Olá galera do LdG!

Durante muito tempo aprendi coisas novas, resolvi problemas e tirei dúvidas aqui no Lab. de Garagem. Mas este é meu primeiro post. Portanto peço perdão desde já caso eu cometa alguma infração...

Faz um longo tempo eu não uso mais meu Arduino, mas agora resolvi recomeçar (hobbysta sem tempo) com um projeto bem interessante (e estranho).

O município onde eu moro é comumente inundado por enchentes. Gostaria de desenvolver uma estação de monitoramento dos rios e clima e conceder a mesma aos bombeiros voluntários de meu município (pretendo fazer várias iguais). Já fiz testes de medição de temperatura, umidade, anemômetro, pluviômetro e medição do nível do rio (usando HRSC04).

Queria agora implementar algo bem complexo. Capturar imagens por uma câmera serial (TX, RX) salvar num cartão de memória e em seguida enviar por radiofrequência (transmissor RF 433MHz).

Pretendia usar um módulo RF da Seeedstudio, que promete 2Km de alcance... (não comprei nem testei)

Compreendo a dificuldade, principalmente pela demora na comunicação. Mas não tenho pressa... Uma imagem a cada 10 minutos é perfeito...

As estações de monitoramento ficarão presas em pontes, a maioria delas em áreas rurais isoladas (sem energia e internet), portanto precisaria de um painel solar + bateria e transmissão via RF. A central mais próxima para receber os dados ficaria a 500 ou 1000 metros dali (esta então com rede elétrica e acesso a internet).

Pergunto-lhes se existe algum protocolo de comunicação para isto. Alguma maneira que eu possa pegar o arquivo JPG no cartão e transmitir via RF para um outro arduino. Alguém já tentou coisa semelhante?

Grato pela atenção e paciência, desculpe por ter me estendido...

Em anexo a imagem do "projeto".

Exibições: 386

Anexos

Responder esta

Respostas a este tópico

Olá Nickolas!

Enviar imagens via RF vai ser uma operação muito lenta. A imagem terá que ser decodificada e depois remontada no destino. Além disso, o RF pode ter problemas com barreiras (Árvores, Montes, Prédios, etc).

Será o "cão chupando manga!"

Para fazer a codificação da imagem você pode usar a library RadioHead (antiga VirtualWire)

http://www.airspayce.com/mikem/arduino/RadioHead/

Acho que o Arduino não é uma boa opção.

Será que não seria melhor criar um app para celulares usando 3G?

Isso é apenas a minha opinião, Vamos ver o que acham os demais colegas, pois trata-se de um projeto bem interessante...

Sim, tenho consciência de que a transmissão é demorada demais.

Na verdade eu tentaria evitar barreiras, se possível direcionando o sinal com uma antena Yagi...

Esqueci de ressaltar: O município é "no fim do mundo". Estas mesmas regiões onde não tem internet nem rede elétrica também não pega telefone (3G nem pensar).

Caso queiram conhecer, meu município é Rolante/RS (foi reportagem na TV semana passada devido às inundações).

O que você me sugere usar ao invés do Arduino? Pretendia ficar num baixo orçamento, já que vou montar várias centrais e doar. Sem contar que nunca trabalhei com outras tecnologias do gênero (tipo RasPi ou Beagle)

Mesmo assim te agradeço!

Olá Nickolas!

Nesse caso, como não está disponível o 3G, então continue com sua ideia.

Como velocidade não é problema e como você não vai processar as imagens, apenas transmiti-las, então pode usar o Arduino mesmo pois não deverá ter problemas de memória.

Minha sugestão, como te falei, é usar a lib RadioHead para garantir a transmissão dos dados.

Valorizo demais projetos assim - que tem interesse em ajudar a comunidade. 

Pode contar comigo ( só não gostei dessa arma na sua mão) .

Eu também não usaria um Arduino e sim um Raspberry ( aceita web cams ) . 

Qual são as especificações desse radio comunicador Yagi ?

Qual a distância entre o rio e o controle de inundações ? 

Veja esse tópico :

http://labdegaragem.com/forum/topics/ajuda-sensor-para-monitorar-agua

José Murta, suas informações são sempre bem vindas, acompanho suas respostas em vários tópicos...

Sobre a foto, longa história... É um antigo projeto de uma EMP (atira projéteis com pulso eletromagnético), que na verdade nunca funcionou corretamente...

Nunca vi nada sobre o RaspberryPi... Mas a facilidade da webcam me faz querer saber mais.

O transmissor que eu citei é um da Seeedstudio, que "garante" um alcance de 2Km. (mas funciona com modulação ASK/OOK, encoder e decoder... Idêntico aos baratinhos de controle remoto). A antena Yagi eu iria calcular e montar, talvez com uns 5 elementos parasitas, apenas para direcionar o sinal e evitar interferências.

Já testei os sensores e transmiti usando a VirtualWire com sucesso (devagar e com paciência). Porém preciso agora transmitir as imagens salvas no cartão. Ou descobrir alguma outra forma de fazer isso...

Na minha cidade existe uma destas estações da foto, que é de responsabilidade do Cemadem. Contudo ela está obsoleta e semi-abandonada... Quero construir algo parecido (várias estações), com um custo bem baixo, e doar aos bombeiros voluntários.

A distância entre a estação de monitoramento e a central fica em torno de 1Km. Mas a distância até a sede dos bombeiros é bem maior, então esta transmissão de dados seria via internet.

Mais ou menos como na imagem em anexo...

Anexos

Voce poderia contar sobre a bateria, marca, tipo dela, qual controle de carga vc ira usar?

esse equipamento tem autonomia para quanto tempo sem Sol por exemplo?

tbm estou fazendo algo mas eh para deixar no mato rs 

Akira Sato, não cheguei a estudar muito a bateria...

No ano passado, fiz um iluminador de led (9 leds de 10w) para uso em fotografia e filmagem.

Tinha que iluminar muito e durar bastante...

Naquele caso, utilizei baterias UltraFire, de 3,7v 4A/h (modelo 18650) e aguentaram bem...

Acho que utilizarei as mesmas, já que tenho algumas em casa ainda...

soh a camera que vc mostrou consome 75mA, opera em DC+5V, comunicacao 3.3V

Se vc fizer pacote de 12V para nao estragar ela tem de para de consumir com 11.1V e de preferencia Lifepo4 pelo que ando pesquisando em sistema com painel solar que ficara exposto no tempo.

usando 4A/h qual era o tamanho do painel escolhido por vc para carregar completo?

acho que o mais dificil eh dimensionar a bateria, que consiga manter o sistema ligado mesmo sem Sol por alguns dias, aqui onde moro tem neve e o desafio eh maior, temperatura extremamente baixa e alta no verao tbm.

tem bateria SLA, mais barato, sem tanto problema com temperatura comparado com lithium.

Na verdade eu iria ligar os periféricos apenas na hora da leitura (um pino de saída ativaria tudo), e no restante do tempo ficaria tudo hibernando. Li uma vez sobre "NarcopleticSleep", mas nunca testei...

Também não estou muito por dentro de qual placa solar escolher. Compreendo a situação da temperatura, assim como inclinação, pureza, marca, eficiência. Mas realmente não vi nada a fundo sobre isso.

Tenho consciência de que preciso me precaver muito bem nesta parte, já que o equipamento vai ficar meio "abandonado", apenas com raras manutenções. E também precisa durar...

Alguma informação sobre o meu painel fotovoltaico ( ainda não o testei) :

http://labdegaragem.com/forum/topics/ilumina-o-residencial-com-12v-...

outro ponto, bateria lithium 4A/h parece que nao tem ainda no mercado, cuidado, a melhor bateria eh uma Panasonic que tem 3600mA se nao me engano.

vc tah comprando gato por lebre, cuidado!!!

http://lygte-info.dk/review/batteries2012/Common18650comparator.php

Comprei as baterias no MercadoLivre, mas não realizei testes. Dizia ser de 4200mA/h. Pro projeto dos leds funcionou bem...

E por falar em testes, este site é incrível! Tem uma quantidade de dados incontestáveis. Quando me sobrar um tempinho vou verificar melhor as informações.

O cara testou tudo!

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2017   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço