A situação mundial demanda soluções.
Na China vemos:

- Robos, drones, pulverizadores motorizados, arcos com sprays, respiradores, etc, etc, etc.

A intenção desse topico é discutir do que temos visto o que poderiamos fazer.

Ex:

- Respirador artificial tipo pressão positiva (aquele balão na cabeça).

- Apps diversos;

- Medidores de febre em tempo real com sonda do tipo que fica sob o lençol ou infravermelho. O dificil é que a pessoa se move. Se for no lençol precisa de uns 4 pelo menos para uma cama de soleiro. Se for infravermelho tem que ter um pan/tilt pra achar a testa, que pode estar até uns 40cmx40cm do local que deveria estar.

- medidores de febre em tempo real de prender no braço com sonda na axila;

- dispense inteligente de alcool gel com reservatório maior. Quem sabe 5L pq aqui no predio os 700ml duram 48h só.  São 28 dispensers. Toda hora acaba. Melhor um que tenha sensor de presença

- Tapete que se mantem molhado de solução para pisar.

- etc, etc, etc, fora falar nos teste. Não sei nada dos testes.

Exibições: 644

Responder esta

Respostas a este tópico

Boa noite colegas do Lab,

No dia 1 de abril, fui convidado por um amigo para participar de um grupo que esta empenhado em desenvolver um Respirador controlado por Arduino. Aceitei o convite e desde então, estou envolvido no projeto. O pessoal do grupo esta com urgência, diante da possibilidade de falta de respiradores para a população. 

Algumas imagens podem ser vistas aqui:

https://www.instagram.com/ambusolear/?igshid=74zuzm7dtrb

olá Murta.

      Trabalhei nos últimos 25 anos em uma Multinacional de Equipamentos Médicos, e os equipamentos que projetei, estão espalhados Mundo afora, em Hospitais, Clínicas, inclusive em Universidades conceituadas como por exemplo Stanford.

      Assim,  tenho imensa experiência  nas Normas Técnicas para Equipamentos Eletromédicos,  tanto  a  "ISO"  internacional, como as respectivas "NBR".  E todos os equipamentos que projetei foram aprovados em Ensaios de Certificação, que são muito rigorosos.  Assim fico à disposição para quaisquer consultoria que precisem sobre projetos de equipamentos médicos, sendo esta minha forma de colaborar para superarmos este terrível momento.

      Abrçs

      Elcids

Boa noite Elcids, 

Você trabalhou  com equipamentos de ventilação (respiradores) ? 

Agradeço sua disponibilidade em ajudar.

Como não sou o coordenador, informarei para ele. 

Fiquei curioso! Pode enviar o link de algum desses aparelhos que você desenvolveu? 

Muito obrigado e abraços,

Gustavo 

olá novamente Murta.

      Como eu disse, trabalhei profissionalmente como Engenheiro Projetista de Equipamentos Eletromédicos  durante 25 anos, de 1994 a 2019.  E nesse período eu acompanhei e vivi toda a mudança (nem sempre é uma evolução) da área de Certificação para estes equipamentos,  aqui no Brasil  e no Mundo, especificamente em relação à funcionalidade e segurança elétrica (e isto eu conheço em grande detalhe).  Obviamente, conheço também todas as técnicas de Projeto que devem ser aplicadas para que um Equipamento Eletromédico seja considerado seguro, e para que seja aprovado nos Ensaios de Certificação.  Esses ensaios são onerosos, mas absolutamente necessários, e quando alguém me questiona sobre essa necessidade eu simplesmente respondo com uma pergunta:  "se alguém em sua família estiver com problemas de saúde, vc gostaria que ela fosse 'tratada' com um equipamento médico que passou em Ensaios Rigorosos de Funcionamento e Segurança, ou vc não faz questão disso?"

      Sobre a área que atuei,  é um setor específico da Indústria Eletromédica, e minha função sempre foi projetar os Equipamentos baseados nas especificações de entidades sérias e de profissionais gabaritados (muitas vezes parceiros nos projetos).  E neste tempo todo, nem tenho mais ideia de quantos Projetos foram (a quantidade é grande, e perdi a conta).

      Mas quem me conhece,  sabe que por princípios, eu não diria nomes de empresas, nem de equipamentos ou marcas.

      E depois destes 25 anos de dedicação intensa ao setor da Indústria de Equipamentos Médicos,  eu deixei a área para me dedicar a outros projetos e outras áreas.  Mas claro, ainda estou disponível para orientar e contribuir com essa minha experiência gigantesca na área técnica de eletromédicos, principalmente neste momento difícil de pandemia que afeta a todos.

      Quando algum dia viermos a conversar pessoalmente, mesmo que seja online,  eu então poderei contar detalhes e histórias vividas neste longo trabalho na área eletromédica.

      Aproveito e deixo um link relacionado com as especificações de Respiradores, que o Governo Inglês está ditando especificamente para este momento difícil. Acho importante ver isto, porque são considerações bem fundamentadas.  O link é este aqui:  "Especificação do Sistema de Respiração fabricado rapidamente"

      Um documento relacionado também está disponível, este do Governo Norte Americano:  "Ventilators-Enforcement-Guidance.pdf"

      Abrçs,

      Elcids

Boa tarde Elcids, 

Obrigado pelo compartilhamento dos links. 

Entrarei em contato particularmente com você.

Abraços, 

Gustavo

Bom saber que o Elcids Chagas projetou equipamentos para saúde. Não conheço melhores mãos para cuidar desse assunto. Parabéns.

Entendo a urgência dos respiradores mas de fato acho que sem certificação vai ser perigoso. Não só perigoso matar alguém, uma vez que o jurídico pode dizer que já teria morrido sem o aparelho e teriamos apenas tentado salvar sem sucesso, mas se vc ganhar qualquer dinheiro com isso é comercio. Se é comércio, o comércio exige um certificado e vc fez sem ter está infringindo. Alem da família do paciente, que pode ser compreensiva, vc tem toda a cadeia produtiva de equipamentos como potencial denunciante da irregularidade.

Ainda, falei com um médico e ele me falou de vários tipos de respiradores. Os bons, ideais para o caso, tem ajuste de pressão. Vc pode escolher uma pressão final e inicial. A pressão inicial sendo superior a atmosférica faz a tal pressão positiva, que ajuda na absorção. Também não se usa sempre ar, as vezes uma mistura mais rica em oxigênio. Para fazer essa mistura, em geral, se precisa do modelo complexo de respirador. Esse "mão mecanica no ambu" não faz isso. Segundo o médico o paciente pode ficar 1 dia com isso, mais ele não aguenta, tem que ser o modelo full.

Enfim, acredito que o foco seria mesmo projetos que dispensem grandes certificações.

Ex:

- Dispenser de alcool gel (acho que nessas alturas nem adianta mais mexer com isso...)

- Pulverizador tipo portal, vc passa por dentro e ele esguicha uma substância. Ainda, é preciso ver bem qual substancia usar. Se vc jogar alcool pode ter uma tocha humana, se usar sabão/cloro pode provocar um escorregão ou mesmo manchar as roupas. Existe a agua oxigenada (peroxido de hidrogênio), mas qual a concentração ? Teria que ter laudos de efetividade, dermatologico, oftalmologico, etc.

Mais algum ?

Assunto transversal paralelo, ja´ que caimos no ponto das legislações, seus motivos, interesses e potencial "involução".. desculpem o offtopic: Acredito que o mundo voltará ao normal, não será tão logo, mas voltará. Voltará melhor. Menos consumismo, menos velocidade. Aqui no apartamento tenho rede na sacada, só agora estou curtindo ela. Hj 19:00 vou na laje ver os satelites starkink, de boa, menos gastos, menos renda, mais lento, mas acho que há mto o que aprender com isso. Fico horas com minha filha (7 anos).

Desculpem o offtopico ao quadrado: No minimo devemos aprender que os vírus (alem do colesterol, algumas formas de câncer, agora foi descoberto que o diabetes, alem de contribuir para a obesidade) vem do consumo de carne. Temos provas inequívocas de que pessoas podem ser saudáveis e inteligentes sem, vide Henry Ford, DaVinci, Pasteur, O kra que ganhou o Oscar, O melhor corredor de F1, O melhor jogador de golf, 1/3 dos atletas olímpicos, e aih vai. Talvez essa seja a mensagem mas a cadeia produtiva milionária não permita que ela chegue pq tem seus interesses. A carne pode ter sido a forma de não morrer um dia, tempo das cavernas, mas hoje está se tornando, junto com a industrialização, um dos maiores fatores de risco da humanidade, que sequer percebe.

Ref: 

https://www.diabetes.org.uk/guide-to-diabetes/enjoy-food/eating-wit...

Lista de Projetos de Respiradores em andamento:

Analysis of Open Source COVID-19 Pandemic Ventilator Projects

Vale à pena dar uma olhada. 

Prototipo de ventiladores pulmonares com Arduino.https://www.youtube.com/watch?v=IgKRdwX07Ts

Abs.

CK

Bom dia, 

O projeto da Poli/USP esta bem avançado - estão testando em animais:

https://www.poli.usp.br/inspire

https://github.com/Inspire-Poli-USP/Inspire-OpenLung

Muito bom que estejam desenvolvendo.

Conversei com um vizinho aqui sobre a ideia e saí com medo... Ele passou alguns detalhes que não sabia:

O que mata, mtas vezes, é a pneumonia por infecção hospitalar, acontece pq o pulmão está debilitado.

Por isso é fundamental que o ar venha das valvulas na parede (oxigenio comprado, vem em caminões + ar ambiente filtrado) e saia pelo vácuo ou seja filtrado entes de ir para o ambiente. A disseminação do virus numa uti afeta os profissionais ali, mas as bacterias afetam todos. 

Por isso é importante ter a origem do ar e o destino do ar. Segundo ele essas versões de balão não tem essa possibilidade, além de que é fundamental um ajuste de pressão positiva. Fazer sempre o ar enriquecido com o2 ser forçado. Os melhores tem um medidor (oximetro) e dosam sozinhos os parametros para atingir o %o2 adequado. 

Enfim, projeto que parece simples mas pode complicar. 

Segundo ele nessa versão o paciente conseguiria ficar de 2 a 3 dias, não mais. Pode ajudar pq alguns ficam só isso, outros podem ficar nele até achar um melhor.

Acredito que nesse ponto da pandemia o melhor que podemos fazer, alem de ficar em casa, seria a pulverização mesmo. Acho que deveria ter como aqueles ventiladores com agua:

https://junodobrasil.websiteseguro.com/climatizadores_preview.php

Pulverizando uma nevoa com produto que mate o virus diluido.

Suporte de alcool gel pra todo lado (ponto de onibus, dentro do onibus, etc).

Enfim, não temos a pulverização, vejo uma lacuna.

Respiradores sinto que tem mta gente trabalhando, complicações, riscos, etc.

Boa tarde Eduardo, 

1) Por isso é fundamental que o ar venha das valvulas na parede (oxigenio comprado, vem em caminões + ar ambiente filtrado) e saia pelo vácuo ou seja filtrado entes de ir para o ambiente.

Existe a possibilidade de usar um filtro biológico na saída do Ar,

2) Por isso é importante ter a origem do ar e o destino do ar. Segundo ele essas versões de balão não tem essa possibilidade, além de que é fundamental um ajuste de pressão positiva. Fazer sempre o ar enriquecido com o2 ser forçado.

- O Ambu tem entrada para O2. A pressão dentro do Ambu será medida com precisão de cmH2O. 

3) Segundo ele nessa versão o paciente conseguiria ficar de 2 a 3 dias, não mais. Pode ajudar pq alguns ficam só isso, outros podem ficar nele até achar um melhor.

- Correto. Muitos pacientes graves estão morrendo pois não aguentem ficar várias semanas usando um Ventilador (ventilador é o equipamento hospitalar) O nosso é um Respirador. 

4) Pulverizando uma nevoa com produto que mate o virus diluido.

Acredito que um ambiente úmido poderá prejudicar o estado de saúde do paciente. 

5) Suporte de alcool gel pra todo lado (ponto de onibus, dentro do onibus, etc).

Use máscaras e óculos de segurança. O vírus pode contaminar através dos olhos também. 

Vários motoristas de ônibus de Londres morreram pois não usavam ´mascaras! 

Abraços 

Gustavo 

3) Acho que aih que ta a questão... Ventilador<>Respirador. Tem casos e casos. 

4) me refiro a lugares publicos como Metrô, terminais de ônibus, etc. Nas UTIs não.

5) Acho que deveria ter é tudo ao mesmo tempo e ainda pegar firme dos deliverys, tem mto cozinheiro sem mascara que fica berrando na frente da salada. 

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2020   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço