Baixar tensão para 3.3v para alimentar o Esp8266 - esp01.

Boa tarde, pessoal.

Estou precisando baixar a tensão de 5v para 3.3v para usar no Esp8266. Não queria usar os módulos reguladores pois eu pretendo minimizar o máxima o tamanho do projeto. Se eu colocar um regulador ele pode esquentar um pouco e atrapalhar a leitura do sensor dht22.

Eu poderia baixar essa tensão somente com resistor, seria aconselhável? Ou talvez um resistor e um capacitor? Ou seria indispensável o uso de um regulador de tensão?

Desde já agradeço a atenção e ajuda de todos. 

Exibições: 83

Responder esta

Respostas a este tópico

olá Flavio.

     Infelizmente isso que vc quer não será possível de forma eficiente.

    Os requerimentos de energia do ESP8266 são tais que não haverá como vc conseguir alimentá-lo simplesmente com "resistores e Capacitores" (divisor de tensão e filtro), pelo menos não de forma eficiente e prática: seus resistores teriam que ser muito baixos além de dissiparem uma potência mais alta (e portanto teriam tamanho maior). 

    Então acho aconselhável esquecer a ideia de fazer assim.

    A forma mais eficiente e simples é usar o famigerado "1117", com os devidos capacitores na entrada e saída do mesmo.

    E sobre "atrapalhar" o DHT22, certamente vc encontrará uma solução simples e eficiente sobre isso (não se esqueça que o ar aquecido tende a "subir", e não a se espalhar no espaço em que é "produzido").

    Abrçs,

    Elcids

ah sim, esqueci disto, muito óbvio:

    Vc já trabalhou com o ESP8266?  E provavelmente vc o estará usando para comunicação via WiFi, não é?

     Então:  só o calor produzido pelo próprio ESP8266 (principalmente quando o WiFi está ligado), será bem maior do que o produzido por um regulador "1117".  Então, quem é vilão?

    Agora, se vc tiver taxas de transmissão de dados extremamente baixas (exemplo: um "pacote" de dados enviado a cada 30 segundos, ou a cada minuto, etc), então poderá explorar o modo "Sleep" do ESP8266, o que levará a um consumo muito menor de energia, e consequentemente menor produção de calor. Agora veja: mesmo assim o divisor resistivo não é uma boa ideia, e o uso de um "1117" é uma decisão sensata (pois se usar o "Sleep" e mantiver o ESP mais "friozinho", mesmo assim o "1117" estará mais frio que o ESP).

    Abrçs,

    Elcids

Obrigado pela resposta e explicação, Elcids.

Vou deixar essa ideia de lado e seguir seu conselho. Vou estudar esse "1117".

Aproveitando... posso usar capacitores de 100 micro e 16v com o 1117? Ou qual seria o valor por favor? Somente eletrolítico ou colocaria algum de cerâmica?

Tenho um bom conhecimento em programação e conhecia somente o básico de eletrônica. Comecei a estudar mais sobre eletrônica e usar o Esp a pouco tempo. Penso em fazer um curso de eletrônica e elétrica assim que der.

Em relação ao DHT22, sim, sei que o ar quente tente "subir", mas como eu queria reduzir ao máximo o tamanho não teria muito para onde "subir" rsrs. Iria ficar bem compacto. Mas vou repensar isto também.

Já estou trabalhando com o Esp8622 - Esp01 e o NodeMcu - esp12e a pouco tempo. Mas já fiz varias gravações e testes. Minha intenção final neste projeto em particular, é fazer uma transmissão a cada 5 minutos. E o usarei somente para capturar os dados do sensor e gravar no servidor online a cada 5 minutos. Dependendo posso até fazer algum tipo de "isolamento" para separar o sensor da placa, mas isso só ideia. Ainda vou estudar como montar para ir para produção.

Mais uma vez, muito obrigado.

olá Flavio.

     Sobre o "1117", observe que coloquei apenas os números como referência (o "1117"), pois há diversos fabricantes no mercado. As letras iniciais antes do "1117" indicam o Fabricante, enquanto os dígitos e letras após o "1117" indicam a tensão de saída e o encapsulamento. Aqui está um datasheet de um deles:  AMS117 - datasheet

     Mas como eu disse, há diversos fabricantes (procure no Google os datasheets).

     Sobre a tensão de saída, há diversos com tensão fixa (1.5V, 1.8V, 3.3V, etc), e também com tensão ajustável (ou "setável"). No seu caso,  estaríamos falando do que tem tensão de saída fixada em 3.3 Volts.

     Para alimentar apenas o ESP8266 (junto com o DHT), com uma tensão de entrada de 5V, vc pode usar o "1117" sem precisar de dissipador de calor adicional.

    Sobre os capacitores, siga estritamente o recomendado pelo datasheet.

    Mas respondendo sua pergunta:  sim, vc pode usar o capacitor de 100uF Eletrolítico de Alumínio convencional, porém obrigatoriamente deverá colocar em paralelo com este, ou um capacitor de Tântalo (entre 10uF e 22uF) ou do tipo Cerâmico (mesmo faixa do Tântalo). Só o "Eletrolítico" não pode.

      Apenas esclarecendo:  o pessoal não fala "alumínio", mas estes eletrolíticos convencionais são do tipo de alumínio. Ocorre que prefiro dizer "Eletrolítico de Alumínio" porque na verdade, o capacitor de Tântalo também é um Eletrolítico, porém completamente diferente na fabricação e características elétricas. Então dizer apenas "Eletrolítico",  não é muito adequado pra quem sabe sobre isso.

     Ainda sobre a alimentação, veja que há diversas plaquinhas muito pequenas já prontas disponíveis no mercado (lá no famoso "ML" por exemplo há aos montes), que já possuem o "1117" (ou similar). A vantagem é que elas já vem com capacitores, e embora não tenha marcado qual o valor desses, em geral são valores adequados. Mas claro que vc pode também acrescentar seu de 100uF "por fora".

     E se vc montar a sua própria placa e tiver que colocar os capacitores, observe que eles devem ficar muito próximos ao "1117". Num datasheet "bom", vc encontrará observações sobre isso. Já seu eletrolítico de 100uF, não precisa estar tão próximo ao "1117", e na verdade é preferível que ele esteja próximo do sujeito que o "1117" vai alimentar (no caso o ESP8266).

    Como vc disse que sua taxa de dados será muito baixa, a cada 5 minutos, então me parece que usar o modo "Sleep" do ESP8266 parece totalmente adequado para sua aplicação.

    Mas veja: usar o "Sleep" não é apenas para a parte de envio via WiFi. Tenha em mente que se vc estiver medindo grandezas cuja variação é muito lenta (temperatura, humidade, etc), então a própria aquisição dessas grandezas pode ser feita em uma taxa também baixa. Veja: não há sentido em ficar aquisitando a temperatura a cada segundo e "guardando" localmente (em um vetor na memória), se ela mal se alterar neste tempo, e se vc apenas for transmitir a cada 5 minutos. Digo isso, porque uma taxa de aquisição de dados mais alta, vai tirar o ESP8266 do "Sleep" na mesma taxa, e aí a economia de energia com o "Sleep" será impactada severamente.

     Há diversos sites aí afora que mostram a tratativa correta de usar o "Sleep" do ESP8266. Então tenha a certeza de que vc está usando da forma mais eficiente. Pesquise no Google  "ESP8266 Sleep". Aqui vai um link que acho que vc precisa ver:  SLEEP MODES - ESP8266

     Nota: para a plaquinha ESP01, há uma limitação para usar o "Sleep", pois um pino essencial não está tão facilmente disponível. No link acima que passei, isto é descrito (bem no início do artigo), inclusive uma "gambi" para contornar essa limitação. Para as demais plaquinhas que tem o ESP8266, esta limitação não existe, já que praticamente todas disponibilizam o tal pino facilmente.

    Sobre o ar quente "subir", o que eu quis induzir, é que vc pode estudar a inserção de chanfros de saída do ar no seu "case" (caso isto seja possível, é claro), e orientar o posicionamento da fixação desse "case" de forma a favorecer a saída direta do ar quente, sem que em seu caminho ascendente, este ar passe pelo sensor DHT.

    Abrçs,

    Elcids

...

esqueci de colocar uma foto de um exemplo de plaquinha com um "1117":

    Abrçs

    Elcids

Boa tarde, Elcids.

Desculpe a demora em responder.

Dei uma pesquisada e até encontrei um esquema para o ams1117.

Sim, já vi estas plaquinhas e até tenho uma que comprei para usar na proboboard só que é um pouco grande para incluir no projeto e nem havia me passado na cabeça olhar os componentes da mesma rsrs. Agora vou ficar mais atendo. E em relação a comprar pronta, algumas que vi ainda ficariam maiores dentro do proejto do que eu pretendo, mas vou afinar minhas pesquisar e ver se acho menores. Pois eu mesmo montando pretendo diminuor o máximo e também reduzir o máximo que puder no custo. No ML, tem várias taxas e isto faz com que o preço fique mais caro. Mas se meu projeto final ficar com valores próximos devo passar a comprar já pronto.

Penso em fornecer serviço para empresas que precisem monitorar a temperatura e umidade como em farmácias. Assim quando menor o preço irá ajudar ao apresentar o projeto e também em comprar tudo em uma quantidade maior.

Vou fazer a leitura e pesquisa recomendada.

Em relação aos chanfros, já pensei neste fator. Penso em colocar o dht mais na parte de baixo e o mais perto possível dos chanfros que pretendo deixar.

Legal essas plaquinhas, vou avaliar incorporar ao meu projeto. Ficará bem mais compacto. Achei que tivesse falado de uma outra que eu havia visto que é bem maior, mas esse módulo 1117, que está na imagem acima, é bem pequeno.

Muito obrigado mesmo pela ajuda e explicações.

Que Deus continue os abençoando ricamente e bom final de semana.

Ok Flávio.

     E não se esqueça de ver se o "Sleep" do ESP se encaixa no seu projeto, ao que me parece ser o caso (a monitoração prolongada de ambientes, como vc disse).

     E sobre diminuir o tamanho e custo, considere fazer uma PCI própria, com o ESP8266 e afins (Regulador de Tensão, etc), possivelmente fabricando na China onde a qualidade é crescente e o preço cada vez mais imbatível. Pesquise sobre isso, pois a própria chinesada está concorrendo entre si, o que derruba ainda mais os custos.

     Boa sorte com o Projeto. Mas sorte não ajuda se não usar as técnicas adequadas.

     Abrçs,

     Elcids

Sim, já separei o link aqui nos favoritos para dar lida com calma daqui a pouco sobre o Sleep.

Também ia comentar acima e acabei esquecendo. Percebi enquanto lia suas explicações que eu estou me preocupando muito com a tensão e esquecendo da corrente.

Sim, quero fazer da forma correto em vez de gambiarras. Como comentei acima, pretendo fazer alguns cursos assim que der. Vou começar a estudar os componentes individualmente para entender melhor o uso de cada um.

Mais uma vez, obrigado.

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2019   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço