A arte de especificar e encontrar componentes - Parte I

Oi pessoal,

aqui mesmo no fórum do Lab, pode-se observar que uma das principais dificuldades é a de encontrar e definir componentes para integrar e complementar o seu projeto. Vou tentar expor aqui um pouco da minha própria experiência. Aí vai:

----------

Quando se chega no ponto em que devemos especificar os componentes do nosso projeto, é interessante tentar atender a alguns requisitos e critérios para a seleção. Nem sempre é fácil encontrar o que necessitamos e quando encontramos, devemos tentar considerar alguns critérios, nem sempre técnicos para tornar o componente um candidato à utilização. Alguns possíveis critérios, e considerações pertinentes:

  • Fornecedor - De preferência escolher componentes que são distribuídos no Brasil, fornecedores tradicionais. Isso aumenta a chance de você encontrar mais de um fornecedor para uma futura produção. (Por exemplo, Texas, National, Analog Devices, Fairchild, Freescale, entre outros);
  • Encapsulamento - Você deve avaliar se vale apena usar encapsulamentos do tipo BGA (Ball Grid Array),  por causa da dificuldade de se montar um protótipo ou realizar manutenção em componentes com esse tipo de encapsulamento. Para pequenos projetos, pode-se considerar o encapsulamento DIP como alternativa bastante viável, especialmente na nossa realidade;
  • Fornecedores Alternativos- Se houver fabricantes alternativos para o mesmo componente, pode-se garantir uma maior expectativa de vida  para o seu projeto, pois as empresas freqüentemente param de fabricá-los;
    • Verificar antes de eleger o componente, se o fabricante anunciou o encerramento de fabricação do mesmo. Eles fazem isso com alguma antecedência;
  • Fornecimento - Evitar de especificar componentes que são fornecidos exclusivamente em embalagens com grandes quantidades (2000 ou 4000 unidades, por exemplo), a não ser que o seu projeto seja produzido em grande escala. O melhor na maioria dos casos é a possibilidade de fornecimento no varejo ou em pequenas quantidades;
  • Preço - O preço do componente pode muitas vezes ser proibitivo.

Para encontrar componentes especiais, eu recomendo inicialmente o uso do site DIGCHIPLá tem uma função de busca de componentes por função, que apresenta uma lista dos componentes e seus fabricantes, inclusive seus datasheets.

Busca de componentes por função

Nessa página você escolhe a função, e o site apresenta o detalhamento das opções:

Detalhamento das opções

Como tudo nessa vida, esse site também não é perfeito. É apenas um dos recursos que podemos usar para encontrar os componentes para o seu projeto. Nos próximos posts eu vou apresentar outros recursos de busca.

Post original no meu blog "Consulte sempre um Engenheiro Eletrônico". 

Dê a sua opinião aqui no fórum. Qual é a sua experiência? Como você faz para encontrar os componentes que você necessita?

Abraço!

Henrique

consulte sempre um engenheiro eletrônico

 

 

Exibições: 277

Responder esta

Respostas a este tópico

Excelente !!!! Depois de dúvidas primárias sobre eletricidade, potência, resistências, etc...este realmente é um campo em que até pessoas muito experientes "caem do cavalo". Todas as famílias e fabricantes apresentam componentes semi-equivalentes, que por um motivo ou outro (potência, resistência, polaridade, densidade, encapsulamento, detalhes técnicos mínimos, etc...) não são equivalentes (começando desde um simples relê e chegando a microprocessadores). Esta é uma matéria que merece especial destaque. Gostei!!!!

RSS

Destaques

Registre-se no
Lab de Garagem
Clicando aqui

Convide um
amigo para fazer
parte

curso gratis de arduino

© 2019   Criado por Marcelo Rodrigues.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço