmodem:

https://en.wikipedia.org/wiki/XMODEM

Como essa camera já manda as imagens compactadas (JPG) facilita muito.

Basicamente o xmodem manda uma parte do arquivo e espera um OK ou Erro. Se erro repete essa parte e manda a proxima. Cada parte pode ter 256 ou 1024 bytes, ou como vc quiser, já que o projeto é seu dos 2 lados.

O ideal seria vc conseguir o minimo de dinheiro para fazer já algo mais profissional, mas para 433MHz vc consegue otimas antenas de radios PY-UHF. Não são tão caras:

http://www.electril.com/electril/eleca06.htm

Outra ideia seria colocar tudo por Wifi. Uma grande vantagem é que vc passaria a ter cobertura de wifi nesses locais. 

Precisaria de brinquedos mais caros, como:

http://www.aquario.com.br/internet.html/

https://www.ubnt.com/airmax/nanostationm/

Poderia usar o wifi de um modulo desses e conectar no arduino mesmo, já que é uma placa que vc domina.

Como as imagens já estão em JPG vc poderia fazer uma pagina dentro dele que forneceria um html com a imagem no meio. Ficaria mto legal.

Ou mesmo transferir a imagem para um PC que fique como servidor. 

Assim seria possivel criar uma pagina que qualquer um entre e veja a camera.

mas com tudo isso uma bateria que de conta nao ficaria mais caro do que todo o restante?

vc usaria o que para alimentar tudo isso, Marcondes?

A questão da bateria é muito importante nesse tipo de projeto.
Imagine uma caixa fechada batendo sol o dia inteiro. Deve chegar a mais de 45 graus centígrados.
Não use bateria de Litio nesse caso ! Pois poderá ter problemas.
Use baterias de chumbo - elas aguentam temperaturas bem altas (como perto de motor de carro).

São baratas e fáceis de encontrar.

Carregador de bateria de chumbo :
http://labdegaragem.com/forum/topics/carregador-de-bateria-selada-d...

https://jgamblog.wordpress.com/2017/01/05/projeto-carregador-de-bat...
Baterias de Lí-Ion:
Temperatura de carga : 0° C a 45 °C

Ok, já entendi a da bateria. Não tinha me dado conta do calor. Vou procurar uma boa solução.

Marcondes, nunca tinha ouvido falar em BBS (estou me sentindo inculto por isso)...

Tem bastante conteúdo e vou ler com mais calma outra hora, mas parece ser uma boa alternativa. Porám, como os comandos necessitam aguardar uma "resposta", eu precisaria ter um transmissor e um receptor juntos... Estava tentando apenas transmitir mesmo, sem receber.

Não tenho orçamento nenhum, hehehe. Estou fazendo por conta própria, e como os bombeiros da minha cidade são voluntários, também não há verba para incentivar. Queria poder fazer um projeto profissional, mas como pretendo criar várias centrais e estações, não dá pra extrapolar muito não...

As regiões são tão isoladas, que não tem ninguém por lá pra sequer usar o wifi, hehehe.

Vale no minimo a curiosidade. Tudo naquele tempo era meio "na unha" ou usavamos programas que rodavam em DOS.

Os tempos são outros.

E de fato, não ajudaria na problemática da falta de eletricidade. Salvo vc utilizar um timer para periodicamente ligar o sistema e subir uma imagem.

Vc não tem dinheiro, não tem sol durante as chuvas, não tem sol a noite... É uma situação realmente complicada.

E se vc tentar pensar no que tem ??? Vc tem o um rio ! Algo como uma mini roda dagua será que não funcionaria bem ?

Em fazendas é muito comum para bombeamento de agua.

Vide: carneiro hidraulico:

https://www.youtube.com/results?search_query=carneiro+hidraulico

Poderia levar agua para um lugar alto e vc deixaria ela cair novamente, gerando eletricidade.

Ou usar uma turbina pelton:

https://www.youtube.com/results?search_query=turbina+pelton

Ou roda dagua:

https://www.youtube.com/results?search_query=roda+dagua

essas ideias para gerarem energia eh boa. 

Sensacional!

Ideia incrível Marcondes.

Vou pesquisar bastante a respeito de turbinas em rios...

Realmente isso não passou nem perto da minha imaginação. Sem contar que, dependendo do modelo/tipo, o custo não é alto...

Em relação ao consumo da transmissão, o objetivo é habilitar os sensores, medir, transmitir e desligar... Depois de um certo tempo, repetir.

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2018   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço