Olá galera estou fazendo uma automação aqui na minha residência e estou querendo passar um cabo por todos os cômodos, seriam 4 vias (terra, 12v, 5v, 3,3v).

A casa tem em torno de 88m2

Eu pensei em um cabo PP de 4 vias de 1mm.

Seriam uns 10 pontos, cada ponto teria algo como um arduino, com relê e outras coisas.

Quem irá fornecer será uma fonte de computador que suporta 30A.

Exibições: 160

Responder esta

Respostas a este tópico

Pode ficar bom, mas em geral não é feito assim.

Normalmente se passa apenas 12V, por ex, e cada dispositivo tem seus regulares para as outras tensões.

E a comunicação é feita por RS485, propria para distancias maiores e multiponto.

É feito assim pq todo fio tem sua resistencia, que gera uma queda de tensão.

Essa queda é dada pela corrente sobre ele x sua resistencia.

Supondo a resistencia constante (testando sempre com o fio de 1mm), se a tensão é maior, para uma mesma potencia, a corrente é menor.

Sendo a corrente menor a perda é menor (a perda depende só da corrente e resistencia).

Por isso tensões maiores costumam ser usadas quando as distancias são grandes.

A perda no caso não representa apenas um desperdicio, é o de menos, vc tem uma super fonte. O problema é que imagine 2 circuitos ligados, um a 40m e o outro a 80m de distancia, no mesmo fio.

Se a corrente for de 1A e o fio tiver 1R nos 80m a queda nos 80m vai ser de 1V (R*I). ou seja: os 3.3V vão virar 2,3V.

E imagine que essa corrente seja em picos, variando de 0,5 a 1A.

Efeito 1: A tensão vai hora ser de 2,8 e hora de 2,3V.

Efeito 2: Lá na carga a 40m a tensão, mesmo sem consumo, vai ser hora de 3,05 hora de 2,8V.

A resistencia de um fio de cobre de seção de 1mm pode ser conseguida em pelo google, achei em:

http://www.professorpetry.com.br/Ensino/Repositorio/Docencia_UFSC/M...

18R por Km para seção de 1mm

Então para os 88m vc teria 1,584R

Obrigado pela ajuda.

Mas a comunicação vai ser via WIFI.

A unica coisa que quero manter é a energia para poder centralizar e colocar um no-break e manter o sistema funcionando mesmo a energia ter caido.

Então seria melhor passar o terra e os 110v e colocar uma fonte pra converter para 12v?

Ou melhor enviar logo 12v?

110V tem a vantagem de simplificar a obra, suponho que 110V vc já tem.

12V tem a vantagem da eficiencia, vc pode eliminar o nobreak, colocar só a bateria e um carregador pra ela.

A transformação de VDC da bateria em 110 pra depois transformar de 110 para DC novamente gera bastante perda. 

Se for fazer desse jeito sem nobreak só tome cuidado: A bateria é uma fonte de "infinitos" amperes em caso de curto circuito. O velho, simples, barato e prático fusível precisa ser colocado. Caso haja um curto circuito a bateria vai "ascender" a fiação, com risco de derretimento de isolação e efeito cascata (queima a fiação próxima).

O fusivel precisa ainda ser meio pequeno, imagine que de um curto lá nos 88m, são 3R (ida e volta). para 12V dá 4A. Se colocar um fusivel de 5A ele nem queima... Bom... A fiação tb não, vai no máximo ficar morninha. Enfim, por isso pra longas distancias tensões maiores são melhores.

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2018   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço