Muitas vezes tenho visto, assim como tenho eu mesmo vivenciado, alguns "Colegas" que não preservam o espirito que guia este e outros fóruns também é claro, mas neste caso falo sobre o nosso querido LDG que nosso colega Marcelo Rodrigues dispõem para todos nós, uma plataforma eficiente e que se tornou uma verdadeira comunidade de pessoas com afinidades similares.

Então vai aqui minha opinião e desabafo neste breve "POEMA"

Eu não sou o teu criado. Se respondo no fórum é para ajudar todos mediante a minha disponibilidade e disposição.

Responder por mensagem pessoal iria contra o propósito do fórum e por isso evito-o.
Se realmente pretendes que eu te ajude por mensagem pessoal, então podemos chegar a um acordo e contrato onde me pagas pela ajuda que eu fornecer e poderás então definir os termos de confidencialidade do meu serviço.

De forma contrária toda e qualquer ajuda que eu der tem de ser visível a todos os participantes do fórum (será boa ideia, veres o significado da palavra fórum).


Nota também que eu não me responsabilizo por parvoíces escritas neste espaço pelo que se vais seguir algo dito por mim, entende que o farás por tua conta e risco.

No link abaixo um exemplo do que estou falando, só como exemplo, mas tenho visto isso não de forma generalizada, mas sim acontece varias vezes, pessoas que resolvem seus problemas e deixam os tópicos órfãos, fechando os mesmos muitas vezes, pessoas que não agradecem a ajuda, e uma enorme lista que poderia deixar aqui mas não é minha intenção, mas sim apenas desabafar com todos os colegas que em sua maioria absoluta preservam e sabem o valor e o conceito que este fórum tem.

No link abaixo um exemplo de como não se deve fazer.

LINK AQUI 

Obrigado a todos os que lerem e concordarem, e aos que não estiverem de acordo grato da mesma forma, e sintam-se a vontade para exercer o que temos de melhor em um fórum, a livre discussão dentro das regras do mutuo respeito.

Abs.

CK

Exibições: 710

Responder esta

Respostas a este tópico

Parabéns RV, lindo pensamento!

Estamos de olho no seu sketch..!!! 

Grande abraço!

CK

Acho celestial e inebriante mas também misterioso alguém procurar o IP de um garagista.

Não sei a intenção desse PhD.

Quem sabe a intenção não seja tão misteriosa assim, e seja apenas uma forma de se proteger de insanos misteriosos psicopatas que criam mais de uma identidade em uma rede social, isso sim me parece misterioso, doentio e pouco autentico, mas não celestial nem inebriante, simplesmente produto de mentes de pessoas deturpadas e insanas.das quais nos devemos cuidar, a descoberta de um IP não é nenhuma grande façanha tecnológica, nem criminosa, criar varias identidades sim, e  é no minimo digno de analise psiquiatra.

vamos supor hipoteticamente que você tivesse 3 identidades, leo_dur, max winter, e jose rofolfo duarte, isso sim seria misterioso, qual seria a intenção? 

Obrigado por participar com sua opinião.

Abs.

CK

Concordo com o Carlos Kwiek, 

Isso é um problema de identidade. Qual seria a explicação para tal comportamento?

Feliz Natal para todos. 

No meu caso o usuário tinha uma conta dele mesmo e criou um clone anonimo para evitar rastreamento. Temia que o professor dele descobrisse que ele estava pegando "cola" no fórum. O medo era tanto que ainda queria que as mensagens fossem pessoais.

No caso em questão não sei.

Digo que as pessoas possuem bloqueios quando estão personificadas. Umas mais, outras menos. Depende da formação do caráter. Depende de quanto a crítica é importante para essa pessoa. Pessoas que não ligam para críticas teoricamente nunca precisariam desse recurso.

Pessoas quando se transformam em personagens se libertam. É a definição de palhaço. Que se pinta sim para ficar engraçado mas também para "pagar o mico" sem "queimar o filme". Isso elimina a culpa da pessoa e transfere ao personagem.

Dessa forma a pessoa criar um personagem para interagir, podendo fazer "o burro", "o chato", "o nervoso" ou "a mocinha", para se satisfazer emocionalmente, realizar sonhos ("agora posso xingar quem eu quiser", "agora eles vão me dar atenção") pq o eu colocado lá é o personagem. 

Ser um personagem é libertador. Mas só faz sentido aquele que não é libertado (inseguro de sí).

Concordo plenamente com os caros colegas garagistas,  Eduardo H. Marcondes, José Gustavo Abreu Murta  e Carlos kwiek,

Alguem que precisa deturpa a propria imagem, para mim, ja tem um carater duvidoso. E quem se rensente com as palavras dos colegas acima sobre a questão,  deve ser no minimo do mesmo tipo de carater deste mascarados.

E interesante como o Caro amigo Jose Roldolfo, reconhece a seus colegas, o Carlos Kwiek  varias vezes te ajudou, assim como outros colegas tambem. E depois vc demonstra seu agradecimento deste jeito. 

C'est la vie....

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2020   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço